Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

quinta-feira, 27 de junho de 2013

50 centavos

Não dá prá nada, certo? Bom, no máximo, em alguns lugares, você compra umas balinhas, um chiclete - em lojas de 1,99 pode ser que você compre um chocolatinho. 

Ah, mas se você der uma passada na minha Penha adorada, tanto na rua Padre João quanto na Av. Penha de França, vai encontrar lojas do tipo "Explosão dos Salgados" onde dá prá comer uma mini empadinha ou um mini-risole com essa grana toda...

Eu - com 50 centavos - fiz esta blusa: 




Não acredita? A 5 reais o quilo do retalho de malha (bem em cima da minha mesa, nesta postagem AQUI), mexe daqui, remexe de lá, peguei um pedação de cotton lycra preto (descartado face algum erro da costureira da malharia - tem até um overlock branco no canto do pano) mais um pedacinho do mesmo tecido estampado e TCHARÁM! 100 gramas de trapinhos igual a uma blusinha linda e super feminina.

Tirei o molde assim:

Achei essa blusinha linda na internet (no catálogo virtual da loja Posthaus, se não me engano) e tava louca prá fazer algo assim prás meninas... O retalhinho de cotton lycra tinha que ser bem aproveitado - era tão bonitinho...

Não tem molde? Se vira com jornal, Rosa! Pega uma camiseta, uma caneta, alisa ela bem alisadinha em cima do jornal e copia o contorno...

Agora é importante: Como a blusa tá virada prá cima, as costas a gente não vê o contorno da cava, certo? Então vai, de pouquinho, puxando a manga prá ver onde fica a costura das costas e então copia o contorno, com 1/2 cm prá costura...

Dá prá ver o contorno que ficou o molde das costas da blusa? Aqui eu já apoiei sobre outro jornal, prá poder copiar o mesmo contorno e fazer a parte da frente

Agora: no molde da frente a diferença está em dois lugares: primeiro na cava - a cava da frente é mais pronunciada, prá dar mais liberdade de movimento pros braços. Repara como é na blusa e dá uma cavada parecida (não precisa ficar igual nem perfeito - não é orelha de santo, como dizia minha sogra...)

Outra diferença é o decote. No caso dessa blusa, o decote é uma diferença gritante: na cor preta o decote é lá embaixo, prá poder encaixar o peitilho de cor diferente. Fiz no olhômetro mesmo...

Daí, quando a gente recorta o decote, a parte do meio vira molde pro tal peitilho...

Agora é recortar no pano: tá vendo que o tecido até tinha uma costura prá atrapalhar o progresso da ciência? Fazer o quê, corta bem rente e aproveita o que dá...

E chega a hora de recortar a frente e seu decote diferente. Recortei, experimentei na Naninha (na  Lola não, porque ela é muito bem servida em matéria de peito, não ia dar certo usar ela como modelo nesse tipo de blusa...) e decidi cavar um pouco mais...

Viu o que eu falei? Cortei de um lado, dobrei prá cortar simétrico do outro...

Agora então o molde do peitilho ficou perdido - pequeno demais... 
 
Tudo bem: apóia a parte da frente num jornal e faz um molde novo

Tá vendo a diferença entre o molde antigo e o novo?

Dobra o tecido ao meio (a dobra tá na parte reta...) e corta

Passei um elástico fininho no meio, dividindo o peito em dois (não gosto de lastex...)

Dobra de novo o peitilho no meio e aprecia o drapeado...

Agora tem que franzir um pouco em todo o contorno do peitilho

Máquina no ponto reto (A) e no comprimento maior do ponto (4)

Costura duas linhas paralelas nesse ponto de franzir (clica na foto prá ver mais de perto...)

Franze com cuidado, puxando o fio e distribuindo o franzido de forma harmoniosa - somente nos lados, embaixo não precisa...

Encaixa no peitilho na frente da blusa, alinhava...

Costura com o ponto elástico - este aqui:

Este é o ponto elástico da minha Janome 2008 - uma tremenda invenção, mesmo sem overloque você se vira bem demais com ele...
Repararam que neste PAP eu não mostrei como faz manga? É só você visitar esta postagem minha AQUI que lá tá explicado como.

Depois é só alinhavar prá dentro um centímetro do decote, da manga, da barra e costurar. Eu fiz com o mesmo ponto elástico que usei prá costurar toda a blusa, mas a Elisana, do maravilhoso blog Costura Quase Reta tem umas dicas incríveis - fruto de sua própria experiência - que são de grande ajuda na hora de costurar malha. Checa neste post AQUI. Ela compra uma camiseta grande num brechó e transforma num vestido lindo prá ela, ou em uma camiseta e uma calça prá filha, ou duas camisetas pro moleque - é pura magia, acreditem!

