Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

"Paxonei!"

Meus filhos que me apresentaram - como não se apaixonar?

É uma chihuahua de cinco aninhos, que só tem um olho e uma linguinha que vive pendurada - repito: como não apaixonar? Seu nome é Yogurt, a cachorrinha Pirata...


Tem coisa mais fofa? 

Não é linda, piscando o único olhinho que tem?

É tão pequenininha, que uma flor...

Vira um chapéu...

Uma pulseira vira uma coroa!

Não é de explodir o coração da gente?

Eles me mostraram e eu fiquei"Ahhh!", "Ohhh!", "Que lindaaaaa!"

Daí minha Pequena escutou e subiu as escadas correndo (escutei suas unhinhas raspando no piso, apressadinhas...) - pensando que eu tava falando dela. Eu olhei e falei "Mas não era de você que a mamãe tava falando não, Trubufu - tem outra cachorra mais linda no Universo, você perdeu sua posição no ranking..." . E ela, apesar das palavras, sentiu o amor na minha voz, ficava abanando o toquinho de rabo, olhando prá mim com as orelhinhas prá trás, sendo a coisinha mais encantadora e eu me rendi: "Não, amor! Não é verdade! Você é a mais linda do meu coração, a minha princesinha..."

É isso que mais me encanta nos cachorrinhos (embora eu também ame gatos, que são tão senhores de si, tão independentes, mas...): eles sempre esbanjam amor, te olham como se você fosse o mundo todo prá eles - e, apesar de ter gente que acha isso carência afetiva, eu posso assegurar que tenho afeição de sobra, mas amor nunca basta, nunca é suficiente. Não existe sobrecarga de amor, vocês não acham? Quanto mais, melhor.

E isso também me lembra um dos atributos mais maravilhosos da nossa espécie: a capacidade de amar e proteger os mais fraquinhos, os doentinhos, defeituosos... Entregue à própria sorte, na natureza, essa cachorrinha provavelmente nem estaria viva - mas um ser humano cuida dela com todo amor... Mesmo nós, que nada temos em comum com ela, ao vermos suas imagens na tela do computador ficamos extasiados com sua aparência engraçadinha. 

Querem outro exemplo? Vão no blog da Lígia, o  LILASES E AZUIS. Lá vocês vão ter exemplos maravilhosos desse amor incondicional de uma mulher incrível por seus animaizinhos e da riqueza acrescentada à vida dela através da reciprocidade deles...

Vocês já imaginaram como seria chato este mundo sem os animais? E eu nem estou falando em alimentação, pois eu não como carne (só peixe, de vez em quando): como seria mais difícil e sem graça a gente acordar todo dia e não escutar um passarinho cantando ou assistir o sol se por, num final de tarde, sem escutar ao longe um cachorro latindo...

Deus, em sua infinita bondade, pensou em tudo: fez o céu ser azul (já pensou se fosse vermelho, como o de Marte?), fez as plantas em repousantes e frescos tons de verde (já pensou: podiam ser todas cinzas?) e povoou o planeta com infinitas formas de vida, vibrantes em sua busca pela sobrevivência, coloridas, barulhentas, maravilhosas!

Agradeça a Deus por mais este dia de sol (ou de chuva...), pelo Divino mistério do teu coração estar batendo dentro do peito, como um relógio que marca o compasso da tua existência - rápido em momentos de alegria, pesado nas tristezas - como um tambor que te convoca prá batalha de seguir vivendo - e amando.

E prá minha pequena eu fiz esta tirinha - na verdade eu fiz prá participar de um concurso da internet, mas acabei de saber que os concursos de blogs estão todos proibidos, então... Serve, ao menos, prá vocês acharem bonitinho...





