Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Prestígio




Prestígio é bom e todo mundo gosta - especialmente se for bem "coquento", macio, que dê uma desmanchada na boca mas também dê trabalho aos dentes - e tenha um chocolate generoso por cima, que é prá dar aquela levantada no nosso ânimo.

É impressão minha ou o chocolate Prestígio era muito mais gostoso na infância da gente? O "Marildo" diz que não, que nossas papilas gustativas, na infância, eram limpinhas e novas - sentiam melhor os sabores. Depois de tantos anos, tantas comidas e pimentas, elas estão cansadas e já não sentem tão bem os sabores como antes...

Bom, eu falo por mim: minhas tais papilas estão tinindo - o dito cujo chocolate é que não é mais o mesmo. Tá seco/esturricado, um arremedo do que foi um dia... 

Aliás, tanta coisa mudou prá pior: o extrato Elefante - por exemplo: tá aguado; os azeites vem sendo falsificados, os macarrões andam vindo com caruncho - até um simples miojo! Se você faz compra no mercado Sonda, do Shopping Penha, já deve ter percebido isso - o produto tá longe de perder a validade e vem com bichinho. Aí dá um trabalhão ir lá no mercado devolver tudo...

Bom, vamos aos meus "Prestiginhos"...

* Três pacotes de coco ralado (usei Sococo, o que não vem adoçado);

* 1 vidro de leite de côco (pode usar leite ou até mesmo água - 200 ml);

(Se você quiser usar coco fresco, não use o leite de coco - use umas 4 colheres (sopa) de água);

* 2 xícaras de leite em pó = 16 colheres (sopa)

* 1 xícara de açúcar branco = 11* colheres (sopa)

Levar ao fogo, em panela anti aderente (quanto mais larga a base da panela, mais rápido fica pronto o doce) e mexer com colher de pau até ficar bem sequinho, como massa de brigadeiro. 

Na verdade, é praticamente uma cocada. Mas a maioria das cocadas é só coco e açúcar - muito açúcar. São tão carregadas no açúcar que até lixa os dentes na hora que a gente morde, dá até agonia. Essa minha cocada fica cremosa e macia.

Despeje o doce ainda quente em uma travessa untada com margarina ou óleo, espalhe bem com as costas de uma colher e derrube por cima chocolate picado - meio amargo é melhor, eu só tinha ao leite. Eu usei 3 tijolinhos de chocolate - daqueles que a gente quebra de uma barra grande, picados com a faca (deve dar umas 150, 200 g, não pesei...). Com o calor do doce de coco o chocolate derrete em 2 minutinhos, daí é só espalhar com outra colher, esperar esfriar, levar por umas duas horas prá geladeira coberta com filme plástico e depois cortar.

Me pergunta se eu esperei tudo isso? 

Nááááááá!!! Fui cortando ainda quente - pois toda hora eu ia dar uma espiada, uma cobiçada naquela "coquice" toda, ela ficava me chamando pelo nome com tanta doçura...

Daí cortei e eles foram ficando meio deformados, meio tortos, deliciosamente feios. Enfiei um na boca de cada integrante da família - me deixei pro final, que sou gente muito boa - e fiquei apreciando eles fechando os olhos no primeiro momento em que sentiam o sabor...

E então eu disse assim pro "Marildo": acho que as tuas papilas gustativas acabaram de ser remoçadas, pois desse docinho elas - com certeza - sentiram bem o sabor.

Ele nem teve como me responder - não fala de boca cheia...


Prá vocês que gostam das minhas comidinhas eu ofereço esse "Prestiginho" que tá mais na beirada, quase caindo do prato - pena que vocês não estão aqui prá comer (mas ele não será desperdiçado, eu vou corajosamente me sacrificar comendo mais esse...).

(Remendo de postagem: a quantidade certa de colheres de açúcar é 11 colheres - anotei errado, pois misturei a quantidade de ingredientes de uma receita com duas - que fiz no Natal...)

24 comentários:

  1. kkkkk...Rosa rosinha, obrigada pelo bolinho...ai...ai...ai...eu amo...é um dos meus favoritos!!!!

    Minha avozinha adorava o chocolate Prestígio...lembrei dela...saudades!!

    Bem..vou ter que me contentar em comprar um "choco" Prestígio com urgência...(você é culpada)...fiquei com vontade...heheheh....

    Querida, tenha um doce dia...(e não come muito...engorda...hehehe... - eis aqui a malvada!!!)

    beijinhos,

    Lígia e =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, tá todo mundo aqui em casa me controlando, com medo que eu fique diabética... Mas eu não exagero não - só um quadradinho por dia não engorda...

      Beijos, Ligia querida!

      Excluir
  2. Delícia, delìcia assim vc me mata rsrsrsrs
    Estou de dieta e docinhos assim são uma perdição !!!!
    Mas vou resistir bravamente, kkkkkk
    Ótimo dia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, mas só um pedacinho, prá matar a vontade... distribui todo o resto...

      Beijos, Miriam querida!

      Excluir
  3. Rosa do Céu!!!

