Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Dois jeitos...

De se usar viés - Ô coisa boa...

Porque viés é assim: tem sempre gente descobrindo um novo uso prá eles, desde que foram inventados.

Prá enfeitar roupa:

(Tô louca prá fazer um vestido preto de bolinhas brancas prá mim...)

Babados poderosos...
Babador pro seu bebê poderoso...

Coisinhas prá casa e prá cozinha - avental sempre fica bem-acabado com viés...

E não é só aí que o viés se sai bem:
Colar...

Tiara

Tic tac

Broche

Chaveirinho

Imã de geladeira

Pois é: haja utilidade... 

Esta semana eu ensinei como fazer seu próprio viés com um pedacinho de tecido, fácil e perfeitinho. Agora vou mostrar algumas maneiras de usar essa tirinha de pano prá facilitar a sua vida - especialmente se você é costureira de primeira viagem. Se já viajou bastante na costura esta postagem vai ser desnecessária, então sinta-se livre prá passear por outros lugares, mas se quiser permanecer no blog, não vai se arrepender - tem muita coisa boa nos prá trás.

O viés - como o próprio nome diz - é cortado "em viés", ou seja, enviesado. Isso garante elasticidade e bom caimento nas suas utilizações. Se cortado no sentido reto do tecido não dá prá aplicar em partes curvas, então fica com menos utilidade.

Vê só dois jeitinhos fáceis e bonitinhos de como se faz:

Um pedaço de tecido cortado em curva, imitando uma cava de blusa, mais um viés contrastante prá facilitar a visualização - embora, às vezes, colocar um viés de cor diferente seja o detalhe que torna a peça mais bonita...

Você posiciona o viés na beirada onde ele vai ser aplicado, direito com direito.

Coloca na máquina e vai costurando - a largura quem diz é a sua necessidade. Geralmente em roupas o melhor é ser um viés mais fino, costurado na beiradinha - o normal é usar como base a largura de um pé de máquina.
Como o viés é cortado na diagonal ele vai se amoldando nas curvas, daí é só seguir costurando.

Terminada a costura você corta, sempre com uma folga. Se fosse uma cava de blusa você dava a volta e, antes de acabar, media onde isso ia dar, cortava, emendava e daí o viés ficava costurado em círculo.

Terminado de costurar você vira o viés pra fora...

Se quisesse podia virar ele todinho prá dentro e deixar ele escondido...

Era só fazer uma costura bem acabadinha por dentro, com pontinhos invisíveis...

Mas eu gosto de deixar o viés aparecendo - fica bonitinho, especialmente quando é de cor diferente, dá um contraste bacana.


Você deixa 1/2 centímetro aparecendo do lado direito, dobra o restante prá dentro.

Daí dobra mais uma vez, que é prá não desfiar quando lava e ficar um acabamento perfeito.

Com uma agulha bem fina e linha da cor do tecido principal (usei vermelha só prá realçar, prá vocês verem bem...) você vai costurar com pontos invisíveis todo o contorno da parte que leva o viés.

Quando termina, fica assim do avesso - clica na foto e vê a costura (que de invisível não tem nada, mas perfeito só Deus...).

E do direito fica assim.

Agora, na outra parte do retalho preto eu vou costurar diferente, mais fácil e mais rápido - embora eu não goste desse acabamento prá roupas, só prá coisas da casa, como aventais de cozinha e jogos americanos, por exemplo.

Posicione o tecido principal com o avesso virado prá você e, sobre ele, posicione o viés TAMBÉM DO AVESSO. Assim fica avesso com direito (contrário do outro, que era direito com direito). Costure do mesmo jeito, largura do pé da máquina.

costurou...

Vira pro direito.

Faz aquela mesma dobra (que nos viés comprados prontos em rolo ou por metro já vem dobradinha de fábrica - e tem até aparelhinhos em que você enfia o viés dentro e ele sai dobrado, só faltando passar à ferro, mas aí encarece a coisa...)

