Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Tem coisa boa hoje...




Tá bom, então o dinheiro tá curto, você quer fazer alguma coisa - mais porque preciiiisa - ou para dar de presente, ou para vender... Vê bem se essa idéia minha não é muito boa: apenas um novelo (isso mesmo, com apenas UM novelinho do fio Pluma da Línea Itália!!!) você vai fazer estas duas peças: uma bela boina, bem fofa, e um "aprendiz de cachecol", uma gravata.
A lã é extremamente macia, daquelas que a gente queria que o novelo fosse gigante só prá gente se enrolar feito gato no meio dele; a cor é verde escuro, mas na minha foto parece marrom, mas ficou bonito mesmo assim .Desta vez, fiz outro modelo bem fácil de boina, mais fofa ainda, com uma gravata no mesmo ponto para fazer conjunto. Ainda sobrou lã suficiente para fazer um broche de flor.
Vamos lá, mãos à obra... Garanto que em um dia as duas peças ficam prontas, e com um gasto de R$6,90 (SEIS E NOVENTA!!!!) você vai fazer duas peças lindas e vender o conjunto por - sei lá... - R$30,00, R$40,00... Isso é que é saber multiplicar o dinheiro! Ah, o preço que eu falei é o do novelo na internet, sem o frete que eles cobram, mas vai ver vende aí perto da sua casa...

O ponto é bem repetido: durante três carreiras faz tricô do avesso e do direito, na quarta carreira, faz um tricô na beirada, faz dois pontos juntos em tricô, dá uma laçada, faz assim até acabar e termina com um outro tricô de borda. Volta a fazer as três carreiras do começo, mais uma carreira de "buraquinhos" e assim vai...


Ah, só prá arrematar: dá prá perceber como eu gosto de fazer valer o suado dinheirinho, não é? Pois bem, tem quem pense que dinheiro brota (vai ver prá eles brota mesmo...)
Há um tempo atrás eu vi uma matéria no site da Linea Itália, sobre uma grife usada pelas celebridades Michelle Obama (1a. dama americana), Natalie Portman (a princesa Amidala, do filme Guerra nas Estrelas) e Kirsten Dunst (a namoradinha do Homem Aranha), na qual um par de meias de crochê, todo em ponto aberto, que levou nadica de nada de lã prá fazer custa quinhentos dólares (R$850,00) e depois de usada não pode lavar - ou seja, vai para o lixo...
Que lindo!!!
E eu que pensava que histórias infantis eram só contos de fadas... Lembra da historinha da "Roupa Nova do Imperador", onde um alfaiate pilantra "fazia" para o rei uma roupa com um tecido que só gente inteligente conseguia ver - e todo mundo, por medo de se passar por burro, dizia estar vendo a roupa? Qualquer semelhança... E quando eu era pequena, minha avó dizia que louco era quem queimava dinheiro...
Ah, prá quem quiser conferir o que eu falei, e ver a tal meia, táqui:,http://www.lineaitalia.com.br/noticias.php?id=279


Receita:

Boina: 72 pontos, agulha de tricô 6, barra 3 x 3 por 6 cm. Mudar para agulha 10, fazendo: três carreiras ponto tricô, uma carreira 1 tricô de borda, 2 pj em tricô, laçada, repetir até o final, fazer um tricô de borda. Fazer dessa maneira até dar 3 motivos de buraquinhos. Daí, começar dimuindo, sempre na carreira do meio da sequência de três carr. de tricô, da seguinte forma: 1ª diminuição, tricotar juntos todo 5º e 6º ponto; depois, todo 4º e 5º ponto, 3º e 4º ponto, 3º e 2º ponto, 1º e 2º ponto, até sobrar 12 pontos na agulha, sempre na segunda carreira de pontos tricô. Como 72 é múltiplo de 12, o que se faz é diminuir, na agulha que tinha quantidade de pontos múltiplos de 6 e 12, até chegar a múltiplo de 5 e 12, 4 e 12, 3 e 12, 2 e 12 e, finalmente, só 12. Corta o fio, pega os pontos com a agulha de costurar lã e costura a boina. Fica bem fofa por causa da agulha 10.

Gravata:

14 pontos, agulha 10, tricotar uma carreira em tricô, daí fazer um tricô de borda, 2 pj em tricô, laçada, repetir até o fim da carreira, 1 tricô de borda. Aí, fazer como na boina,3 carreiras de tricô, uma carreira de furinhos, até dar 40 cm. Diminuir 1 ponto de cara lado cada duas carreiras, até sobrar 2 pontos. Arrematar. Levantar, onde começou, novamente 14 pontos e repetir todo o processo, só que fazendo 60 cm, para um lado da gravata ficar maior que o outro. Pegar um fio da lã com 8 metros, dobrar ao meio, prender numa maçaneta ou encosto de cadeira e torcer os dois fios juntos o máximo que puder. Dobrar com cuidado ao meio e deixar o enrolado se acomodar (vai virar um fio mais grosso e torcido). Dar nó nas duas pontas para o enrolado não escapar e, depois de arrumar a gravata em volta do pescoço, atravessar com o fio torcido sua trama e dar um laço, fazendo com que se mantenha elegante no lugar.

São fáceis de fazer, de um ponto que rende e fica bonito e até principiante consegue fazer.


Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...