Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Bolsa de calça jeans



Prá Naninha retornar às aulas com uma bolsa nova - que voltar das férias merece um agradinho, pois a vida fica puxada...

Bolsa nova em termos: era uma calça do Ike, desmanchada e bem utilizada.

Só que...

Ele ainda usava a tal calça - era, na verdade, a favorita dele... Dando uma limpeza nos guarda-roupas prá me ajudar a Nana separou umas calças dele e me garantiu que podiam ser doadas ou usadas prá fazer avental de cozinha - e eu gostava tanto dessa calça que resolvi "mantê-la na família"...

Daí, bolsa feita, lá vou eu mostrar ela prá família, recebendo elogios de balde cheio do Marildo - mas foi mais ou menos assim a cara do moleque:



Meu coração se partiu em milhões de pedacinhos - a favorita dele?!!! "Que diacho de mãe eu sou que não perguntei antes???"... Mas também: ele não usava faz tempo (eu falei...) e ele me respondeu: "Eu não sabia onde tava, mãe!" (justamente porque a Nana juntou o monte de calças e ajeitou numa sacola, no meu quarto de costuras...)...

Agora tô devendo uma calça nova prá ele - embora ele diga que não, tenha me abraçado, dito que tava tudo bem, que era só uma calça... Tenho que arrumar disposição de ir até o centro da Penha comprar outra e fazer surpresa.

Bom, transtornos à parte, a calça virou uma bolsa bem bonita. Fiz assim:


Descosturei a calça prá aproveitar todas as margens de costura - pois queria a bolsa bem grande.

Fiz a frente da bolsa usando metade da frente e metade da parte de trás da calça. Com as pernas da calça eu fiz tiras, emendei, costurei, desvirei e - prá esconder as emendas - costurei por fora a tira de algodão cru própria prá alças, que geralmente a gente usa por dentro. Ficou muito bonito - eu achei... - combinou. 
Tive que costurar as alças mais próximas das costuras laterais, por causa desse zíper grosso que tinha no bolso... Mas ficou bom mesmo assim, não ficou? Também coloquei spikes prá enfeitar, só porque eu tinha sobrando...



Enfeitei com bordados prontos que eu tenho de monte em casa - e que comprei baratinho lá na rua da Graça. Lá tem uma loja especializada só nisso, tem milhões de bordados lindos, todos a precinhos bem baratinhos, prá todos os gostos e bolsos.

Terminada a bolsa, ainda enfeitei com botões de madeira coloridos comprados da China, do Site AliExpress - um toque de cor sempre é bom, e eu usei botões nos tons da borboleta bordada...

Nos bolsos de um dos lados eu coloquei fechos imantados internos e, do outro lado, costurei por dentro velcro - que assim ela pode carregar coisas importantes (tipo bilhete único e trocados...) com mais segurança.

Usei manta acrílica presa ao corpo da bolsa: costurei cada costura já existente (bolsos, etc.) novamente, por cima delas mesmas, com linha da mesma cor, grudando a manta no brim, prá deixar a bolsa mais encorpada - muito embora o brim seja grosso, a manta deixa ela ainda mais fofa e mais forte. 

O fundo da bolsa eu fiz matelassado, prá dar mais resistência também...

Por dentro usei tecido preto, fiz bolso com zíper de um lado e 3 bolsos abertos, como sempre faço, do outro lado. 

Ah, se você quiser aproveitar a ideia e fazer uma também, assiste o vídeo aqui ou no Youtube:


Tinha dicas no blog da Paula Piai, mas acho que ela deletou o blog, porque o link que eu coloquei na última bolsa que eu fiz a partir das instruções dela não existe mais - espero que ela não delete também o vídeo no Youtube...

É uma bolsa deliciosa de se fazer, muito prática e muito útil, especialmente se você precisa carregar muita coisa como a minha Naninha. E você ainda pode adaptar e fazer menor, usando a mesma técnica, que é muito fácil.

Espero que vocês tenham gostado e que deem um bom destino a uma linda - mas já cansada - calça jeans (mas, se não pertencer a vocês, perguntem antes de cortar...).


10 comentários:

  1. Rosinha querida, não te consumas por causa das calças do teu menino, porque eles SEMPRE são incapazes de descartar e quanto mais velha melhor. Além disso a bolsa ficou um luxo, original e única e o menino vai ganhar calça nova - o melhor de dois mundos.
    Obrigada, minha linda, pelo teu comentário. Descontando o teu exagero de amiga, gostei muito, muito.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  2. Rosa...foi um excelente aproveitamento!
    A bolsa ficou espetacular...bj

    ResponderExcluir
  3. Rosa...eu já tinha escrito um comentário...mas fiquei sem saber se entrará...então aí vai:
    _Adorei a bolsa e foi um excelente aproveitamento!!!
    Bj amigo

    ResponderExcluir
  4. Que idéia criativa! A bolsa ficou linda!
    Mas não pude deixar de rir com a charge que você fez da cara que o seu filho fez quando descobriu que era a calça dele...
    Não se torture, esses meninos não conseguem descartar suas roupas velhas, se depender do meu, o quarto vira um depósito...kkkk
    Bjs querida

    ResponderExcluir
  5. Que legal que ficou Rosa!! Muito boa com todos esses bolsos e mais os que você ainda fez por dentro! Agora me diga uma coisa: sua máquina Janome costura com facilidade varias camadas desses jeans mais grossos? A minha é Singer Facilita, e não é muito fácil não...vou girando o volante com a mão bem devagar senão quebra agulha. É assim que faço barras, pênces etc nos jeans.
    Agora, cortarem a calça do menino sem antes perguntar...ahhh, foi mal hein?! rsrsrs
    beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A minha Janome aguenta 9 camadas de jeans, mas eu uso agulha 16 - mesmo assim eu costuro devagar, que eu morro de medo de quebrar a agulha e ela voar na minha cara (trauma de infância...).
      Prá você ver como meu filho é lindo: fica elogiando a bolsa, dizendo que fiz bom uso da calça favorita dele (faz questão de frisar o "favorita"...).

      Beijos, Luci querida.

      Excluir
  6. Nossa eu amei!
    Que pena que era a calça jeans preferida, mas agora pode virar a sua bolsa preferida neh?!
    Bjuss!

    ResponderExcluir
  7. Muito legal essa ideia ... nada se perde tudo se recicla não é mesmo?
    Linda semana para todos aí.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Rosa, Rosa, Rosa... achei muita graça o seu filho...e agora? justo a calça preferida dele? (risos). Bom, pelo menos mais uma que você aprendeu: Perguntar antes de cortar alguma peça de roupa.

    A bolsa ficou muito legal.

    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Kkkkk Me acabei de rir a calça favorita do filho virou a bolsa preferida da filha
    Como não tenho máquina de costura eu vi uma receita cortando a calça em tirinha transformando em um novelo e depois fazendo como crochê ou tricô e o cós como acabamento é bem da hora só estou criando coragem pois as calças ja tenho pois as minhas rasgam todas entre as pernas rsss eu achei na net como bagging denin

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...