Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

sexta-feira, 2 de maio de 2014

Co-e-cas!

"Mas tá falando o nome errado, Dona Rosa..."

Eu que fiz, então posso chamar de coecas - quando você fizer as suas, pode chamar diferente também, são prerrogativas de ser a criadora. 

Primeiro: desmanchou a cueca cansada do seu "Marildo", com amor e carinho, pontinho por pontinho? Então você deve ter obtido partes assim:

O "fundo" da cueca, também chamado de bumbum ou traseiro (essa parte você vai cortar 1 vez no tecido).

Parte central da frente - também chamada de "porta-documentos". 
Você vai cortar essa peça duas vezes, com o tecido dobrado.

Parte lateral - só tem esse nome mesmo. Cortar duas vezes com o tecido dobrado ao meio, ficando espelhado.

Essas duas partes vão se encaixar assim...

E o porta-documentos se encaixa na parte de trás assim.

Materiais necessários

- Tecido de malha fino (se for grosso, fica desconfortável no corpo e não fica bonita, o elástico fica todo embabadado). Pode ser de malha igual de camiseta, pode ser de malha fria - cotton-lycra fica supimpa.

- Elástico fino prás pernas (meio centímetro); 

- Elástico grosso prá cintura (de 1,5 cm a 2 cm); 

- Linha da cor da peça; 

- Tesoura bem afiada. 

PARTE MAIS IMPORTANTE DE TODAS: Agulha ponta de bola número 11. Se não for ponta de bola vai ficar toda cheia de furinhos na costura, estraga todo o trabalho que você teve prá fazer. 

Costurar a malha: se você tem overloque, vai ser moleza, vai ficar linda. Mas, se não tem, não se desespere. A maioria das maquininhas mais simples de hoje tem pontos especiais prá costurar malha. Na minha Janome 2008 é o ponto "D". 

Tá vendo só o seletor de ponto? Tá selecionado o "D".

Na largura do ponto eu escolho a "2" - costura bem costuradinho, sem enfolar.

O ponto "D", na largura "2", fica um zig-zag pontilhado assim - se você reparar, esse é o ponto que as fábricas de sutiãs usam (vai no banheiro e olha só o seu...)

Se na largura do ponto você selecionar o "S", fica uma costura mais reforçada - a agulha faz uma dancinha, construindo quiném uma casinha de abelha:

Bonitinho, né? Fica até decorativo. Esse é o ponto que eu uso prá pregar os elásticos e prá costurar as peças entre si, fechando tanto as cuecas como as calcinhas. O ponto "D" que parece zig-zag eu uso só na finalização da peça.

Tá aqui a visão dos dois pontos, na lateral da minha máquina. Se na tua máquina não tem assim, experimenta num pedaço de malha velha todos os pontos que ela tem e vê quais esticam...

Corte as peças com uma sobra de 1 cm de costura. Se for a primeira cueca que você faz, experimenta fazer usando uma camiseta velha, uma camisolinha que você não usa mais - assim você não tem medo de desperdiçar o tecido e ganha mais segurança nessa primeira aventura...

Posicione 3 peças encaixadas juntas, como um sanduíche: o forrinho (que eu fiz em outra cor prá dar prá visualizar melhor) com o direito virado prá cima; a parte de trás, também com o direito virado prá cima e por último a parte central da frente, com o avesso virado prá você. Repare que as partes laterais são as curvas da perna.

Tá vendo só? Sanduíche.

Agora vamos falar sobre botar a máquina prá costurar: não precisa ter medo, ela não morde. Pega uns trapinhos e testa os pontos, costura um pouco prá acostumar. 

Quanto à velocidade na hora de costurar, não corre, não aperta o pedal da máquina até o fundo. Pensa num carro: não é porque o velocímetro indica que o carro vai até 260 km por hora que você vai andar nessa velocidade, não é? Dependendo do lugar tem que andar a 40, a 60 ou 90 km/h - mesma coisa a máquina. Começa costurando devagarinho, pisando no pedal de leve, ganhando segurança - e assim vai por toda a vida. Tem coisa que você vai costurar bem rápido, como bainha de lençol e tem outras que você vai sempre na calma. Eu prefiro sempre na calma...

Depois de costurados, fica assim.

Agora espicha na mesa as duas partes centrais da frente, com o fundo entre elas. Dá uma enrolada nesse fundo, como se fosse uma panqueca, e prende com alfinete, prá ela ficar quietinha ali no meio das duas partes centrais.

Vamos agora costurar as partes laterais. Posiciona a primeira, direito com direito. 

