Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

terça-feira, 24 de maio de 2011

Corações e mais corações...


Esta aqui eu fiz só prá não jogar fora uma camisetinha velha, que estava com um furinho na barriga. Eu tinha tinta de tingir roupa perdida na gaveta, uns brilhinhos que a gente cola com o ferro quente e pensei em fazer algo diferente.
Primeiro, peguei uma agulha de costurar bem fininha e enfiei nela linha de nylon, daquelas de fazer colarzinho de miçanga. Daí, com o lápis preto, desenhei um coração no centro da camiseta, e então pespontei todo o coração com a linha de nylon, franzindo bem e dando um nó bem apertado para não desmanchar.
Coloquei água para ferver na panela, dissolvi o pó de tinta na água e joguei a camiseta (seca mesmo), sem me importar se ficasse manchada - pois esse é o charme...
Depois de meia hora, mexendo de vez em quando para nada ficar fora da tinta, esperei esfriar, enxaguei e pus prá secar.
Então, costurei o furinho na barriga e com os strass auto adesivos, usando o próprio plástico colante no qual eles vem, fiz corações de vários tipos e fui aplicando com o ferro quente (primeiro cobrindo o furinho, depois por onde a inspiração mandava...)
É, eu sei, coisa de pobre... Mas, quer saber? Me deixa! Eu não gosto de jogar fora coisas que ainda podem ser usadas, acho pecado, desrespeito com a vida, que é tão dura! Agora, se minhas filhas não quiserem usar, posso doar para alguém sem me sentir mal por estar dando uma roupa imprestável...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...