Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Pouco dinheiro e muita coisa

Prá quem frequenta o blog não deve ser novidade que eu faço coisas incríveis com um tiquinho de grana. Mas, desta vez, até vocês vão ficar espantadas, com certeza.

Sabe o que é isso?

São retalhos por quilo. Sobre minha mesa encontram-se exatos 20 reais que gastei numa loja que vende todo tipo de malha - moletom, moletinho, jersey, cotton lycra, etc, etc. Eles vendem a preço bom (não tanto quanto lá na José Paulino, mas...), por quilo e ainda tem costureiras de plantão prá costurar a peça. Fazem uniformes de lojas, de escolas, o tempo todo as máquinas tão barulhentas na loja, a todo vapor. Mas em dias de pouco movimento você compra, sai prá comer um lanche, pagar umas contas e, na volta, pega a peça pronta!

Quando eu trabalhava tinha essa colega, Rose, que sempre vinha com uns regatões de moletom bem pesado, básicos mesmo, que ela usava com cinto grosso, meia calça, bota e uma cacharrel por baixo, no inverno. Ficava linda e quentinha e tinha de várias cores. Ela me dizia que comprava nessa loja e as costureiras faziam prá ela (e ficava tudo por 10 reais - naquele tempo... Mas já era real a moeda...). 

Bom, já comprei muito pano lá. Uma vez achei um moletom com lycra xadrez muito lindo, super barato. Comprei um pedaço prá fazer uma jaqueta pro moleque e, com as sobras da lateral, como era largo, fiz uma também prá Lolinha...

A loja se chama Ronã Malhas, tem site e a que eu vou fica em Guarulhos.

Ah, mas os panos da mesa são apenas lixo - prá eles... 

Preciosidades - prá mim. 

Debaixo de uma escada que tem na loja eles colocam sacos enormes de retalhos para os quais eles não tem utilidade - sobras de confecções feitas por eles, restos de peças, pedaços com defeitos. Fui lá uma vez e vi uma senhora japonesa debruçada nos sacos, peneirando. Puxei conversa e ela me contou uma porção de coisas: que fazia xuxinhas de cabelo e tapetes com os retalhinhos, os quais vendia no bazar perto de casa e na feirinha da liberdade; que antes de se ocupar fazendo isso sofria de depressão e até tomava remédio, mas que - desde que começara - se sentia animada a vir ali garimpar os retalhos. Acabei ajudando ela a peneirar, deixando-a ficar com os mais bonitos e levei alguns prá mim (e acabei voltando...).

Esse bolo de panos tem de tudo: o vermelho rendeu um vestido prá mim (regatão), o azul mais claro uma calça de agasalho pro meu moleque, fiz duas blusas prás meninas, três roupinhas de cachorro, meia dúzia de cuecas e ainda não gastei tudo!

Tinha duas mangas de moletom flanelado junto com os retalhos (uma azul marinho e outra preta); eu bem podia fazer um blusão verde ou vermelho e aplicar nele as mangas - mas minhas cachorrinhas mereciam uma roupinha nova. Aqui estão elas:

Bulma, a vira-lata preta mais inteligente do universo (e também a mais desengonçada: corre parecendo uma girafa, com as pernas compridas - é tão rápida que, se bobear, você pensa que ela tá lá longe e, quando vai ver, ela te derruba...).

Leidinha Bilisquinha - assim chamada porque sempre quer um "bilisquinho" do que quer que você esteja comendo. Tá velhinha, vai operar os olhos, é doce e delicada como uma princesa de sangue real:

E esta é meu "cão chupando manga", minha preciosa, minha doce Pequena, mordo ela todo dia (literalmente...) - ela não morde ninguém, também é uma doçura. 

A roupa eu fiz assim:
Adequei o molde ao tamanho da Pequena... Reparou que o tal retalho era prá ser o bolso de algum blusão? Acho que a costureira cortou errado e jogaram fora por causa disso:... Sorte minha...

Aí está a roupinha cortada, um retalho de malha branca prá fazer o pescoço e uma tirinha prá ser viés de acabamento

Costura no ombro...

Costura na barriguinha...

Tá quase pronta...


Depois da aplicação da gola e do viés...


Viu que na roupa da Pequena eu inventei umas manguinhas? É só uma tira, pregada ao redor do buraco da manga e depois costurada do lado. E toca viés em tudo!

