Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Casaco Novinho na Janela!





Bom, prá começar, esse casaco foi um verdadeiro romance...

No momento em que o fio chegou em casa, graças à generosidade da Linea Itália, eu olhei e já imaginei o que fazer com ele. Eu larguei um outro projeto e já comecei - talvez mais pelo desafio, já que minha filha criticou a lã: disse que parecia uma misturebaa de balinhas mastigadas, tipo Skittles... Bom, eu perdôo, afinal era a Lolinha e ela não entende nadica de nada de tricô. Já a Nana apreciou a cor, a maciêz e Sua Majestade, que geralmente é muito crítico, depois de uma mudez inicial, apreciou o efeito da linha depois de começado o trabalho (e isso, acreditem, é MUITA coisa...).

Só que, como eu não estava acostumada com a linha - não é lã - tive que fazer o casaco 3 vezes, pois sempre chegava na manga e eu via que não ia dar. Procurei na internet onde comprar, liguei para o armarinho perto de casa que trabalha com a Línea Itália e eles nem conheciam o fio, disseram que deve ser lançamento. Até perdi o sono, pensando em mandar um email para a Linea Itália pedindo, implorando mais um novelinho, mas acabei desistindo da amolação e me virando com o que tinha.

A idéia sempre tinha sido fazer a gola e as viras dos bolsos em preto - para dar o ar vintage, mas eu queria uma lã da Línea Itália dessa cor - mas no armarinho não tinha... Então ataquei de mollet mesmo.


À primeira vista, alguma tricoteira de primeira viagem pode estranhar a cor - como a minha Lolô.

Mas eu garanto: ficou um casaco lindíssimo, extremamente macio e quentinho, com um visual que nenhuma outra linha ou lã do mercado tem - o que garante um visual completamente inusitado e exclusivo. A cor que eu usei é predominantemente azul, com bolotas de todas as cores possíveis, que garante um visual que parece um daqueles sorvetes italianos - semifredo - onde se mesclam sabores... Perdi os rótulos, de tanto enrolar e desenrolar a linha... Eu me apaixonei, rende muito, afinal, em dez dias (que é o prazo em que a lã está em meu poder) eu fiz 3 casacos - mesmo que só tenha um para apresentar... Mandem um email para a Linea Itália se estiverem interessadas, para saber quando chega às lojas - garanto que vai valer a pena... Na receita, eu já acrescentei o novelo que me faltava, pois no modelo o bolso foi feito à parte, de tecido, e costurado.

Blusa Arlequim Vintage

7 novelos de Arlequim (usados duplos)

1 novelo (100 g) de Mollet (usado duplo)

4 botões pretos grandes (diâmetro 3,5 ou 4 cm)

1 par de agulhas de tricô nº 7

1 par de agulhas de tricô nº 10

Agulha de tapeçaria para costurar

Agulha comum para costurar

Agulha de crochê nº 4 para levantar pontos

Linha de algodão ou poliéster na cor predominante do casaco

Pontos utilizados: tricô, meia, barra 1 x 1

Modo de fazer:

Costas: Montar 52 pontos nas agulhas 7 e tricotar em barra 1 x 1 por 6 carreiras. Mudar para as agulhas 10 e tricotar o direito em ponto meia, o avesso em tricô, fazendo 1 diminuição de cada lado a cada 7 carreiras até dar 46 pontos. Na carreira 42 voltar a aumentar 1 ponto de cada lado a cada 7 carreiras até dar 50 pontos na agulha. Na carreira 52 faz a cava, diminuindo, a cada duas carreiras, 2 pt, 1 pt, 1 pt. Seguir reto e arrematar todos os pontos na carreira 76.

Frente esquerda: Montar 32 pontos, sendo 6 em cordões de tricô (para fazer o abotoamento e o restante em barra 1 x 1 na agulha 7, por 6 carreiras, mudar para a agulha 10 e tricotar da mesma forma que nas costas, até iniciar o bolso. Na carreira 20, arrematar 4 pontos, e seguir, diminuindo 1 ponto, nesse mesmo local, a cada uma carreira, até sobrarem apenas 13 pontos (6 cordões e 7 meias). Deixar à espera. Bolso: Montar 18 pontos na agulha 10, tricotar por 30 carreiras, direito em meia, avesso em tricô e juntar essa parte à que ficou à espera, atentando para manter o direito em meia. Na carreira 52 fazer a cava da mesma forma que nas costas, ao mesmo tempo que faz os aumentos para a gola da seguinte forma: a cada duas carreiras, aumentar em um a quantidade de pontos em cordões de tricô tricotando o último meia antes da tira de abotoamento duas vezes, uma em tricô e a segunda em meia, até dar 14 pontos em cordões de tricô. Na carreira 65, diminui do lado dos cordões de tricô uma vez 14 pontos e daí diminuir, a cada duas carreiras, 2 pt, 1 pt, 1 pt, 1 pt. Na carreira 76 arremate os pontos que sobrarem.

Frente direita: fazer da mesma forma que a esquerda, só que invertida e distribuindo uma casa, a três pontos da borda de cordões de tricô, arrematando um ponto, a cada 12 carreiras.

Mangas: Montar 30 pontos, agulha 7 e tricotar em barra 1 x 1 por 6 carreiras, Passar para a agulha 10 e tricotar direito em meia, avesso em tricô aumentando 1 pt de cada lado a cada 10 carreiras até chegar a 40 pontos na agulha. Na careira 56 diminuir, de cada lado, a cada 2 carreiras, 3 pt, 2 pt, 1 pt, 3 pt, e arremata os pontos que sobrarem na carreira 64. Fazer outra igual.

Montagem: Costurar a blusa usando agulha de tapeçaria. Usando agulha de costurar comum e linha de poliéster ou de algodão na mesma cor predominante do casaco prender o bolso na parte de dentro, usando pontos invisíveis. Tiras dos bolsos: Levantar, com agulha de crochê, 26 pontos com a mollet preta usada dupla para fazer a tira preta do bolso e tricotar em barra 1 x 1 por 8 carreiras. Arrematar acompanhando os pontos. Fazer isso nos 2 bolsos. Gola: Levantar, com a agulha de crochê e a mollet preta usada dupla 84 pontos no pescoço, sendo 28 em cada frente e 28 nas costas e tricotar em ponto cordões de tricô (tricô dos dois lados) por 21 carreiras, aumentando, a 3 pontos de cada borda, 1 ponto de cada lado a cada 4 carreiras. Arrematar - sem apertar - os pontos na 21ª carreira. Pregar os botões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...