    Não faça isso com a gente!! Não judia!! (risos)...ôôô mulher danada!!!

    Mas como para tudo nessa vida tem alguma solução....eu já encontrei para mim e é o seguinte: guarde o meu pedaço aí, bem guardadinho, esconde da turma aí, hein? (hehehe) passe-me o teu endereço que em 40min (no máximo) pois estou perto de ti, chego na tua cada e provo essa delícia ao vivo. Prometo também não falar de boca cheia, tá bom? (risos)

    Mas, você tem razão, eu também já havia percebido mudança de sabor no chocolate Prestígio mas também em outros. Não tem o mesmo sabor que tinha na nossa infância (lá pelos anos 70). O mesmo ocorre com a atual Itubaína, com o iogurte de morango e tantos outros produtos industrializados. Quando faço iogurte em casa com os bacilos probióticos, o sabor é o mesmo do da infância!! Os atuais iogurtes deixam um gosto residual levemente amargo. Já notou isso? lembra-se da goiabinha que vendiam nas cantinas da escola? pois é, um dia desses fui comer alguns e também o sabor era diferente. Até o leite que a gente toma tem gosto de água oxigenada!!! não tem gosto de leite. Pode ser que seu marido esteja certo? pode até ser mas no meu caso, como é que fica? pois, a anos, (mais de 20) não como comidas muito condimentadas, nem apimentadas, nunca fumei, não consumo bebidas alcoólicas (salvo em festas de fim de ano e mesmo assim somente um copo), vivo tomando água ou sucos naturais durante o dia, não como frituras, não uso açucar nos meus doces e toda semana escovo a língua ao escovar os dentes. Será que minhas papilas gustativas estão tão modificadas assim? Creio que somos da mesma geração, eu era criança nos anos 70 e pelas coisas que você nos conta, você também deve ter sido criança nessa época.

    E o hamburguer de carne do McDonalds? não posso comer senão passo mal do estômago mas se faço hamburguer em casa (sempre assado no forno, nunca frito), tudo bem!! não passo mal e até repito se quiser.

    Realmente, os sabores mudaram, o ar que respiramos hoje tem outro aroma, lembro que via mais estrelas nocéu quando criança,tentava contar mas me perdia. Hoje, posso contgar com tranquilidade, são pingos de luz aqui e acolá no céu noturno. É uma pena, não?

    Mas quando viajamos para o interior o céu é abarrotado de estrelas, fico encantada e adoro vê-las piscando no céu.

    Nossa!! qauanta volta eu dei, não? termino por aqui!!

    Beijosssss e guarde meu pedaço tá? esse eu provaria mesmo sabendo que tem açucar!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nem tinha pensado em falar, mas você está certa: o iogurte não tem mais o mesmo gosto, o leite tem mesmo gosto de água oxigenada... Acho que ambos são temperados com ganância: diluem, acrescentam porcarias, detonam nosso estômago - de um tempo prá cá vivo com azia...

      Faz o docinho e distribui prás amigas no trabalho, pros parentes agora no Carnaval - e come só um, que unzinho só não engorda...

      Beijos, Fatinha querida!

      Excluir
  4. ai senti ate o gosto rsrsrsrs , quanto aos produtos realmente mudaram não tenho muita idade mas casei cedo, e como uma dona de casa que faço de tudo também percebi isso, parei de comprar o arroz camil porque começou a vir com esses bichinhos. eu liguei no SAC e eles me mandaram outro arroz, tambem me aconteceu com a carne da friboi que compro a anos, tirei foto da carne que veio cheia de sebo, mandei a foto por e-mail pra eles guardei a etiqueta com o valor pago pela carne ( que eles nem quiseram) so pediram o lote pra identificação,pois foi realmente constatado que havia um problema no lote e me mandaram uma carne muito melhor da que eu havia comprado. ah e eu adoro coco vou fazer com certeza bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei ver - você é bem atuante, como eu. Sabe, um tempo atrás eu achei abelhas dentro do açúcar mascavo e liguei prá fábrica reclamando. Achei um pedaço de plástico dentro da peça de mussarela e eles vieram até minha casa entregar uma peça nova. Se a gente não reclama eles pintam e bordam com a saúde da gente, não é mesmo?

      Beijos, Elisabete querida!

      Excluir
  5. Gente, eu fazendo a dieta da proteína e dou de cara com isto!! maldade. Estou numa carência de açúcar tão intensa que até sagu de vinho me lembro que era gostoso.Concordo que muitas coisas mudaram pra pior, lembra do Lolo? voltou, com vaquinha e tudo, mas não é mais a mesma coisa. E os produtos vencidos do mercado não é exclusividade do teu. No Pão de Açúcar Center Um de Fortaleza é a mesma coisa, já aconteceu comigo mais de uma vez, com macarrão importado. Tipo 10 hrs da noite vai fazer aquele macarrãozinho para matar a fome e a gula, espera a agua ferver (demora uma eternidade), daí despeja o macarrão e pronto, cheio de carrunchos esperneando, boiando na agua. Nem pra reclamar dá. A vontade é pegar a panela e ir lá despejar na porta. Bj
    Joana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nunca deixo barato. Mesmo se já joguei o macarrão na panela, eu escorro, coloco num saquinho novo junto com a embalagem e os carunchos e vou no mercado devolver, mesmo que no dia seguinte. Se a gente não faz isso eles não checam e continuam vendendo coisa estragada...

