Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

"Era uma vez uma linha...







... abandonada em uma caixa de sapatos, no meio dos "mafuás" de D. Rosa - e olha que ela é especialista mundial, phD em "mafuás". Na verdade, nem uma linha era: eram três. Três fios - um de algodão, dois acrílicos - da mesma cor, enrolados juntos prá fazer uma blusa na máquina de tricô. Mas eram muito malvados e independentes - não caminhavam juntos pelo porta-fio e, quando chegavam nas agulhas, cada um queria seguir em separado seu caminho, ora se enroscando, ora gerando nós, travando a máquina e, fatalmente, um deles se partia. D. Rosa se desesperava, pensava em fazer uma massaroca com eles e atear fogo - mas olhava a cor, o brilho e seu coração se comovia. 

Tentou fazer à mão - daí começava com um certo número de correntinhas e, a cada ponto que escolhia, a peça ia encolhendo, encolhendo (provavelmente, no final, serviria na cachorrinha, com sorte...).

Dona Rosa meteu as bolas de linha numa caixa de sapatos, fechou com um durex prá não entrar pó (mas ele entrou do mesmo jeito - diacho!!!) e, passados muitos anos (ela não se lembra quantos...) ela resolveu levar as bolas pro sítio e destruir de uma vez esse entrave, arrancar de vez o espinho da patinha, o cisco do olho - porque, afinal de contas, sempre que passava pelo dito "mafuá" as bolas de linha riam dela, sem um pinguinho de dó...

Enfim, a blusa saiu, as meninas da D. Rosa a amaram muito - sem saber toda a dor de cabeça que ficou impregnada no fio... - e, mediante o resultado, D. Rosa foi feliz para sempre. The End e Fim."

E foi assim mesmo - sem tirar nem por uma vírgula ou pingo de "i". 

Vocês podem fazer com Anne - que é linda, de algodão, tá cheinha de cores... As linhas que eu usei foram compradas por quilo, um tantinho de cada - quase tão fininhas quanto linha de costurar. 

A blusa é feita numa peça só e apesar de ser muito linda e parecer complexa, não é. Não tem cavas nem acabamentos na barra nem nas mangas - somente um biquinho no decote. 





Baseei-me nesta blusa linda aqui:


Só que a minha, ao invés de ser dois quadrados de crochê costurados deixando espaço pros braços e pescoço, eu quis fazer decote e mangas - e achei que ficou super chique. Uma belezura - fala a verdade...

Bom, vocês vão ganhar as duas receitas: a da revista - que vem com saia (bom demais!) e a minha - que é só um tiquinho mais trabalhosa (mas vale a pena).

Só não vou fazer gráfico desta vez - ia ser mais complicado que a explicação. Quanto à linha Anne (ou dois fios de Cléa juntos) eu não sei a quantidade exata - experimentem comprar 3 novelos (se sobrar, faça bicos em panos de prato...). Usei agulha de crochê nº 3.

Blusa Rendada Creme - manequim 42

Comece pelo alto das COSTAS: 169 correntinhas mais 4 correntinhas para virar. Fazer 14 motivos. Segue crochetando até embaixo: ao invés de contar carreiras, conte motivos completos. Do começo das costas até o final, na barra, são 23 fileiras de motivos completos. A última fileira de motivos é o próprio acabamento. 

FRENTE: emende o fio onde havia começado as costas (na beirada) e faça 4 motivos para o ombro de uma das frentes. Siga reto, fazendo 3 fileiras de 4 motivos. Após essas 3 fileiras comece a aumentar, no meio do decote, 1/2 motivo a cada fileira completa por 4 vezes e pare. Amarre o fio do outro lado, desta vez perto do centro do decote) e faça como do outro lado (4 motivos, 3 fileiras sem aumentos e então aumente meio motivo a cada fileira por 4 vezes). Nesse ponto una as duas metades, fazendo correntinhas suficientes para encaixar dois motivos no centro. Siga reto até a frente ter o mesmo tamanho que as costas e pare.

MANGAS:  Elas são feitas emendando o fio na peça que já está pronta (frente e costas unidas pelos ombros). Amarre o fio na sétima fileira das costas, contada de cima prá baixo a partir de onde começou a fazer a peça. Faça 12 motivos, sendo 6 para a frente e 6 para as costas. Continue crochetando diminuindo 1/2 motivo a cada fileira por duas vezes - assim, de 12 motivos, ficam apenas 10. Total de fileiras da manga: 4. Faça a outra manga igual.

MONTAGEM: costure a lateral da blusa, fechando da ponta da manga até a ponta da barra. Emende o fio nas costas do decote e faça uma carreira de ponto baixíssimo e, a seguir, uma carreira de um ponto alto, um picô - pulando um ponto baixíssimo de base, em toda a volta do decote.

Observação: Se o fio for de algodão, antes de costurar a blusa passe-a a ferro, com cuidado, pelo avesso da peça, para abrir bem o rendado. Se usar linha Brisa também pode passar que fica lindo, mas sempre do avesso e diminua a temperatura do ferro.

Enfim - bom final de semana e muitos bons crochétis prá vocês!


10 comentários:

  1. Fácil e linda...como se gosta para facilitar a nossa tarefa!
    Gostei bastante e bj

    ResponderExcluir
  2. Linda blusa, parabéns, vc. é muito especial e abençoada por Deus, continue sendo essa pessoa maravilhosa. Adoro ler o que vc escreve, estou viciada, todos os dias tenho que dar uma olhada no blog. , fique com Deus, um grande beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Aparecida, muita bondade da sua parte. Saiba que é muito bom ser apreciada naquilo que a gente gosta de fazer...

      Beijos!

      Excluir
  3. Ficou maravilhosa!
    Você já viu sobre o site que plagiou o seu blog?
    Eu vi lá e estou participando do movimento, venha comentar Rosa.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Carla querida... Isso tá dando uma confusão danada...

      Beijos.

      Excluir
  4. Que ponto mais lindooooo!
    Amei sua blusa! Sabe que eu sou crocheteira também? Alíás, ando fazendo bastante crochê ultimamente, mas faço coisinhas pequenas tipo flores e bichinhos para aplicar em outras peças (porque são mais rápidos e o tempo é meio escasso). faz tempo que não começo um trabalho grande…Acho que vou tentar.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Crochê é tão bom, não é? Uma simples agulha, um tantinho de linha e sai uma renda... Fico feliz que você consiga achar um tempinho prá se distrair criando algo no crochê, Doutora querida. É passatempo, terapia... Experimenta fazer devagarinho a blusa - uma carreira por dia. Quando ela sair, vai dar uma alegria!!!

      Beijos!

      Excluir
  5. Linda! se não fosse sua persistência, nao veríamos essa maravilha.Parabéns!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...