Termina de dobrar - se quiser ajudar passando a ferro, no começo, é bom.

E passa uma costura, com amor e carinho, cobrindo a costura anterior, que prendeu o viés ao pano. De preferência use linha da mesma cor do viés prá fazer isso.

Faça a costura reta...

Ou use um ponto trabalhado - que ficaria muito bom se o viés fosse liso e a linha contrastante - viés estampado fez o ponto desaparecer...

E pronto: bem acabadinho e feliz.

Esta é a cava de uma blusinha que terminei prás minhas meninas, na qual usei o viés do próprio tecido prá fazer o acabamento das cavas. Ficou perfeito.

Bem delicado...


Já usei em vestidos prá mim também - aliás adoro usar. Facilita mesmo a vida: no lugar de ficar cortando aqueles arremates complicados, que gastam uma tonelada de tecido, com um trapinho de nada eu faço um viés que fica uma belezura. 



Finalizando: normalmente o melhor é usar viés do mesmo tecido da peça que você está fazendo - por exemplo: nada de usar viés de jeans em tecido leve de algodãozinho. Porém o inverso pode: colocar um viés de algodãozinho uma calça jeans fica bom. Quanto mais delicada a peça, mais fino o viés.

Na malha é que é legal: pode cortar viés de qualquer lugar, tanto na diagonal quanto na vertical ou horizontal, pois o tecido é elástico de qualquer jeito. Fica ótimo no acabamento das camisetas e pijamas, por exemplo - especialmente se você trabalha com máquina caseira.

Então tá: agora você já pode dizer - com orgulho - que sabe usar um viés...

5 comentários:

  1. Ah, Rosa... ainda vai demorar um pouquinho pra eu dizer, com orgulho, que sei costurar viés hahaha
    Eu costuro só de um jeito. Dobro ao meio aquele comprado pronto, e costuro os dois lados, avesso e direito tudo junto. Entendeu? rs
    Fiquei apaixonada pelo vestido preto com viés nas beirinhas, nos folhos, nossa!
    Eu também tenho vontade de ter um vestido de bolinha, e ainda vou ter.
    A tintura é pro cabelo da menina, e pro meu kkkkkkk
    Rosa, vou fazer 48 anos este mês, mas não tomo jeito. Estou pensando em meter tinta roxa ou azul no cabelo. Estou amadurecendo a ideia. O pior é que a menina de 11 anos mete pilha 'nimim' hahahaha
    Olhei e li com muita calma tuas explicações, vou testar várias vezes num tecido qualquer. Agora e´questão de honra!
    Acho lindo, vestidos e blusas com acabamento em viés, assim, que nem fizeste na roupa das meninas. Acho que realmente dá leveza e graça à roupa.

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Rosa, agora já estou pós graduada na matéria viés…rsrsrs.
    Também adoro esse acabamento, mas geralmente compro pronto, vou tentar ler de novo o seu post que ensina como fazer, porque da primeira vez que li não consegui entender, deu um nó na cabeça…
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Rosa quando tu ensinas parece tudo fácil que dá vontade de fazer de tudo um pouco ao mesmo tempo hihihihhi. Estou a tempos pra fazer uma blusa de tirinhas e que melhor pra acabamento de que usar viés? Obrigada por compartilhares.

    ResponderExcluir
  4. Rosa minha linda! Atendeu meu pedido ...eeeeeeeeee...que maravilha ! Deu nó na cabeça tbm mas consegui entender , gostei da parte da costura aparecer , achei bem mais fácil e prático. Obrigada flor! Ja fiz 35 panos vendidos em um mês, mas vou fazer teste com com vies. Vou tentar postar fotos no blog pra vc ver, ta beijao . Que Deus te abençoe :)

    ResponderExcluir
  5. Ótima aula, excelentes explicações e fotos. Obrigada :-D

    Bjs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...