Tirei deste site AQUI.

Dica: faz o molde em jornal, recorta, posiciona sobre o seu bichinho. Daí você vê onde tem que aumentar, diminuir e faz um molde novo, mais sobre medida pro seu cãozinho...

Agora, pensa comigo: qualquer uma dessas roupinhas, se eu fosse comprar numa Pet Shop, eu pagaria pelo menos 20 reais. Qualquer uma delas já pagou todos os retalhos... A roupinha da Pinsher não custou nem 50 centavos, as outras duas saíram menos de R$1,50 - pesei cada uma delas na balancinha da cozinha. 

É como eu sempre digo: é bom ter dinheiro, mas a gente não precisa de tanto assim prá ser feliz, prá se virar, fazer o que tem que fazer. Basta ser inteligente e ter boa vontade, não é mesmo?

E continua visitando o blog, que eu ainda tenho muita coisa prá mostrar...

28 comentários:

  1. Que lindos Rosa. Como sempre, vc se vira nos trinta e cria coisas maravilhosas. Parabéns pelo bom gosto e criatividade! Muito sucesso par vc. bjs, Patricia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Patrícia querida, acho que é porque eu amo economizar... Beijos!

      Excluir
  2. Rosa, você é incrível, única, quando te fizeram jogaram o molde fora....
    Adorei as dicas, vou fazer umas roupinhas para minha Brisa (a segunda vira-lata mais inteligente do mundo...rsrsrs).
    Ótima semana
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que nome lindo, "Brisa"! Ela deve ser uma felicidade na sua vida mesmo, Doutora... Faz a roupinha sim, que ela vai gostar, a maioria deles, de conviver conosco, se sente um pouco gente também e adora roupinhas... Beijos!

      Excluir
  3. não disse que eu só iria babar com seus trabalhos rsrsr fiz uma roupa pra minha cachorra na maquina de trico, sabe o que ela fez? mordeu a gola( como tudo e que ela acha pelo quintal ou puxa do varal kkkkk)as roupinhas ficaram lindas o custo então nem se fala, sempre venho aqui pra me inspirar afinal a senhora faz cada coisa linda, bjs boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que eu sirvo de inspiração prá você, Elisabete querida! Adoro quando ouço isso... Quero ver você começar a postar tuas criações no teu blog - as roupinhas devem ter ficado maravilhosas!

      Beijos e obrigada!

      Excluir
    2. eu gosto muito de trabalhar com barbante, estou fazendo uma cortina pra minha cozinha com linha anne ( já faz 3 meses agora com as férias então, vai demorar mais ainda rsrsr) quando ficar pronta vou postar, não sei direito como postar mas vou ver se aprendo daí posto, bjs.

      Excluir
  4. Ai Roooosa, que fofas suas meninas!!! Também tenho uma preta igualzinha a sua, só que tá bem velhinha, cheia de pelos brancos... são todas lindas!! Também sou eu que faço as roupinhas para os meus quatro bebês, mas não ficaram assim tão caprichadas, com viés nas bordas e tals. Faço-as como você, esse é o melhor modelo, o que veste melhor. E estou louca prá ver o que será feito dos outros retalhos!!
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tô fazendo uma blusa preta prá mim, já tô no acabamento. Tá ficando ótima... Logo eu mostro, tá bom? Beijos!

      Excluir
  5. Rosinha, como é que eu poderia deixar de te visitar? Como? Adoro o teu jeito, o teu estilo, o teu modo de enfrentar a vida.
    Uma graça esses cachorrinhos chiques e elegantes.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Nina querida, você é sempre tão carinhosa! Aproveite bem o teu tão sonhado verão...
      Beijos!

      Excluir
  6. Então Rosa, esqueci de te perguntar sobre onde comprar moleton. Até já anotei o nome e o endereço desta loja que você falou e quero muito conhecer. Até tem uma no Brás, que é onde eu compro as malhas leves, mas moleton e moletinho tem pouca coisa nas outras lojas de lá. Será que no bom Retiro, lá pela rua da Graça é melhor??? beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora você falou minha língua: Bom Retiro. Na rua da Graça, na José Paulino e em todas as travessas tá cheio de lojas de moletom e moletinho, por metro, por quilo... E não esquece de perguntar se tem saldos, eles também tem cortes ótimos a preços baratinhos - ótimos prá fazer roupinhas de cachorro. Beijos!

