Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Blusa azul em Ibiza




É, gente... Uma das últimas blusas feitas nessa linha fabulosa que a Pingouin parou de fabricar...

Comprei a 8 reais o novelo no Armarinhos Alvorada, na Rua Padre João - na minha amada Penha. O dono da loja me disse que como era um fio meio caro, quase não vendia - o pessoal quer coisa barata (ele disse...). Minha vontade era comprar todas... Comprei 4 novelos desse azul, mais 4 roxo escuro e dois ocre dourado prá uma regatinha - se eu não estivesse meio adoentada prá ir à pé eu voltava na loja prá comprar o resto todo (mas ninguém quer me levar de carro porque dizem que é "colecionismo", que eu já tô cheia de lãs prá tricotar até 2017...).

Bom, ao menos aproveitem a receita - pode ser feita com Brisa ou Anne ou sei lá qual linha vocês gostem. 

Não usei cartela - há séculos ando meio brigada com elas. Foi tudo no muque (ou melhor dizendo NO TRANSPORTADOR). A receita (quantidade de pontos, de carreiras, diminuição de cavas  e decote) é a mesma da BLUSA RENDAS E FOLHAS, só o ponto é diferente - muito mais fácil:

Lace as agulhas suficientes para a largura da parte que você vai tricotar (frente, costas ou mangas). São sempre 3 agulhas trabalhando e 1 fora do trabalho, empurrada prá trás. É só fazer uma letra "e" cursiva em volta de cada agulha que vai tecer sem apertar muito o fio.

Ponha o pente enganchado nos "e"s e pendure pesos.

Teça duas carreiras. Está vendo o que acontece no lugar onde não tem agulhas trabalhando? Fica o equivalente a uma laçada - isso dá leveza à peça e também economiza linha

Com o carro parado do lado direito ponha a alavanca de retenção de pontos no H. Isso significa que qualquer agulha que estiver o máximo prá frente não vai tecer. Se tivesse deixado no H no começo não teceria nada, pois todas as agulhas estavam empurradas prá frente, não é?

Agora vamos começar a tecer o ponto. Empurre prá frente a agulha central de cada grupo de três intercalado (um grupo empurra a agulha, o outro não). 

Tá vendo o que acontece? A agulha empurrada prá frente não tece, ficam tantas laçadas sobre ela quanto forem as carreiras que você tecer. No caso deste ponto são 6 carreiras

Na verdade, quando chega na 5ª carreira você para o carro do lado esquerdo...

Leva o botão de retenção de pontos de volta pro N...

E então tece a 6ª carreira. Repare que as agulhas que estavam prá frente foram tecidas, voltaram prá posição de trabalho - e, quando fizeram isso, todas aquelas laçadas que estavam sobre elas foram tecidas juntas em um único ponto, resultando numa pequena "repuxadinha", que acaba criando o efeito bonito...

Dá prá ver? Parece uma borboletinha...

Na próxima carreira vai começar um novo grupo de seis, no qual vão ser empurradas prá frente as agulhas centrais dos grupinhos de três que teceram normalmente da vez passada. Assim é que vai sendo feito: A cada 6 carreiras vão se alternando as agulhas. 

Ah, não se esqueça de, antes de começar o próximo grupo de 6, levar o botão de retenção de volta pro H - senão a agulha que você empurrou prá frente vai tecer normalmente e o desenho não vai se formar.

Este é um dos lados do ponto (que escolhi prá avesso)

E este é o lado do ponto meia, que escolhi prá ser o lado direito do trabalho.

Sabe o que é incrível? Assisti um vídeo no Youtube de uma artesã russa fazendo esse ponto com o transportador (pois é muito parecido com a cartela de ponto pipoca). Mas a maioria das tricoteiras russas tem máquinas que são muito simples (chegam a ser rudimentares): não tem carro verão, não tem cartelas, até o fio não é enfiado no carro normal da máquina: a cada carreira elas estendem o fio sobre as agulhas e passam o carro em cima - daí as agulhas tricotam. Na próxima carreira fazem tudo de novo... Prá nós que temos máquinas um pouco melhores fica esquisito, é um pouco mais lento prá tecer mas deixa eu dizer umas coisinhas: Primeiro - as artesãs russas não ficam devendo nada em matéria de tricô - o talento delas parece aflorar na dificuldade. Enquanto a gente fica automatizada na nossa máquina e só acaba usando ela pro básico, elas estão sempre se superando... Segundo: qualquer máquina é mais rápida que fazer à mão e se fazem pontos super lindos, basta querer.

O ponto dessa blusa é bem parecido com o ponto que a Mestra Isaura Carvalho fez uma amostra e postou no facebook:

Só que o dela é feito com cartela e são 3 agulhas em trabalho e três fora do trabalho (eu devia ter feito assim - teria economizado minha preciosa linha e teria ficado muito mais rendada e linda. A próxima eu faço...). Além do mais olha que linha linda, com brilhinhos... Amo um brilhinho... 

