Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

segunda-feira, 4 de março de 2013

Vestidinho prá mim!





Pois é: nas férias de janeiro, no sítio, fui atacada por uma crise de "tudo eu, só prá mim" durante uns bons pares de dias. 

Na verdade, a maioria dos tecidos que eu levei prá me distrair eu tencionava fazer prás meninas - prá mim, quase nada. 

Levei um lençol que tava meio roído no centro, mas que nas laterais tava inteiro e fiz, logo de cara um vestido prá ficar em casa, bem fresquinho, com decote redondo, manguinha japonesa... O tecido era lindo, creme com rosas vermelhas meio esfumaçadas... Logo que acabei o vestidinho, fui mostrar pros meus filhos e as meninas disseram: "Tá delirando, mãe? Você não vai usar essa "coisa"... Parece roupa de hospital!!!". Eu respondi que era só prá ficar em casa, cuidando do serviço... Elas responderam: "Você vai atender a porta pro carteiro e ele vai ligar pro SAMU, dizendo que localizou a paciente que fugiu do sanatório... A mulher do Yakult, quando te ver, vai perguntar prás vizinhas se você esteve internada... Vai dizer que você furtou camisolão do hospital!". Meu filho disse "Deixa a mamãe, se ela se sente bem com esse vestido... Só não vai na rua vestida com ele, tá bom, velhinha?"

Tendo em vista tanta maldade contra a minha pessoa resolvi me vingar e fiz toneladas de coisas prá mim (10 vestidos e 5 blusas - e depois me arrependi - acho desperdício...

Mas aí vai: esse vestido foi feito com um tecido lindo (cheio de brilhinhos prateados...) que também ganhei num concurso, desta vez no site das Super Talentosas - página maravilhosa, cheia de dicas, paps e conversa de primeira qualidade. 

E o molde, como sempre GRÁTIS, é da maravilhosa costureira d. Lúcia, do site Cortando e Costurando - que tá de visual novo, mais lindo do que nunca! Passem lá, xeretem tudo de bom que tem prá baixar gratuitamente, assistam aos vídeos com explicações preciosas e saibam um pouco mais dessa criatura generosa e incrível - de quem sou fá de carteirinha. 

Se o molde não for do tamanho de vocês, vocês podem ampliar (como eu fiz...) ou podem comprar dela no tamanho de vocês - custa bem baratinho.

O vestido de lençol? Minhas filhas esconderam de mim... Vivem querendo me levar no cabeleireiro, fazer luzes, cortes modernos, comprar roupas prá mim... Dizem "Mamãe, você não está velha prá se vestir assim" "Mamãe, não prende o cabelo desse jeito, fica parecendo velha...". 

Lição de vida prá vocês: mesmo os mais maravilhosos filhos, quando crescem, teimam em querer mandar na gente...

Boas Costuras!

11 comentários:

  1. Oi Rosa, adorei o vestido e a história, os filhos são assim mesmo!!Amo tuas postagens, mas confesso que as vezes venho espiar e não comento,não dá tempo.
    Porém esteja certa tem aqui uma Fã!!!!
    Bjus!!!
    Liege

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Liege, por continuar aparecendo. Saiba que também eu não ando deixando recadinhos nos blogs que amo, pois meus filhos andam monopolizando o computador e o notebook prá estudos. Mas, sempre que posso, também xereto teu espaço lindo, do qual também sou fã. Beijos!

      Excluir
  2. Querida Rosa, veja como são as coisas:
    Aqui, eu mando em todos. Eu é que sei, eu é que entendo de moda e de culinária e de decoração e de jardinagem e de literatura. Sou um caso perdido ... de hospício, quem sabe?
    Estou brincando, mas é um pouco assim. A filha se aconselha comigo a toda a hora.
    Ao marido compro tudo excepto sapatos. Só o meu filho é autónomo ou não fosse quase meu sósia.
    O vestido fresquinho ficou uma beleza e vou espreitar os sites que você indicou.
    Beijinhos e boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, isso de mandar não é comigo... Até empregadas, quando as tive, se tornavam amigas e companheiras e eu acabava compartilhando do serviço com elas - por isso não tenho mais... No quesito roupas eu mais ou menos mando: escolho as lãs, as linhas, os tecidos, as roupas prontas - eles confiam no meu gosto. Mas determinam quantos pedaços de pizza posso comer, a quantidade de colheres de arroz no prato... Me lembram (porque eu não lembro) de tomar meus remédios - e assim vai. É como di a música do Renato Russo: "São meus filhos que tomam conta de mim". Beijos, minha "mandona" e querida Nina!

      Excluir
  3. Ah Rosa, não fica brava com eles não, eles querem que você valorize sua beleza natural. Além disso você merece esse cuidado, pois cuida de todos, não é?
    Se vestido ficou lindo, adorei o recorte no decote, valoriza os seios e o colo.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, eu sei - é assim mesmo... Acredita que, toda vez que eu fiz cirurgia ou estive internada, chegava em casa e, devagarinho, no dia seguinte, já fazia comida, punha roupas prá lavar na máquina, passava roupa - prá não deixar ninguém na mão. Eles cuidam de mim porque me amam muito - como posso ficar brava "de verdade" com meus amores? Beijos, Cristiane, e obrigada pelas palavras.

      Excluir
  4. Rosinha da minha vida, primeiro, pq estou ansiosa, vou dizendo de cara que enviei outro email. como pode esse tal de hotmail, me sabotar. "Nuncaganhonada" e ele vem com essa história de não te enviar meu endereço!!!!???
    Agora vamos ao seu post. É Rosinha, tb passo por isso, as fiás tão mandando em mim, e olha que eu batia o pé dizendo que comigo não. Até na hora de dormir, se fico mais tempo por aqui, elas na maior cara de pau, metem a mão no meu pc, desliga e diz, vamos vamos deitar que está tarde, assim vc vai ficar cheia de olheiras. Pombas, as olheiras são minhas caramba. E adorei a ideia dos zilhôes de presentinhos que vc fez para si, quem me dera, detesto comprar roupas, se ao menos eu soubesse costurar.... Bom querida. Bjins e vou nessa, caso vc naum receba o email me avise, acabo postando aki mesmo, o que naum posso é naum receber meu cachecolzinho lindo. Bjussssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É assim mesmo, Inez - nossos filhos tomam conta da gente. Fazer o quê, não é mesmo, se nos amam? Teu endereço chegou e logo teu cachecolzinho chega, tá bom? Beijos e obrigada!

      Excluir
  5. Boa noite!!!
    Hoje estou te visitado para deixar
    uma bela frase, com todo meu carinho!


    "O amor só é lindo, quando
    encontramos alguém que nos
    transforme no melhor que
    podemos ser"

    (Mario Quintana)

    ‎(¯`v´¯)
    .`•.¸.•´

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O amor é assim mesmo: por aqueles que amamos, queremos ser melhores. Adoro Mário Quintana! Beijos, querida Rita.

      Excluir
  6. kkkkkkkkk
    Tô rindo dos comentários dos teus filhos! E tô rindo alto kkkkkk
    Gostei do vestido, e está bem larguinho, próprio para o conforto.
    A modelo és tu? Nunca sei quando és tu ou uma das tuas filhas... avisa tá?! rs
    Estou lendo tuas postagens antigas, de quando eu ainda não te conhecia. Tu costura pra caramba, Rosa. Tô boba, e roxa de inveja rs


    bjs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...