Dá uma dobradinha nela, prá não atrapalhar quando for posicionar a parte do outro lado.

Posiciona a do outro lado igualzinho.

Dá uma dobradinha nas duas no centro, prá elas ficarem quietinhas e alfineta elas ali.

Pega a outra parte central que tá lá no fundo e coloca sobre tudo isso, encaixando bem e prende com alfinetes. 

Depois de costuradas, fica assim.

Tira os alfinetes, desvira tudo e você fica com uma peça bem assim - as costuras estão escondidas no meio de tudo, ninguém vê...Esse é o avesso da peça ainda aberta..

Ela no direito - já tá começando a ficar com cara de cueca, não tá?

Agora é costurar as laterais, prá fechar. Alfineta tudo ou alinhava - não faz "no olho" não, tenha sempre paciência, prá tudo ficar certinho.

Fica assim a costura do lado - tá elástica, tá segura e fica suave de encontro à pele, não machuca.

Ficou assim, tudo costuradinho. Agora é a hora de colocar os elásticos:

Eu sempre começo pela costura lateral externa, do lado de fora. Deixo a cintura por último - ataco primeiro as pernas. Pego o elástico fininho, prendo com uns pontinhos, dou retrocesso prá ficar bem firme e começo a costurar prá franzir o elástico. Estão vendo que com a mão esquerda eu estou segurando o fio da bobina e o fio de cima? No começo tem que fazer isso, prá garantir que vai franzir o elástico desde o começo. Com a mão esquerda eu puxo esses fios juntos, com a direita eu estico o elástico, ao mesmo tempo posicionando ele próximo da extremidade do tecido, deixando uma beiradinha de pano prá fora de sobra.

Nesta foto dá prá perceber melhor as duas mãos trabalhando juntas pro elástico ficar direitinho - bem esticado e no lugar certo.

Olha de um outro ângulo...

E de mais outro - deu prá ver?  Pois é. Assim que passar o elástico uns 2 cm prá fora do pézinho da máquina, você larga o fio e agora começa a esticar puxando o elástico que já foi costurado. DETALHE IMPORTANTE: Quando for esticar o elástico, sempre deixe a agulha "enterrada" na costura, prá não entortar ela com a puxada.

Deu a volta em toda essa perna, faz um reforço de costura usando o retrocesso umas duas vezes e corta a sobra de elástico. 

Aqui estão as duas pernas com elástico - mas calma, ainda não tá pronta não!

Elástico da cintura - esse é mais durinho de esticar, porque é mais grosso, mas prega do mesmo jeito. Costura umas três vezes, usando o retrocesso da máquina e daí prega ele com o mesmo ponto elástico próximo da beirada, deixando uma sobra. 

Minha máquina de overloque tem pregador de elástico - o que deixaria a peça ainda mais profissional e bonita. Mas a pecinha prá fazer isso não veio junto com o kit e eu ainda não encontrei prá comprar. No entanto, se você quiser fazer a cueca com cara mais profissional, até prá vender, costure toda ela com overloque, daí passe overloque em todas as beiradas antes de passar o elástico - vai ficar bem linda.

Viu como ficou? Reforça de novo a costura do final do elástico e corta a sobra.

Ficou assim - e tá quase pronta.

Agora espia essas rebarbas: tem que fazer todas ficarem do mesmo tamanho, cortando as desigualdades das sobras.

É coisa que acontece - passa a tesoura em toda a volta, tirando o que tá se salientando mais do que devia, mas ainda deixe uns 2, 3 milímetros em toda a volta.

Agora a finalização da peça: Vire o elástico pro lado de dentro da cueca, começando pelo lado externo da perna e, usando o ponto elástico que é um zig zag pontilhado, estique o elástico até essa barra ficar totalmente plana e costure toda a volta. Faça isso nas duas pernas.

Mesma coisa prá cintura: estique até ficar plano, deixando o elástico bem coberto.

Limpe os fios soltos que tiver com a tesourinha e aí está: uma cueca. Se você clicar na foto vai poder ver a costura interna, que ficou bem bonitinha - mesmo sem ter overloque. Tá vendo só? E você pensando que só quem tem overloque e galoneira consegue fazer uma bela cuequinha...

Eis o avesso - bem costuradinha, bem confortável e com forrinho de algodão, prá cuidar bem da pele sensível. Se você fizer toda ela em malha de algodão, corte o forrinho do mesmo tecido do lado de fora - daí não precisa de dois panos...

Detalhe da costurinha.

E agora essa mesma costurinha vista de perto, do lado de fora.


