Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Sagu de café!!!!


Meu precioso.... quando o vi pela primeira vez, fiquei assim:

Depois que provei a primeira colherada, fiquei assim:

Retrato fiel... Principalmente os olhos...

Bom, primeiro que tudo: começo de dezembro foi meu aniversário (sempre é um chute na cara: por mais que eu saiba que a gente envelhece todo dia - às vezes da noite pro dia...- nesse dia parece que as areias da minha ampulheta despencam de avalanche, todas de uma vez... Meléca...)  e, apesar de eu achar que no calendário este mês deveria mudar de nome prá "rosembro", com 31 dias de festividades prá compensar seus malefícios, com comidas grátis, distribuição de prêmios, show de fogos e malabaristas, apresentação de bandas cover do Queen e dos Bee Gees -  e emendando (por que não?) no próximo mês que mudaria de nome prá "roseiro" - tudo isso só acontece na minha imaginação... Tudo o que eu consigo é escolher onde vou ser levada prá comer e um gastinho liberado sem queixas no cartão - ah, e mais importante: os mimos dos filhinhos, amores da minha vida.

Imagina se eu vou querer ir num restaurante chique, comer um naquinho de comida com um arabesco de molho e pagar uma fortuna?! Não... Faço mais o tipo "enche barriga do Tio Moe", na sua versão Penha: Restaurante Taipei 101, próximo ao Mercado Municipal da Penha, onde você paga um valor único, come o quanto quiser de uma comida oriental de primeira, com direito a todo pudim de leite delicioso do universo e frutas doces e geladas à vontade.

Mas, lá eu já vou de vez em quando, então, desta vez, quis fazer diferente: SESC Belenzinho. "Mas, dona Rosa, quem é que comemora aniversário no SESC?". Eu. Fui lá fazer uma oficina de tear e comi um sorvete de iogurte delicioso, com calda de frutas vermelhas e fiquei o tempo todo pensando se o resto do menu seria tão bom quanto... Meu plano maligno era encher a pança com tudo do cardápio da Comedoria (é assim que chama a lanchonete) até explodir ou passar muito mal... 

Vejam aqui a divisória entre a lanchonete e o restaurante:
Folhas de cobre recortadas. Legal, né?
Lanchonete:

Restaurante:

O que eu pedi foi:
Chama-se Sanduíche 4 Queijos, feito com pão de cenoura assado por eles. Deveria se chamar "Decepção de queijo", pois só tem gosto de orégano e o queijo é pouco e com gosto de nada...

Pastel Assado de Palmito: outra decepção... Não sei onde eles arrumaram o palmito do recheio mas, com certeza, foram ludibriados... E eu também...

Salada gostosinha...

Bolo Pão de Mel - gostoso, mas muito seco, tem que ter muita água prá ajudar a descer pela goela abaixo...

Ele - o "Precioso" - atual paixão da minha vida (que o "Marildo" não me ouça...)

Bolo de Maracujá - secão também... Faço melhor...

Sopa de Fubá com Couve - gostosa, com muito queijo ralado, torradinhas do pão de cenoura temperadas com azeite e orégano. Gostei bastante.
E, depois de comer o sagu de café, pensei em como eu conseguiria continuar vivendo uma vida monótona sem ele...

Nem pesquisei na internet prá saber como fazer: inventei o meu mesmo, baseada na memória gustativa.

Vamulá:

Primeiro faz o sagu. Na embalagem explica como faz, mas eu faço como sempre fiz, desde criança: ponho água prá ferver, jogo as bolinhas e mexo de vez em quando. A água vai secando, coloco mais, continuo mexendo - até as bolinhas ficarem transparentes e com bastante calda (isso é importante: nada de sagu seco - tem que ver as bolinhas nadando...). Melhor usar panela antiaderente. Adoço do meu gosto e misturo - enquanto está pelando de quente - o café solúvel (ou café preto bem forte). Reservo.

Faço o pudinzinho assim: 400 ml de leite, 5 colheres (de sopa) cheias de açúcar, 2 colheres (de sopa) de amido de milho, 1 colher (de sopa rasa) de margarina ou manteiga sem sal, umas gotinhas de baunilha. Caramelo duas das colheres de açúcar, no fogo baixo, prá não queimar. "Mas, Dona Rosa, eu sou péssima prá caramelar açúcar!!!" 

Calma, calma... Prá tudo dá-se um jeito... 