Então é isso. Mais uma vez lembro a vocês: não precisa ter frontura prá ser feliz - dá prá fazer coisas muito lindas sem ela. Se você tem máquina de tricô - parabéns! Você tem um tesouro inestimável, nunca se desfaça dela e cuide-a sempre com carinho. Se não tem - tá esperando o quê? Faz uma prestação, compra uma usada que é presente prá toda vida - amo demais a minha, é um dos melhores presentes que o Marildo me deu, só ficando atrás da máquina de lavar (amigona do peito - sem ela eu não sou ninguém)...

15 comentários:

  1. parece fácil mesmo, vou tentar mas como já disse a senhora faz tanta coisa que acho que meu dia tinha que ter umas 200 horas, ainda mais que eu erro muito pra poder sair alguma coisa meio certa. agora quero tentar fazer alguma blusa com cartela usando 2 cores vamos ver no que dá.bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai dar certo, é só ir com paciência e atenção. Beijos, Elisabete querida!

      Excluir
  2. Linda a blusa, Rosa! Também, eu adoro esse tom de azul.Tenho blusa,camiseta, vestido, adoro mesmo! E o edredom ficou um luxo! Muito mais belo do que os de loja caríssimas, não é?
    Você tá dodói? Desejo melhoras e vou te 'adicionar' nas minhas orações!! muitos beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adoro essa cor - dei sorte de ela ter encalhado...

      Obrigada por rezar por mim, Luci querida, você é um anjo.

      Beijos.

      Excluir
  3. Linda blusa, e com esse azul....demais! Eu tenho essa cartela que do cachecol da Isaura, pq tive aulas com ela. Pena que ela mora no Rio e eu em Maricá.Ela humilha a gente com as coisas que ela faz, não é? foram muitos anos de prática pra ela chegar nesse ponto. Tenho aula mas não faço pq falta tempo. Vc tem coragem de fazer tudo isso na mão. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, ela tem uma prática! Eu assisto os vídeos dela no youtube e fico de queixo caído - ela faz tudo tão rápido, com tanta segurança... Eu faço tudo pisando em ovos.

      Beijos e obrigada, Célia querida.

      Fui em Maricá uma vez - não sei se já te contei - e amei de paixão. A areia parece pedrinhas preciosas...

      Excluir
  4. Minha querida Rosa, que linda blusa! Você sempre nos surpreendendo com seus trabalhos. Depois que comecei a ver seus trabalhos, aprender com você, tenho me animado a aventurar-me na máquina de tricô. Este ponto que você fez é muito simples e fica com um visual muito bonito. Gostei! Posso copiar? Tenho visto vídeos de mulheres dos EUA, que fazem trabalhos lindos também. Fiz três xales para bebês que aprendi nestes vídeos. O desenho e a forma de fazer formam como um cata-vento com dez lados. Fica muito lindo. Depois que eu terminar os acabamentos colocarei fotos. Estou animadíssima com a máquina de tricô, graças à você. Por isso quero agradecer-lhe muito, muito, do fundo do coração. Beijos carinhosos e calorosos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tô louca prá assistir esse vídeo - me manda? E pode copiar o ponto, é prá copiar mesmo - que me faz feliz.

      Beijos, minha querida!

      Excluir
  5. Obrigado por mais esta dica, não uso muito minha máquina e só não desisto dela por tua causa. Voce é uma fonte inspiradora. Estou sempre por aqui para ver suas artesanias. um super beijo .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, mas tem que usar, minha querida! Ela é um privilégio, tem que ser bem usufruído.

      Beijos e obrigada pelos elogios carinhosos!

      Excluir
  6. Linda a blusa. Aqui na Paraíba tem dessa linha. Comprei algumas e ainda tenho guardadas.Que legal vou copiar a receita, e colocar nos meus arquivos. Muito obrigada, como sempre se dispõe a nos repassar trabalhos maravilhosos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que sorte a tua que aí ainda vende - aproveita porque a Pingouin parou de fabricar...

      Beijos e obrigada, Maria Aparecida!

      Excluir
  7. Super legal!
    Muito chique essas máquinas,e o trabalho que se faz nela muito mais chique.
    Forte abraço
    compartilhando aqui... mdf
    www.centralcaixas.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Rosa tenho uma blusa com este ponto e realmente é linda, só que fui tentar fazer e depois de tantas as laçadas meu carro tranca não sei o que sai errado. Mas estou aqui pra te dizer que sempre acho tu esperta d mais, e muito criativa. Lindo todos teus trabalhos. Obrigada por compartilhares tantas receitas maravilhosas.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...