      Por via das dúvidas, peguei o costume de abrir o pacote de macarrão antes numa bacia: assim, se tem caruncho, eu nem desperdiço a água quente com ele e fica mais fácil devolver ele seco.

      Beijos, Joana querida!

      Excluir
  6. Rosa querida, há de chegar o dia em que a internet terá cheiro, gosto e sensação....hahaha. Enquanto esse dia náo chega, fico aqui babando por esse doce lindo e apetitoso. Muito obrigada pelo meu pedacinho virtual.
    Muitos beijos e muito carinho a vc pelas historias lindas cheias de muita vida.
    Cris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Cris querida. Fico muito feliz que você goste.

      Beijos e continue me dando o prazer de aparecer por aqui.

      Excluir
  7. Rosa, querida, esse é um docinho bem tropical, com todo esse côco! Deve ser delicioso, mesmo.
    Estou numa fase de contenão que a balança já me avisou, ainda assim apareceria de boa vontade aí por casa, só para provar.
    Eu também tenho uma forte memória gustativa e lembro que, em criança, pensava: Quando crescer comerei todos os chocolates que me apetecer. Pena que a vontade tenha passado.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, que pena que não passou minha vontade por nada - chocolate, então, é uma tentação constante...

      Beijos, Nina querida!

      Excluir
  8. Ai, que delícia, Rosa!!!
    Vc está coberta de razão: o Prestígio industrializado já não é mais o mesmo... Me lembro que o antigo tinha pedaços de coco que dava para sentir na boca. Agora, é uma pasta com gosto de uma mistura estranha. Sabe Deus o que tem lá dentro...rsrs
    Adorei a receita, bem simples de fazer, Obrigada por compartilhar!
    Beijos,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já comi um que tinha gosto de sabão, eles perderam o dom de fazer esse doce, agora é uma porcaria.

      Faz o meu que você vai adorar.

      Beijos, Vanessa querida!

      Excluir
  9. Rosinha, chocolate é comigo mesmo, se você morasse ao virar da
    esquina, hoje ia fazer-lhe uma visita...beijos doces

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E você ia ser muito bem recebida, que na minha casa não falta chocolatinho...

      Beijos, Mira querida!

      Excluir
  10. Rosa...não conhecia mas...é um prestígio poder aprender a fazer algo tão deliciosos...pois já estou imaginando o sabor do coco ralado e do chocolate!!! Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que aí em Portugal também vende coco ralado seco, não vende? Então faz o doce, Maria da Graça, que você vai adorar.

      Beijos, minha querida!

      Excluir
  11. Ai Rosa, imagino que temos a mesma idade, embora você insiste em dizer "velha". Então deve lembrar que na nossa infância tinha uma propaganda do Prestígio, que tinha como slogan: "É gostoso gostar do Prestígio", um casal de namorados lindos. Eu nem queria ser parecida com a moça e nem ser namorada do rapaz, só queria mesmo provar esse tal Prestígio. Hoje acho tão doce, doce... Mas esse seu deve ser divino...
    Delícia. Qualquer hora faço um desses.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu lembro dessa propaganda! Somos da mesma geração sim, Helena querida - mas é como dizem: a idade está na cabeça da gente (e na minha cabeça eu me sinto muito velha, a maior parte do tempo...).

      Faz o docinho agora pro Carnaval, prá alegrar as filhinhas...

      Beijos!

      Excluir
  12. Boa tarde minha querida !
    Estou APAIXONADA pelo conteúdo deste cantinho !
    É um imenso prazer ser sua mais nova seguidora .
    Quanto aos chocolates ??? Sou completamente fã deles rsrsrs...
    Forte abraço !

    Sonia Faria

    ResponderExcluir
  13. Rosa, minha amiga, como você é malvada! Coloca estas coisas horrorosas na nossa frente sem termos chance de abocanhar? Malvada, malvada, malvada! A minha boca encheu-se de água imaginando o sabor do coco com o chocolate. Sabe, você tem razão quanto ao chocolate Prestígio. Há mais ou menos quarenta anos, quando foi lançado era mais saboroso, mais úmido e maior. Lembro-me bem de ir ao cinema com o meu marido, na época namorado, e ele sempre comprava Prestígio, porque era o seu preferido. Até o final de sua vida ele gostava deste chocolate. Outro dia, depois de muito tempo comprei uma caixinha de Prestígio (vou na loja que vende doces por atacado) e fiquei surpresa com o tamanho do chocolate, era metade do original e sem aquele sabor gostoso. É decepcionante morder o chocolate esperando aquele sabor antigo e sentir gosto de quase nada... Vou guardar sua receita e fazer para matar as "bichas". Obrigada sempre por seu carinho. Beijos.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...