Você pode usar calda de caramelo (daquelas de por em sorvete, comprada pronta...) ou colocar prá ferver com água uma gostosa bala de caramelo toffe ou ainda colocar o açúcar com um tiquinho de água no fogo, dar uma mexida, ele vira uma caldinha que vai escurecendo aos poucos. O importante é ter esse caramelo, que vai dar um gostinho especial. 

Onde é que eu tava? Ah, a calda... Caramela as duas colheres de açúcar, coloca um pouco de água (a calda vira dura em contato com a água, e vai desmanchando aos poucos...). A calda desmanchou? Então agora bate no liquidificador o leite com o amido e o resto do açúcar. Joga na calda, mexe até engrossar e por mais dois minutos até sumir o gosto de amido cru. Desliga o fogo, acrescenta a margarina, mexe até incorporar e, por último, mexe com as gotinhas de baunilha.

Agora, a arrumação: essa sobremesa merece ser acomodada com toda pompa e glória, prá você comê-la também com os olhos. Pega duas taças lindas (nada de copinhos descartáveis!), põe uma quantidade de sagu, cobre com o pudinzinho e arremata com mais sagu. Leva prá geladeira e arruma alguma coisa prá distrair sua cabeça enquanto ele gela por umas 4 horas, senão você enlouquece. 

Aí, fica sozinha, se acomoda num sofá gostoso, uma música que te faça pensar no lado bom da vida e seja feliz como você merece!

Se você é apreciadora com moderação de um "alquinho" joga um pouco de licor ou conhaque no sagu - deve ficar muito bom, eu não posso dizer pois não posso beber nada alcóolico que passo mal a ponto de morrer.

Faz num daqueles marinex grandes e lindos e serve prá família toda se deliciar -sobremesa fácil de fazer, com ar sofisticado, linda de se ver e escandalosa de comer. Ah, e deixa os bambinos provarem também - sem essa que café faz mal prá criança: minha mãe diz que eu não gostava de leite quando era bebê (e odiava mamadeira) então ela me dava sopinhas de pão com café com leite de colherinha - e cá estou eu, maravilhosa e inteligente (além de modesta)...

Prá arrematar a postagem, admira ele de um outro ângulo:

Soberbo!

6 comentários:

  1. Agora babei tanto no meu teclado que acho que vai queimar...
    Que delicia é essa? Adoro sagu e esse é precioso mesmo, vou correndo fazer e me lambuzar.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está sendo meu café da manhã - a geladeira tá abastecida com vários deles... Tomara que eu não enjoe nunca! Beijos e obrigada!

      Excluir
  2. QUANTA COISA BOA, AMO AQUELE SANDUBA 4 QUEIJOS

    BACI

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma hora dessas eu vou fazer e postar a receita - aí sim, vai ser delicioso! Beijos!

      Excluir
  3. VC É DE SAGITÁRIO? QUE SIGNO DIVINO...INTELIGENTE E SINCERO...HÁ E SÓ PARA LEMBRAR EU FIZ AQUELA DELÍCIA DE RECEITA DO BACALHAU GRATINADO...EU COMI TODINHO SOZINHA COMO SE FOSSE UMA SOBREMESA...TIREI FOTO E TUDO MAIS...SE VC ME PERMITIR POSTO ELA NO BLOG...AGORA MEU DESAFIO VAI SER O SALMÃO...QUE DELÍCIA, NÃO POSSO NEM PENSAR QUE FICO SALIVANDO...NESTE DEZEMBRO ESTOU SUPER, HIPER OCUPADA COM O TRABALHO, MAS NÃO ME ESQUEÇO DAS DELÍCIAS QUE VC POSTA AQUI...ADORO DEMAIS SUAS RECEITAS...VC É D+++++!!!

    OBRIGADA POR TER SIDO ESSA PROFESSORA MARAVILHOSA...EU ACHO ATÉ QUE VC DEVERIA ABRIR UM RESTAURANTE COM SUAS RECEITAS EXCLUSIVAS, SERIA UM SUCESSO COM CERTEZA...EU SERIA UMA CLIENTE ASSÍDUO E CONTUMAZ...

    UM GRANDE ABRAÇO
    E QUE DEUS TE ABENÇOE

    ASTRIDE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inteligente - dá pro gasto, mas sincera ao extremo, já arrumei muita confusão por isso... Fiquei feliz que você gostou do bacalhau - de todas as formas que eu preparo, essa é a minha favorita. Quanto a ter um restaurante, minha família toda diz isso, mas eu não aguentaria o stress - funciono melhor na minha vidinha calma. Beijos e obrigada por passar aqui, mesmo com o tempo todo tomado - e me manda o link quando postar a foto do bacalhau.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...