Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

quinta-feira, 21 de março de 2013

Palavras ao vento

É como chover no molhado, às vezes, lutar por aquilo em que se acredita. 

Fica até chato ser assim, tão repetitiva, insistir em ficar balançando a mesma bandeira, reiterar o argumento. 

Mas - vejam bem... - não tenho mais saúde para passeatas e, às vezes, cai em mim todo o peso do tempo... 

Então  restam somente palavras - as que preciso falar, para sentir que ainda luto contra absurdos que li ou ouvi. O último de meus motivos de revolta foi - pra variar - mais uma "pérola" cuspida pelo deputado federal Marco Feliciano, nosso (in)dignissimo Presidente da Comissão dos Direitos Humanos...



"Quando você estimula uma mulher a ter os mesmos direitos do homem, ela querendo trabalhar, a sua parcela como mãe começa a ficar anulada, e, para que ela não seja mãe, só há uma maneira que se conhece: ou ela não se casa, ou mantém um casamento, um relacionamento com uma pessoa do mesmo sexo, e que vão gozar dos prazeres de uma união e não vão ter filhos. Eu vejo de uma maneira sutil atingir a família; quando você estimula as pessoas a liberarem os seus instintos e conviverem com pessoas do mesmo sexo, você destrói a família, cria-se uma sociedade onde só tem homossexuais, você vê que essa sociedade tende a desaparecer porque ela não gera filhos".  Esse trecho faz parte de uma entrevista dada pelo dito deputado em 2012, para a feitura de um livro... 

Depois de tantos absurdos ditos por esse homem, parei pra pensar: numa população de quase 200 milhões de pessoas, onde mais da metade são mulheres, onde estatisticamente 51% são estatisticamente negros, por quê a dificuldade de se atingir as 500 mil assinaturas pra pedir sua destituição? 

"Os negros são amaldiçoados  - ele disse, e muita gente pode até pensar "É um absurdo o que esse cara diz" e "Ninguém vai dar ouvidos a ele",  ou até mesmo "E eu com isso? Não sou negro mesmo!"... 

"Não coloco negros e homossexuais no mesmo saco. Ser homossexual é uma questão de escolha. Ser negro, uma questão de azar". Eu não conseguiria ser homossexual nem por um dia, se eu quisesse. Não acredito, sinceramente,  que seja uma questão de escolha, mas acredito sim no direito de se ser como se é, de escolher suas amizades e seus relacionamentos, desde que de comum acordo entre dois adultos responsáveis e desde que não se fira nem se violente a vontade, o livre arbítrio de outrem. O que cada um faz de sua vida é de sua conta. Deus é maior, ama mais, aceita mais, perdoa mais - acredito firmemente nisso. 

"Que me importa!", alguém pode dizer, "Não sou homossexual e também não vou com a cara deles".  Direito seu. Mas eles também estão no direito deles... 

E se a gente for se calar quando o direito de alguém for atacado, quem garante que o próximo direito atacado não será o nosso? 

"O que ele diz são palavras ao vento" - alguém pode dizer, mas tem sementes nessas palavras - vamos deixar que germinem, prá ver no que é que dá?

"Ele é como um cachorro latindo do outro lado do portão, não me atinge": mas o portão pode abrir a qualquer momento - e tem gente escutando o discurso preconceituoso dele... Discurso como o de um "skin head" com cabelo, palavras de um neonazista disfarçado... Basta prestar atenção no que ele diz e perceber o que está sendo pregado - e sabemos como são perigosas tais ideologias. 

Ele ofende os negros - e não fazemos nada

Ofende os homossexuais, e não fazemos nada

Diz que as mulheres são "coisas", propriedades, que não devem trabalhar fora. Diz que, por termos direitos iguais, acabaremos por não querer mais ter filhos. 

"Peraí!!!" - digo eu!!! Que eu me lembre não somos meras reprodutoras, "vacas no pasto" destinadas a produzir filhos para os homens! Daqui a pouco vai dizer que não devemos aprender mais a ler nem escrever, senão vamos escrever bilhetes prá alguém, ler o letreiro do ônibus e ir a lugares sem a autorização de nossos donos!  Tirar carta de motorista? Nãããão! Direito à voto prá quê? Vão colocar também senhas em nossos computadores domésticos, prá gente não poder acessar nada sem que eles nos permitam e nós vamos continuar sem fazer nada? Não achem que eu estou exagerando, não! Tudo pode mudar de uma hora prá outra, basta a gente não se mexer. Fechar os olhos não faz o bicho papão ir embora, não faz a injustiça desaparecer. 