23 comentários:

  1. Olá Rosa.
    Você tem talento para criar quadradinhos, mesmo.
    Adorei a sequência.
    Quanto ao fio com que fiz o gorro, é só acrílico 100%, mas este é brilhante e muito bonito mesmo. É de uma marca portuguesa que entretanto faliu, e ja fechou.
    São os desaires desta crise malévola que afeta o meu país.
    Espero que tenha razão, bem que dava muito jeito vender uns quantos gorros este ano. A coisa tá preta.
    Beijinhos grandes e amigos
    Alice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que pena, Alice querida... Eu sempre fico triste em saber que alguma empresa vai à falência, sempre sinto pena das pessoas que perderam seus empregos... Mas Deus tá tomando conta.

      Espero que você consiga bastante encomenda de gorros e boinas e que a situação ruim seja só passageira.

      Beijos!

      Excluir
  2. Como a entendo!
    Tenho uma cachorrinha há 14 anos...e vivo com medo de a perder!
    Bela postagem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses bichinhos são nossos amores... Que Deus ainda dê muita saúde e longos anos prá sua companheirinha, Maria da Graça querida.

      Beijos!

      Excluir
  3. Postagem linda!
    Eu também tenho amor de sobra, principalmente para os menos favorecidos, os mais fraquinhos e os mais carentes.
    Amo os cães e os gatos. Tenho 4 animais que salvei das ruas, e sou louca por eles.
    Muito fofa a Yogurt! Fico tão feliz quando conheço essas histórias de amor.

    Tua princesinha é encantadora, pelo jeito é igual a um que tenho aqui, não pode ver uma câmera fotográfica, adora rsrs Qual é o nome dela?

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu bem sei que teu coração é enorme, Lia querida! Parabéns pela generosidade ao acolher esses bichinhos - tenho certeza de que você é muito feliz com eles.

      Quanto à minha Pinscher, ela tem vários nomes. O "nome" mesmo é Lilo, mas a gente a chama de um montão de coisas: Pequena é mais comum, mas também de Trubufu, Coisa feia, Zoião, Cão Chupando Manga...

      Beijos!

      Excluir
  4. Que linda a piratinha. Eu também ia me apaixonar.
    Bjos e tenha um ótimo dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda mesmo...

      Beijão e obrigada pela visita!

      Excluir
  5. Rosa, rosinha, é verdade...o nosso amor por esses peludos não precisa de explicação. Eles enriquecem nossas vidas e encantam nossos dias!!

    Agradeço o elogio, Rosa, mas eu só tenho 10 animaizinhos tirados da rua (7 miaus e 3 au aus)...eu não sou protetora.

    Apenas fui escolhida por eles, e como tenho um coração de pudim, eles mandam em mim e na casa...kkkkkk....dominaram tudo !!!

    Rosa eu bem que queria recolher muitos outros, vítimas de seres que não são humanos, mas...tudo tem um limite!! (fiquei morrendo de vergonha você ter citado eu...não faço quase nada por eles, menina!)

    A Yogurt é mesmo engraçadinha!!!

    Mas, a sua pequenina...ai... que amorzinho!! É muito faceira! (qual o nome dela?)

    Adorei essa tirinha...pobrezinha!! Uma sofredora que tem luxos, mas não ganha mortadela!!! kkkkk.... muito criativa, muito !!

    Rosa, os sorteios estão proibidos. Será verdade? Como vão policiar milhares de blogs, de onde veio essa notícia? Ixi...em dezembro gostaria de fazer um novo sorteio pelo niver do blog. Raios!!!

    Ah, obrigada pela dica do tear de preguinhos. O meu sobrinho tem esse tear. Ele adora fazer cachecóis e presentear o pessoal da família. Vou ver se me empresta. Obrigada pela sugestão do vídeo.

    Tenha uma ótima tarde!! beijinhos,

    Lígia e =ˆˆ=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É também essa modéstia que te faz tão especial, Ligia querida...

      Quanto à Pequena, o nome verdadeiro dela é Lilo, mas ela também é conhecida pela Interpol e pelo FBI pelas alcunhas de Pequena (mais comum dos nomes...), Trubufu, Cão chupando Manga, Zoião e Princesinha da Mamãe, entre outros...