Aliás, vocês que gostam de ler minhas histórias, NÃO podem perder as dela: Crônicas do Nó Cego - ela é incrível,  articulada, divertida e muito sábia... Se ela já não fosse casada, eu casava meu filho com ela (him hi, hi...).

Bom, espero que vocês tenham conseguido entender o método "Chutativo" de se fazer costura - testado e aprovado por uma expert em chutes na costura (Ieu!) e uma porção de outras. E aproveitem aquele lençolzinho de malha meio velho e cansaaaado e façam com ele também suas próprias experiências científicas - é assim que a gente perde o medo e se aprimora, mesmo sem nunca ter estudado corte e costura...

14 comentários:

  1. Rosinha, até parece fácil, conseguir uma coisa assim linda! A explicação é, apenas, PERFEITA!
    Sou seguidora e admiradora e aprovadora da Elisana.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É fácil sim, minha querida, especialmente prá alguém com teu talento.

      Beijos e obrigada!

      Excluir
  2. Rosa, hoje você se superou! Como assim, uma blusa por 0,50 centavinhos? Só você! E o modelito é lindo, o PAP e as explicações perfeitos, coisa de gente criativa e generosa! Agora é que eu não vejo mesmo a hora de conhecer essa loja dos retalhos!
    E assistir desenhos na hora do croche me parece uma boa ideia, não exige muita atenção, como noticiário ou filmes, né.
    beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom que você gostou, Luci querida! Aposto que você, que já costura, tira de letra e faz melhor... Beijos e obrigada!

      Excluir
  3. Rosa, a blusa ficou linda e o preço então nem se fale. Você fez milagre. Parabéns!!!

    Beijos, Débora Oliveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Débora querida, muito gentil como sempre. Beijos!

      Excluir
  4. Olá Rosa, sou a Idália. Já te sigo há algum tempo. Também eu, gosto de artesanato, costura, tricot, croché, pintura, e tudo o que a imaginação mandar.Devo dizer que acho fantástica a tua criatividade. Mais fantástica ainda é a tua generosidade ao ensinar o que fazes. Parabéns, a blusa ficou linda! Se quiseres fazer-me uma visita, podes encontrar-me aqui:
    http://miminhosdaidália.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Idália querida, já fui lá conhecer o teu cantinho, cheio de coisas lindas. Obrigada por me convidar. Beijos e um lindo final de semana!

      Excluir
  5. Ficou ótima a blusa, o detalhe do peitinho ficou charmoso e parece até mentira fazer uma blusa com apenas 0,50 centavos mas sei que é possível sim se garimparmos por aí.

    Rosa, passo tantas vezes defronte a essa loja mas é sempre de carro e nunca parei para entrar nela e ver o que tem. Não sabia que vendiam malhas por quilo. Moro próxima a essa loja e qualquer dia desses vou dar um pulinho lá pois além de próxima a minha casa, fica bem pertinho da feira livre (5ª feira) que costumo frequentar.

    Obrigada pela dica.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que incrível que você mora lá perto! Eu adoro essa loja, vai lá dar uma espiada nos retalhos, tem dia que é uma maravilha - de tanta coisa boa que tem. E eu já comi muito pastel de palmito nessa feira, eu me tratava na dermatologista da Clínica Ballini - mundo pequeno...

      Beijos!

      Excluir
    2. Com certeza, Rosa, após ler seu post vou lá conhecer a loja.

      Ainda tenho receio em relação a malhas pois não tenho overloque e queria saber de você, se possível, se há algum cuidado especial em relação a modelagem, corte e costura desse tipo de tecido.
      Tenho impressão que o tecido foge a marcações, a tesouras e que por ser elástico, a modelagem fica diferente. Ou será que estou fazendo "tempestade em copo d'agua"?

      A clínica que vc vai, eu não conheço mas o pastel de palmito (ou de pizza) da feira de 5ª, mamma mia, conheço bem!!

      Bjs
      Fatinha

      Excluir
    3. Compra lá uns retalhinhos de malha prá fazer as tuas experiências: ponto elástico, agulha ponta de bola, uma superfície plana (de preferência com um isopor por baixo prá prender a malha no lugar, espetada com alfinetes) e você vai se dar bem, tenho certeza. E agora deu fome - vontade do pastel... Beijos e um lindo domingo!

      Excluir
  6. Que honra a minha, que sou eu prá passar no seu crivo! :D tava vendo seus dedos segurando a camisa prá tirar o molde, e sabes que seguro da mesma forma? igualzinho.
    Inacreditável o que vc faz com R$0.50 + um monte de boa vontade. Eu tô na sua escola, e sento na primeira carteira.
    bjo bem grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que estamos ambas na mesma escola, Elisana querida, ensinando e aprendendo a cada dia. Eu também fico encantada com as tuas artes...

      Beijão, comadre!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...