Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Dinheiro - prá quê dinheiro?

Não é porque eu não tenho muito, que eu não gosto... 

Sempre me vem em mente o seguinte pensamento: se eu faço milagres com tão pouco, o que eu não faria com mais? Ai, que grande Ministra da Economia o Brasil tá perdendo, só vou dizer isso...



Vai ver você é como eu: plantou um pé de dinheiro no fundo do quintal, rega, aduba, conversa com ele, joga beijo e ... nada.

Não é que a gente seja louca por dinheiro - mas temos por ele o maior respeito. Afinal, trabalhamos tanto prá consegui-lo, fazemos tanta coisa boa com ele... Quem acha que dinheiro é "do mal" nunca sentiu a alegria de fazer o bem com ele - bem empregado, é fonte de bençãos.

Remuneração do trabalho - coisa muito boa.

Pois é... A esperança de vê-lo florescer nunca morre, mas ele não colabora...

Talvez, ao invés de tê-lo semeado, eu deveria ter arrumado uma mudinha ... de alguém que tem de monte...


Ela não. Essa moça me assusta um pouco.

Mas... Que tal uma fábrica de dinheiro?


Dessa não, que é proibido! 

Uma na qual o principal operário é você mesma, a matéria prima são novelinhos de lã bem baratinhos e o instrumental de trabalho é um par de agulhas de tricô bem grossa - tipo nº 12?






Cada novelo de lã Mollet, no Bazar Horizonte, tá custando R$2,20. Com dois novelinhos apenas - menos de cinco reais - e duas horinhas do teu tempo - você faz esse cachecolzinho super gracioso, que você usa como gola bem juntinho ao pescoço e fica quentinha e linda!

Melhor: cria sua própria mescla! Eu usei um novelo preto e outro laranja, mas as possibilidades são infinitas - dá prá dar aquela levantada no visual e lotar o guarda-roupa de peças que não te deixam cair na mesmice...

Melhor ainda: dá prá ganhar um dinheirinho abençoado vendendo prás vizinhas, prás colegas do trabalho, no teu blog na internet!

Se você fizer 5 por dia - e dá prá fazer brincando... - e vender cada um por 20 reais (praticamente de graça...) tirando o custo dos novelos você ganha, líquido, quase oitenta reais!!! Tá lucrando, não tá explorando ninguém e, graças ao precinho camarada, vende mesmo!!! E isso se você comprar o novelo por unidade: se comprar o pacote fechado com cinco deles sai por menos de 10 reais o pacote na Aslan!

A receitinha (a mesma deste outro cachecol AQUI)é assim:

Com as duas lãs juntas monta 11 pontos na agulha 12, ponto tricô do avesso e do direito por 3 carreiras. Na quarta carreira faz dois pontos juntos em tricô, laçada - repete até o final da carreira e termina com um ponto tricô. Repete sempre essas quatro carreiras até acabarem as lãs, costura o começo no final e pronto!

Agora, quando você ficar milionária,não precisa dividir comigo os teus milhões - só manda construir uma praça bem bonita e coloca meu nome nela, com bancos bem confortáveis e muitas árvores prá fazer sombra. Prá eu tomar uma deforota na velhice...

24 comentários:

  1. Ótima dica Rosa, bom fim de semana , bjs sssNina

    ResponderExcluir
  2. Dinheiro na dose certa é bom, mas também faz que muitas pessoas
    se percam com ele, tendo sustento e com que nos cobrir,estaremos
    contentes com essas coisas, disse alguém muito sábio, beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito sábias palavras, Mira querida! Prá mim é mesmo assim, eu vivo feliz com o básico, não tenho grandes ambições.

      Beijos!

      Excluir
  3. oi amiga ,tudo bem....sempre é bom vir aqui ver seus post...um otimo fim de semana bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Gisele querida. Fico feliz que você goste de vir. Beijos!

      Excluir
  4. Ah Rosa, você é ótima, seu bom humor me contagia!
    Bjs e bom final de semana

    ResponderExcluir
  5. Oi Rosa querida!
    Adoro ler seus textos sempre divertidos.
    Vou te contar aqui tem pessoas que nem imaginam que eu faço tricõ e crochê, pois fico quietinha em casa fazendo peças lindas e ganhando meu dinheirinho kkkkkkkk
    E ainda tem gente que reclama da vida Rosa!
    Beijos minha linda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior que é assim mesmo: tem gente que vê minhas blusas, em mim ou nas minhas filhas, e acha que brotam do nada e ficam pedindo prá eu fazer - enquanto não fazem nada e ainda se queixam... sou como você, Carla querida, ninguém nem sabe que eu estou em casa, toda ocupada...

      Beijos, minha querida!

      Excluir
  6. Ahhh já ia me esquecendo, essa é para vc, foi daqui que criei aquela gola modifiquei alguns pontos.

    http://www.circulo.com.br/pt/receitas/acessorios/maxi-gola-roxa

    Vale a pena é linda!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela dica, Carla querida. Beijos!

      Excluir
  7. Um humor bem interessante!
    No lugar do dinheiro...a troca de produtos!
    Adorava!...bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi-se o tempo, não é, Maria da Graça querida? Hoje dinheiro é tudo prá grande maioria das pessoas...

      Beijos!

      Excluir
  8. Concordo contigo, quanto mais simples melhor. Acho que hoje em dias as pessoas gastam muito por conta da preguiça. Trabalho fora e não faço arte pra vender (não enquanto minha lista e a da família for grande...rsrs) e sempre que alguém me pede eu digo pra trazer a linha e a agulha que eu ensino. Pergunta: aparece alguém? Não. Uma pena. Porque além da economia tem o prazer de fazer algo com carinho e amor pra quem gostamos (incluindo a gente, é claro rsrs).
    Amei a ideia. E espero que tenha um cantinhos pras “arteiras” na sua praça (na que terá seu nome) rsrs
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se algum dia eu tiver mesmo essa praça ela será dedicada a todas as arteiras, Mara querida. Incluindo você...

      Beijos!

      Excluir
  9. Você sempre de bem com a vida. Cachecol em trico eu sei fazer, vou copiar sua receita para tentar faze-lo . Beijokas, Rê!!!!!




    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois quero ver o teu cachecol, Rê querida. Beijos!

      Excluir
  10. Olá Rosa. Indiquei você para responder a Tag/ 11 perguntas sobre mim. Passa lá no meu cantinho para " pegar" suas perguntinhas, " tamo" querendo muito te conhecer um cadinho.
    Beijokas, Rê!!!
    http://reginasantos09.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já fiz uma postagem sobre isso, Rê querida. Beijos e obrigada por lembrar de mim.

      Excluir
  11. Rosa querida

    Eu digo para meu esposo que dinheiro é um bom calmante, bom sonífero pois como é bom poder dormir em paz sabendo que tem todas as contas pagas, não deve para ninguém e ainda pode ajudar quem precisou.

    Dinheiro é muito bom (e eu gosto!!).
    O ruim é o mau uso que algumas pessoas fazem dele.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também aprecio bastante, faço tanta coisa boa com ele, quando tenho...

      Beijos, Fatinha querida!

      Excluir
  12. Rosa....voltei

    Cachecol ficou excelente, muito bonito mas não gosto desse fio Mollet
    . Eu usaria outro pois seu trabalho é maravilhoso, super caprichado.
    Usamos aqui para fazer tapete em ponto russo.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe que, depois do trabalho feito com mollet, se a gente dá uma leve passada à ferro na peça, ela fica macia?

      Beijos, Fatinha querida!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...