Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Tá na moda




Tá nas vitrines dos shoppings - a Lola disse...

Lembra ontem quando eu falei que fiz tricô à máquina enquanto o Marildo e os bambinos assistiam ao primeiro jogo do Brasil? Pois eu fiz num instantinho as partes dessa blusa - frente, costas e mangas. Acabado  o jogo, sentei na sala ao lado do Marildo e costurei ela todinha. 

No dia seguinte, enquanto acompanhava minha velha nos médicos, com minha sacolinha de crochê, fiz os acabamentos em ponto baixíssimo e ponto caranguejo. 

As meninas nem faziam ideia do que eu tava fazendo - elas não são muito curiosas, veem sempre a mãe com um trabalho nas mãos, então fica meio invisível prá elas - do mesmo jeito que elas não reparam que tem dois buracos no meu nariz ou uma marquinha de catapora na minha testa... 

Quando, no fim do dia, cheguei em casa, passei a blusa a ferro e coloquei os spikes - dez deles, comprados a dez centavos cada - elas começaram a reparar... 

Depois de pronta, exibida no cabide, ficaram as duas a dizer "É minha!" "Que linda!" - mas, como tudo o que faço prá elas, é feito com amor prá ser dividido e compartilhado, como boas irmãs que são (nunca me decepcionaram nesse ponto - aliás, em nada, nunca-jamais me decepcionaram as minhas princesas...).

A linha? Isabela, da Círculo - que não fabrica mais - comprada em saldo no Bazar Horizonte a 3 reais o novelo (gastei quatro); um misto de algodão e linho, que garante ao mesmo tempo maciez e rusticidade ao fio - muito lindo... 

Mas não é prá ficar triste: você pode fazer com a linha Ursa, da Purafibra, que tá custando a mesma coisa e é ainda mais macia, pois tem viscose com algodão - é linha prá bebê, mas se você não contar prá ninguém, eu também não conto... 

Compra também no Bazar Horizonte, neste link AQUI - só não sei quantos novelos precisa, compra seis por via das dúvidas... Tem praticamente a mesma espessura.

Assim sendo, sem mais delongas, mais uma blusa linda por R$13,00 - contando o preço dos spikes... Na M Officer tem uma blusa parecida a duzentos reais - e não se compara com a minha, modéstia à parte.

Receitinha de mãe (prá ser feita na máquina de tricô... tamanho 42/44):


10 comentários:

  1. Dona Rosa,

    Muito obrigada pela receita!!! A senhora é demais!! :)

    Beijos,

    Letícia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Letícia querida. Fico feliz que você gostou da receita. Beijos!

      Excluir
  2. Oi rosa minha querida!
    Sabe aquela violenta? Estou precisando de uma rsrsrsrs
    Rosa adorei seu trabalho, ficou impecável.
    É tão agradável quando elas gostam das nossas artes, não é mesmo?
    Já fez a gola?
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já comecei e desmanchei a gola três vezes, não acertei com a lã ainda. Mas ela sai, se Deus quiser, Carla querida. Obrigada pela receita do ponto.

      Beijos!

      Excluir
  3. Ai Rosa, quanto amor tem essas mãos de fadas!!!
    Eu também me ocupei das costuras enquanto o marido assistia ao jogo (de ontem). Fiz uma cortina para a nova cozinha. Depois mostro no blog.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vejo a hora de ver, Helena querida! Devem ter ficado maravilhosas...

      Beijos!

      Excluir
  4. Rosa...tal como já lhe disseram...umas verdadeiras mãos de fada...com gosto e perfeição! Ficou bem linda a peça! Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Maria da Graça querida! Mas você sabe como é: quando a gente faz pros filhos, fica lindo naturalmente, por causa do amor em cada ponto...

      Beijos!

      Excluir
  5. Que belezinha!!

    E bonita a amizade das filhas!!

    Rosa, eu sou "lerdona" para fazer meus trabalhinhos...fico de boca aberta ao ver a rapidez com que você conclui seus trabalhinhos....

    Menina, eu também ando com sacolinhas de crochê e bordados, onde quer que eu vá...banco, médicos etc....ai....filas e mais filas.

    Já pensou se um dia a gente se esbarrar por ai??? kkkkk....vou saber logo que é você...e agora com essa dica da marquinha de catapora na testa...kkkkk...olha, eu também tenho uma marca na testa, mas, é de uma senhora batida que eu dei em uma coluna no colégio, na aula de Educação Física...kkkkk

    Rosa, rosinha, espero que sua mãezinha esteja bem.

    Eu , na semana que vem, vou levar a minha para um montão de exames... a teimosa não quer, mas, vai sim senhora!!!

    Tenha um ótimo feridado,

    beijinhos,

    Lígia e =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, vai nem que seja no colo (arrastada não, que elas não merecem, não é mesmo?...). Tem que cuidar bem desse tesourinho de velha - do mesmo jeito que eu cuido da minha...

      Mas será que você ia me reconhecer mesmo? Olha que a minha marquinha é bem pequenininha...

      Beijos, Ligia querida!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...