Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Restaurando jaqueta jeans e outras coisas...

Tá na moda essa mistura: pegar uma jaqueta jeans e dar uma "requipimpada" nela, usando spikes, rendas...

Olha a nova jaqueta jeans da Lola:
 



Já foi um conjunto jeans - jaqueta com calça combinando, ambas com recortes de tecido com estampa de pele de tigre (que logo que herdei da minha irmã caçula - como contei nesta postagem AQUI - eu arranquei, pois não sou fã de estampa animal...). Usei até cansar, até ganhar filhos e quilos extras e acabar perdendo ela prá sempre (mas não consegui me desfazer dela, gostava tanto - sempre sonhava emagrecer prá usar novamente...).



Então as meninas cresceram e eu fiz ela ficar assim: arranquei as mangas, dei uma desfiada...



e incrementei com crochê - as meninas ficavam tão fofas com ela!!!

Daí o tempo passa, o crochê cansou, arranquei ele:


Peguei um metro de moletom grosso, 20 cm de malha sanfonada da mesma cor, alguns botões de martelar e...

Fiz um capuz bem básico (que a Lola adora capuz...) - você pode copiar de um capuz que você tenha em casa ou pegar molde na Marlene Mukai

duas mangas - pega o molde grátis também lá na Marlene...


Aí vem o pulo do gato: encompridar a jaquetinha, dando a falsa impressão de ser um colete jeans colocado sobre uma jaqueta de moletom... São quadrados e retângulos de moletom, estrategicamente posicionados embaixo do jeans...
Fiz um esquema no Paint, que é prá vocês entenderem melhor:

e ficou assim:

 


Como vocês podem ver, depois de colocar as duas tiras de abotoamento nas frentes da nova jaqueta, ela até se fecha, como uma jaqueta normal faria. Fica parecendo mesmo que tem um coletinho jeans aberto por cima de uma jaqueta de moletom, não fica? 

Infelizmente, na minha Lolinha - que é prá quem essa jaquetinha foi feita, não dá prá abotoar. Manequim 48 de busto, minha deusa linda de formas generosas... A jaquetinha era manequim 40 - não dá prá fazer milagres, esticando ela, não é mesmo?  

Ou, na verdade, quase dá - pois até parece milagre reaproveitar uma jaquetinha tão velha, não é mesmo?

Mas não fiz somente isto nestas duas semanas, espia só: lembra desta banquetinha de madeira que eu lixei e não sabia ainda como ia transformar (nesta postagem AQUI, na qual fiz meu primeiro maiô - já fiz um segundo, num outro molde, falta tempo e oportunidade de mostrar...) 


Pois então: fiz uma banqueta pro meu filhão usar com a mesinha que eu também reformei e que ficou assim:



Na banqueta eu fiz o seguinte: ela já estava lixada, então eu pintei de um tom de marrom meio acinzentado que eu mesma criei, misturando marrom café com um pouco de branco e de preto (prá parecer o tom do guarda roupa do moleque...):


"Mas que pintura manchada é essa aí, Dona Rosa?" Calma, eu explico: usei um pincel macio, com o marrom que eu criei, prá não marcar. Daí, com um pincel bem duro, velho e escangalhado, eu fiz uns veios negros imitando madeira, também parecendo com o guarda-roupa dele...

Daí eu acolchoei o banquinho - prá ele ficar macio pro garoto se sentar. Bumbum que mamãe beijou tanto quando trocava as fraldinhas merece se sentar em algo macio, não é mesmo? Então, aproveitando as rebarbinhas das calças de moletom que eu fiz prá eles (que acabaram me saindo por 13 reais cada uma, com elástico e tudo...) - algumas estão nestas fotos aqui:




Teve emendas, bolsos coloridos, mas são prá ficar em casa e são bem grossas, macias e quentinhas - bom demais, todo mundo adorou...

Voltando à banqueta, que havia ficado assim - só pintei as pernas:





Amontoei sobre a banqueta as tais rebarbinhas - como eu falei, são de moletom bem grosso e aflanelado, então dão um acolchoado bem macio e fofo: 


Cobri com um pedaço dobrado de manta acrílica:


Prendi a manta acrílica e as rebarbinhas na banqueta usando apenas um fio de linha...



Daí emborquei a banqueta no chão em cima de uma sobra de corino...


E foi só grampear, cortando as sobras.


Pronto! Banqueta pronta!



Posicionada na mesinha, que já foi de overloque, que tava enferrujada e descascada, que agora tá novinha e meu filhotinho adorou!



Também repintei a porta da copa - cuja moldura foi trocada, pois a antiga teve que sair, depois de ser toda arrebentada pelos ladrões da última vez que entraram aqui em casa... a moldura nova era mais clara que a porta, o Marildo comprou errado. Daí ele comprou este líquido aqui, prá eu escurecer a madeira:


Tem prá simular a cor do mogno, da cerejeira, do carvalho... Bom, prático, mas eu poderia ter escurecido a madeira usando um paninho embebido em álcool com pó de café ou chá preto - era como eu fazia antigamente, mas ele não gosta do cheirinho do café... Ô frescura!

