Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Blusa de Tricô de Verão Azul Mescla



 (OOps! Tá amassada nas costas porque tava guardada, dobradinha na gaveta...)


Fácil, bonita, versátil e quase de graça... Melhor que isso só de graça mesmo... Melhor que isso só se eu fizesse uma prá você (bem que você queria - e eu também... Já pensou, eu com saúde e tempo de sobra prá espalhar uma belezurinha dessas pelo mundo afora, ficar rica e famosa, dominar o mundo, quer dizer ganhar uma graninha? Ai, ai, sonhar não paga nada...). Bom, eu dou a inspiração, a foto prá vocês verem como é que fica linda; dou a receitinha, explico como faz o trabalhado do ponto (um jeito fácil de fazer algo com cara de verão sem  ter que se preocupar com o carro verão - você faz tranquila usando o transportador, parece que deu trabalho, mas é moleza... e não precisa de frontura, então, se você não tem uma, tá beleza prá você...) e ainda digo onde comprar baratinho a linha (na Aslan (só tem cor lisa) ou no Bazar Horizonte (tem mescla) você espia o preço - se for mais barato que no armarinho perto da sua casa, compra lá, mas lembra que ainda tem taxa de entrega, então, às vezes, o barato sai caro...). Com, no máximo, R$16,00 reais você vai ter uma linda blusa, fresquinha, de algodão, prá você andar bonita sem ter que usar somente camisetinhas... (Ah, reparou que, com esse trabalhinho, você foge do batido ponto meia, faz uma blusa com cara de trabalhada sem se apavorar de medo se você for iniciante? Hehehe, não conta prá ninguém... Vão achar que deu trabalho...)



 Olha como o trabalho fica diferente na frente e nas costas: como o fio é mesclado, com um comprimento mais ou menos homogêneo de cada cor, quando você faz as costas (sem abotoamento) e a frente (com abertura para abotoar) a largura do trabalho é diferente, então ficam listas menores atrás e listas maiores na frente... 


Detalhe do ponto



Receitinha e Gráfico de mãe

Bons tricôs!!!

5 comentários:

  1. nossa amiga que lindo eu amei, e vu tentar fazer uma,obrigada por dividir um pouco de sua sabedoria, que Deus te abençoe.

    ResponderExcluir
  2. Rosa,
    Como sempre você e suas belezuras!!
    Amei e agradeço seu carinho em dividir conosco sua arte.
    Beijocas.

    ResponderExcluir
  3. Ai, brigada... Fiquei muito feliz que vocês gostaram! Beijos!!!

    ResponderExcluir
  4. Amei o seu site, como voce disse é tudo simples mesmo. Mas me diga qual é a sua máquina, porque tem algumas que não trabalham com os fios de Algodão. E as suas blusas ficaram umas tetéias mas voce usa Cléa 100% algodão. Desde já grata.

    ResponderExcluir
  5. Minha máquina, comprada em 1995, é uma Elgin 840. Tenho frontura, mas faço muita coisa sem ela, como essas blusas onde misturo crochê. Ela trabalha muito bem linhas de algodão (Cléa 100, Cléa 500, Anne - menos Anne Brilho, que tem um fio metalizado junto). Obrigada pelos elogios. Beijão!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...