Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

sábado, 30 de abril de 2011

1ª Blusa com Bolero



Terminei esta na quarta feira, mas não tive tempo de postar.

Para quem resolver fazer - ou porque já tem a linha comprada ou porque vai se arriscar comprando - saiba que não é mole, não...

A linha, que a olho nú parece artificial e piniquenta, na verdade é supermacia e derretida, mas MUITO difícil de lidar. Ela é um cordãozinho tricotado com uma linha base BEEEEEM fininha, tipo a Suzi (deve ser até o mesmo material), que já começa sendo chatinha porque tem que queimar a ponta antes de começar o trabalho senão desfia. E não é só: se você está com as mãos meio judiadas de lavar louça e roupa, como as minhas, ou se você esbarrar numa parede rústica ou numa lixa de unhas ou em qualquer coisa do universo ela gruda e desfia - ou seja, é bonita, macia mas é um pesadelo usar ela...

O trabalho tricotado fica com a aparência atoalhada, até fica bonita, especialmente à noite, sob a luz artificial), mas enquanto você está tricotando fica se perguntando "onde eu estava com a cabeça quando comprei essa m*rd*!!!" porque a ponta da agulha entra nas "molinhas" do fio. Entretanto, pelo preço (R$1,04 o novelo = R$ quatro contos uma blusa!!!) e pelo toque, que é macio e delicioso, acho que vale a pena. Por isso, mesmo com tantos contras, dei uma passada lá na 25 e comprei mais 5 novelos azul e 5 creme... (eu sei, reclama mas gosta...) Acho que ela é ideal para fazer cachecol, só usando tricô: fica lindo, não corre o risco de desfiar tanto e não dá tanto trabalho para fazer

Queria a preta, mas tinha acabado.

Nos 2 sites da Aslan não tem nenhuma receita com ela, e com certeza não vai vir mais para o Brasil, então é agora ou nunca...

Blusa Bolero Azul

4 novelos Bolero azul
1 par de agulhas de tricô nº 7

Costas: Montar 51 pontos na agulha e tricotar da seguinte forma: 4 carreiras em ponto tricô, 1 carreira em tricô dando 2 voltas na agulha (tricô alongado), 1 carreira soltando 2 pontos, tricotando eles juntos em tricô e dando uma laçada, indo dessa forma até o fim da carreira. Recomeçar fazendo 4 carreiras de ponto tricô, etc. Após 8 repetições, quando estiver iniciando a 9ª seqüencia, arrematar, cada 2 carreiras, 3, 1, 1 pontos para as cavas. Após 13 repetições do ponto, fazer mais uma carreira de tricô e arrematar.

Frente: igul às costas até terminar a cava. Quando terminar, dividir o trabalho ao meio e arrematar 1 ponto a cada uma carreira até dar 10 pontos. Arrematar na mesma altura das costas.

Mangas: 31 pontos, 1 aumento cada uma carreira até dar 37 pontos, seguindo o mesmo ponto da frente e das costas. Quando começar a próxima repetição do ponto, arrematar cada duas carreiras: 4, 2 e de 1 em 1 de cada lado até restarem 17 pontos na agulha. Arrematar.

Montagem: Costurar a blusa com linha de costura, fazer um bico de crochê ao redor do pescoço e da barra.

Sobrou quase um novelo inteiro, então essa blusa quase custou 3 caraminguás furados.... MAS É SÓ PRÁ QUEM NÃO TEME UM DESAFIO E ADOOOORA UMA PECHINCHA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...