Bom, então foi com esse líquido que eu fiz o que precisava ser feito, até acertar com a cor:


Não ficou linda?



Tem lugar que parece manchado, mas é que eu tirei essa foto com a tinta ainda molhada, tamanha a pressa...

E como nem tudo são alegrias, dei uma lascada na minha jarra de suco favorita: 


Dá prá ver melhor?



Só percebi quando ela começou a vazar suco de uva na toalha, na hora do almoço, manchando tudo - eu bem que pensei que ela tinha quebrado, quando escorregou da minha mão na hora de lavar a louça... Quando vi que não quebrou, fiquei feliz, depois fiquei triste, gostava tanto dela...

Comprei umas pedrinhas lindas numa lojinha na Penha, gastei só 2 reais com elas:



Coloquei elas dentro da jarra, um bocadinho de água, e dois galhinhos de jibóia:



Assim sendo, vamos ficar juntas por muito tempo ainda: agora ela fica parecendo um aquário de plantinha em cima do microondas...


Fiz uma camisetinha nova prás meninas, usando um retalhinho comprado por quilo - custou uns 5 reais... 


E enquanto meu quadro não fica pronto, comecei um novo projeto: reformar um trenzinho que fiz pro meu filho, quando ele era pequeno, usando lata de palmito, caixa de suco e caixa de leite de soja, pedaço de vidro de vinagre e outros lixos:


Tadinho... Tá tão velhinho! Já perdeu as rodas, já deu ferrugem na lata de palmito - mas meu filho se nega a jogar fora... Depois eu mostro como tá ficando... só posso adiantar que vai ganhar partes novas e vai ser vermelho.

Ufa! Dias tão curtos prá tanta coisa, vocês não concordam?! 

Até mais, que tô cheia de coisas prá fazer!!!

8 comentários:

  1. Rosa...quem sabe...sabe!
    Fiquei fascinada com esse casaquinho da filha!
    A ganga tem essa vantagem! Tenho na costureira uma calça de ganga que vou transformar numa saia!
    Gostei imenso dos restantes restauros...e também eu precisava de tempo e disposição para restaurar algumas peças aqui na aldeia!
    Parabéns pela criatividade!!! Bj

    ResponderExcluir
  2. Quanta produtividade, Rosinha querida!
    Vamos por partes:
    - A jaquetinha (com 1000 vidas) é um encanto. O último upgrade resultou lindamente.
    Todas as suas artes me arrebataram porque todas se revalaram fantásticas -essa porta impressionou-me.
    Entendo os seus afazeres porque eu, embora numa escala infinitamente menor, também os tenho, o que equivale a que os meus dias estejam e sejam ocupados sem momentos de tédio. É bom, muito bom e sou grata por esta permanente inquietação.
    Por aqui um calor de 33 graus! Demasiado! Não gosto - nao sou, definitivamente, pessoa para extremos.
    Fique bem, minha amiga linda.
    Muitos beijinhos da Nina

    ResponderExcluir
  3. E quando todo mundo pensa que ela está quietinha....sem postar nada....essa danada está só produzindo rss...quanto energia meu Deus, queria ter 10%. Parabéns Rosa, coisas lindas!

    ResponderExcluir
  4. Tudo muito show! Amei a banqueta...conseguir o mesmo tom do móvel do seu filho (carinho de mãe mesmo) ficou perfeita.
    Só não entendi como não está vazando a água da jarra... já que tinha vazado o suco...:<?
    Bjks arteira!
    Mara

    ResponderExcluir
  5. Rosa, que energia tu anda hein mulher, quanta coisa bonita.Fico feliz de te ver assim animada!
    E essa jaquetinha ficou liiiinda demais, parabéns!
    beijoss

    ResponderExcluir
  6. Quantas novidades boas!! A jaqueta ficou muito melhor com o moleton. Combinou perfeitamente! No mais, gostei também, princ. da banqueta.
    Agora que filhota já casou estarei mais quietinha no meu canto e na minha casa. Voltando a blogar.

    Beijão.

    ResponderExcluir
  7. Rosinha! Toda a tua obra é maravilhosa e cheia de surpresas, sempre, a cada post. Mas a tua Lola é a obra mais bela, claro, UMA das obras mais belas, pois tem mais DUAS obras mais belas. Bela filhota!
    A jaqueta é inusitada, nunca vi nada igual, com tanto capricho. Igualmente, o banco e a mesa do filho, combinando com os móveis.
    Mas a porta, é coisa de gente que sabe o que faz. Muito bem.
    Deixo aqui o meu beijinho e o desejo de uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  8. Vc é bem criativa, e muito trabalhadeira. Gosto de suas histórias. Plante suculentas na sua jarra vai ficar lindo. e por causa do mosquitinho não é bom mais ter planta dentro d'agua, se bem que adoro. e ainda dá pra aproveitar as pedrinhas lindas.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...