Hitler começou fazendo seus discursos em uma cervejaria - e logo uma nação inteira o idolatrava e seguia sua cartilha. E olha que era uma nação de gente muito mais instruída que a nossa, um país mais antigo, com muito mais história... 

Não se enganem: pior que o lobo em pele de ovelha é o lobo em pele de pastor: quando a gente menos esperar, a turma dele (pois acreditem: ele não está só em suas ideologias...) vai criar também um cadastro religioso, separando católicos, muçulmanos, judeus, espíritas, vai separar cada uma das igrejas evangélicas... Não demora veremos bairros de só para negros? Os homossexuais vão ter que usar uma braçadeira com uma estrela rosa no ombro? 

E nós, mulheres e mães nos tornaremos incapazes para os atos da vida civil sem a tutela de um homem... 

Não sei quanto a vocês, mas eu sou inteligente demais, talentosa demais, filha de Deus demais pra abaixar a cabeça e andar dois passos atrás de qualquer homem que seja. Sou dona de casa, sim, por opção de amor aos filhos, mas parei de trabalhar fora porque quis, ninguém me forçou a isso - e nem poderia. Enquanto trabalhei fora fui uma excelente mãe e acredito que todas nós conseguimos dar conta daquilo que nos propomos fazer - porque Deus nos fez assim, fortes. 

Eu me nego a ser passageira de segunda classe na viagem da vida. 

E você? 

Então, assine já a petição  divulgue nas suas redes sociais, no seu blog, converse sobre isso no trabalho, na cabeleireira... Faça barulho, faça a diferença e ajude a empurrar esse entulho barranco abaixo, construindo um Brasil que a gente tenha mesmo orgulho de chamar de "pátria amada".


foto tirada DAQUI

8 comentários:

  1. Amor, não lhe dês mais tempo de antena!
    É deitar pérolas a porcos.
    Desprezo total!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não posso! Sinto que, se eu não fizer minha parte e esse monstro continuar por aí, sou tão culpada quanto ele, sou conivente! Mas eu não sou, graças a Deus, uma andorinha voando sozinha... Beijos.

      Excluir
  2. Rosa, esse indivíduo quer popularidade soltando esses absurdos. Se a imprensa e o povo o ignorar ele se cala. Ele quer estar na mídia todos os dias, mesmo falando asneiras. Ignore.
    Beijos


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não creio que ele vá se calar, pois vem dizendo essas mesmas coisas há muito tempo, inclusive se elegeu nessa plataforma ideológica. Veio parar na mídia face o absurdo de, alguém que prega tudo isso, ter sido escolhido para presidir a Comissão de Direitos Humanos - e, se a gente não se mexer, vamos ter que engolí-lo com farofa. Mas obrigada por se preocupar, Helena querida. Beijos.

      Excluir
  3. Obrigada pelo seu carinho no meu blog, Rosa.
    Gosto muito dos seus textos, da sua vontade de lutar pelos seus ideais e valores e por um mundo melhor, sem preconceitos nem discriminações, pois no fundo somos todos filhos de Deus e todos merecemos ter as mesmas oportunidades.
    Você me parece ser uma pessoa maravilhosa! Concordo com tudo o que escreveu neste post. Se toda a gente pensasse como você, não haveria discriminação nem injustiças neste mundo. Mas infelizmente, como não somos todos iguais, há sempre umas ovelhas tresmalhadas em qualquer rebanho… Vamos acreditar que há muitas mais pessoas boas e inteligentes, que não se deixam levar pelas más influências.

    Mas respondendo ao comentário que deixou no meu blog, quando puder vou experimentar o bolinho de cenoura com a calda de chocolate, pois deve ficar ainda mais saboroso e guloso :) Obrigada pela sugestão.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu é que agradeço, Marta querida, por tanta bondade. Beijos.

      Excluir
  4. Rosa, tenho pavor das sementes jogadas por este louco.
    Li teu texto, muito bom.

    Infelizmente ele conseguiu arrebanhar mais um tanto de pobres coitados, ignorantes e presas fáceis.

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas é sempre assim: não importa a porcaria que alguém tem prá vender, sempre aparece quem compra... Beijos, querida Lia, e obrigada.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...