Então é isso - ninguém mais tem desculpa prá dizer que não sabe fazer uma cueca pro seu "Marildo" e pros seus filhinhos. E até calcinhas prá você, que eu já ensinei nesta postagem AQUI

Vou dizer uma coisa: é bom demais a gente saber se virar, meter a cara e fazer - faz um bem danado prá auto-estima da gente. Você se sente poderosa, inteligente, talentosa... Mas, fora isso, a cara que as pessoas te olham quando te veem assim, tão capaz... Isso dinheiro nenhum do mundo paga. Qualquer pessoa pode ir numa loja e comprar - tem de todo preço, prá todo gosto. Mas quando teu "Marildo" e os teus filhinhos, a tua mãezinha, vestem algo que você fez, você vê o amor impresso nos olhos deles, aquela cumplicidade linda porque você CUIDA deles, você se importa, você ama. 

Tô errada por gostar disso? 

14 comentários:

  1. Qual errada? Você está certíssima, querida!
    Toda a minha admiração!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Nina querida - a sua admiração é um alimento e tanto pro meu ego. Beijos!

      Excluir
  2. Rosa

    Que ÓTIMO passo-a-passo você fez!! muito bem explicado.
    Meu esposo só usa as modelo boxer e já estive olhando a modelagem delas e tabé pareceu-e simples de fazer. Penso em me arriscar também.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Fatinha querida - vindo de você o elogio do passo a passo eu sei que ele está bem feito (de uma costureira prá outra...).

      Eu tenho certeza que você vai arrebentar com essa cueca boxer - e eu ainda vou ver o teu passo a passo lá no blog, minha querida.

      Beijos!

      Excluir
  3. Rosa...à medida que lia a sua descrição de quem sabe descrever as suas vivências...me lembrei do meu pai...alfaiate de profissão mas na reforma com os seus 89 anos!!!
    Mas concordo consigo...é bom sabermos um pouco de tudo e a Rosa sabe...daí os meus parabéns!!!Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindinho, teu paizinho um alfaiate - aposto que ele tem dicas preciosas prá passar prá você... Aprende tudo, minha amiga, absorve toda essa sabedoria, que ela não ocupa espaço no coração da gente...

      Beijos!

      Excluir
  4. Rosa obrigada pelo Pap adorei, voce fazendo parece a coisa mais facil do mundo rss. Vou fazer e te conto se consegui. Beijos Alice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vai conseguir, sim! E cada uma que você fizer vai ficar melhor que a anterior, tenho certeza. Beijos, Alice querida!

      Excluir
  5. Adorei Rosa! Com esse PAP ninguém tem desculpa mesmo….
    Menina, sou como você, adoro meter a cara e fazer, e principalmente aprender fazendo! Para mim não tem mistério, quando a gente quer mesmo, descobre um jeito de fazer, na primeira vez pode não ficar aquela maravilha, mas na segunda ou na terceira fica bom!

    Menina, fiquei emocionada com seu comentário, quanta sabedoria, você me dá cada aula…
    Bjs querida e ótima semana
    P.S. Deu tudo certo com o exame?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Doutora querida, por ser sempre tão gentil comigo, tão preocupada. Os exames já chegaram, tenho que retornar no médico prá ver o que ele vai prescrever - o coração tá meio baqueado, mas minha filha diz que não é nada grave.

      Beijos!

      Excluir
  6. Rosa, osso que é um pap de verdade.
    Parabéns pelo belo trabalho.
    Beijos e boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Carla querida! Tenha uma linda semana você também!

      Excluir
  7. Amei este pap!!! Vou tentar fazer para os meus 3 homens, porque haja cueca...rsrsrs.....1 grandão e 2 pequenos!!!! Ontem já testei os pontos na minha máquina e quase tive um troço......quando costurei no tecido de algodão, ótimo!!! Mas quando fiz os mesmo pontos na malha (peguei uma camiseta velha para testar!) eles escapavam, aí peguei o manual, tenho uma singer briliance 6160, vi que tinha de diminuir a tensão, aí deu certo!!! vou ver se acho algum pedaço que dê para fazer uma cueca só tenho que comprar elástico!!!! amoooooo seus paps, obrigado por nos encantar com tanta alegria estes ensinamentos!!!! mil beijos!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Olá!!! Consegui fazer uma cueca!!! muito obrigado pela ajuda! Fiz consultando sua postagem!!! se quiser ver, aí vai o link http://maniasdalu.blogspot.com.br/2014/06/minha-primeira-cueca.html
    Beijos!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...