      Beijão e uma ótima tarde...

      Excluir
  6. Amei, amei, amei, o texto, muito lindo, e as tirinhas. Quem ama os animais acha lindo até o mais feinho. Sou dessas aí, amo todos eles. Gostei do charme da sua pequena! Beijinhos, beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sinto que você é assim mesmo, Ligia querida! Sei que no teu quintal tem bebedouro prá passarinhos e que todos são bem recebidos...

      Beijos e uma linda tarde!

      Excluir
  7. Oi Rosa, essa cachorrinha é muito fofa! E a sua também...nao deixa ela sofrer de ciúme não...
    fui visitar o blog da Ligia e amei!
    adorei seu texto, um puxão de orelha bem dado com muita classe.
    Menina, quando eu crescer quero ser como você...
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, não! Ser igual eu, não, que eu tô cheia de falhas... Você já é bem melhor, Doutora querida!

      Beijos e uma linda tarde!

      Excluir
  8. Amei, amei, amei!!! São duas fofas isso sim! As tirinhas ficaram uma graça. Já lhe disse que tenho o “zóidinho da mamãe”... e é mesmo assim, dar uns afagos nele me enchem de alegria.
    E, sabe o que é melhor, saber que ele fazer mais bem a gente do que a gente a eles e aproveitar bem gostoso esse carinho!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os carinhos deles sempre fazem a gente esquecer de tudo naqueles momentos e ser a mais feliz das criaturas, não é mesmo, Mara querida? Aproveite bem do seu zoiudinho, é um presentão de Deus!

      Beijos!

      Excluir
    2. Deixei recado à sua dúvida lá no blog (sobre os fios), mas quanto a foto vestida vou ficar te devendo. Minha musa não é muito fã de pousar de modelo. Se um dia ela distrair e eu conseguir uma foto coloco lá é te aviso.
      Bjs e obrigada pela visita.

      Excluir
  9. Ahh Rosa, só você mesma! Coisa mais linda essa sua Pequena, e tem como não amar muito ? Adorei a tirinha!
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Luci querida! Minha pequena também agradece - se você estivesse aqui, ela ia te encher de lambidinhas nas mãos...

      Beijos!

      Excluir
  10. ai d rosa linda a postagem eu acho que os animais são joias únicas que deus coloca em nossas vidas.
    lembra do xale das ondas, a semana passada fui na reunião da minha filha e vi a diretora da escola vestida com um colete laranja feito com aquele ponto, pena que ela estava de costas e foi bem rápido, ( quase que eu a chamei pra ver de perto kkkkkk) fiquei morrendo de curiosidade de vê-lo de frente se tinha decote ou não, como era feito, a senhora já viu, uma prima viu o cachecol e tinha já me falado do colete, mas eu ainda não tinha visto, achei lindo. bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, como eu queria que tivesse dado prá tirar foto! Quando alguém me fala de algo bonito, morro de vontade de estar lá prá ver...

      Beijão, Elisabete querida, e bom final de semana!

      Excluir
  11. kkkkkk eu já ri muito dos apelidos da Lilo kkkkk
    Amiga, eu tenho um aqui, também, que é bem pequeno, orelhudo e olhudo. O marido e os menino apelidam ele de tudo! E eu pego uma raiva rsrs eles se divertem as minhas custas.
    Dizem que nos tornamos melhores depois que convivemos com animais de estimação, e eu acredito.
    Eu nem comentei sobre as roupas da Lilo, que lindas! O vestidinho branco, então! E a pose que ela fez pra foto! kkkkk

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela sempre faz pose quando ganha roupa nova - enquanto eu tô fazendo, a cada prova ela fica toda alvoroçada, daí eu tiro prá terminar e ela me dá bronca, porque sabe que a roupinha é dela...

      Beijos!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...