      Excluir
  7. Nossa Rosa!!....Amei as roupinhas das suas lindas (são uns amores) e, que maravilha poder fazer tudo isso com pouco dinheiro. Aqui na minha cidade é tudo muito caro, a gente precisa ir pra São Paulo para poder fazer compras mais baratas. Mas como pra chegar a S.P. levamos 2 horas, nem sempre é acessível. É uma pena! Adorei tudo!..linda postagem!

    Beijos, Débora Oliveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Débora querida. Realmente morar em São Paulo tem essa vantagem, tem muito mais opções de compras baratas. Mas mesmo se você comprar um pouco mais caro ainda vai ser melhor fazer do que comprar pronto, não é mesmo? Beijos e obrigada.

      Excluir
  8. Inteligência e boa vontade vc esbanja, então que a felicidade a acompanhe sempre! Amei as roupinhas, inacreditável que tenham saído tão baratinhas no custo do tecido, porque a tua mão-de-obra comadre, vale ouro!
    bjo bem grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Elisana querida, com você dizendo isso eu me sinto uma expert. Beijos, comadre!

      Excluir
  9. Rosa você disse tudo! Ter dinheiro e saber usar! Tudo tem um custo e esse custo bem usado, rende!Parabéns você é uma verdadeira Economista Doméstica! Sorte do Marildo né?bjs e bom dia!
    Nina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Nina querida! Acho que essa é uma qualidade que eu realmente tenho - e que aprendi direitinho com a vida: saber me virar. Beijos!

      Excluir
  10. Te admiro muito, pelos teus trabalhos pela colega internauta que és . obrigada por compartilhares. Mil beijos e mil abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Rose Mary querida, seu carinho me deixa muito feliz, você nem imagina quanto. Mil beijos e abraços prá você também.

      Excluir
  11. Que fofos os seus cachorros. O olhar deles é encantador pois parecem anjos nos olhando. Até parece que eles estavam desfilando e posando para fotos (hehehe.

    Rosa, toda vez que vejo o olhar de um cão ao dono recordo de uma frase que ouvi, guardei e não tenho dúvidas que seja verdadeira:

    "- Se você quer saber como é o amor de Deus por nós, sinta o olhar do seu cachorro quando olha para você"

    Quando esses seres sem maldade alguma olham para o dono, vemos amor profundo e sem condição nenhuma p/nos amar e nos aceitar. Não consigo explicar em palavras pois é muito mais sentir a vibração que eles emitem ao nos olhar.

    Achei linda a padronagem da malha florida em rosas.

    Bom fds. Bjs
    Fatinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, só agora vi teu comentário, Fatinha!!! Que lindo, especialmente a frase...

      Concordo com você: o amor deles é especial, presente de Deus. Quem não ama os animais tem sérios problemas...

      Beijos.

      Excluir
  12. olá, tudo bem? parabéns pelo seu lindo e útil blog. será que vc tem algum moldes pra me arranjar? eu tenho uns retalhos e gostaria de utilizar para fazer umas roupas para meus cães. grato josé

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Hoje fi uma postagem com um montão de roupinhas de cachorro. Espero que alguma delas sirva. Um abraço.

      Excluir
  13. oi rosa preciso encontrar retalhos no rio de janeiro alguem pode me ajudar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada por me visitar e comentar, Gustavo. Olha, não conheço o Rio de Janeiro, nunca visitei. Mas dando uma pesquisada vi um lugar chamado "Polo Textil" que tem bons comentários no Google (Endereço: R. Aristídes Lôbo, 80 - Rio Comprido, Rio de Janeiro - RJ, 20250-450
      Telefone:(21) 2273-0409. Tem bons comentários também a Casa Pinto (Endereço: R. Buenos Aires, 172 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, 20070-022
      Telefone:(21) 2232-3228). Se aí no Rio for como é aqui, pegue um dia prá xeretar as lojas, vá em todas verificando preços e qualidades, perguntando se eles tem sobras de peças ou peças com defeito. Geralmente essas saem mais baratas e se salva muita coisa boa. Espero ter ajudado. Um abraço.

      Excluir
  14. vc é um exemplo de guerreira parabens

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...