Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Top ou sutiã passo a passo


Quando a gente viajou pro Nordeste o ano passado eu fiz uma porção deles, prá mim e prás meninas. São facílimos de fazer, tem molde grátis no site da Marlene Mukai (bem AQUI) e aí vem o pap fotografado, que é prá você aprender a fazer e já sair usando...

Veja como ficam os que eu fiz:



Primeiro: O molde

Lá no site da Marlene tem do tamanho P até o EGG. Junto do molde vem a informação de que já contém margem de costura. Prá Nana (que é manequim 42) eu fiz tamanho M, prá mim e prá Lola eu fiz o tamanho G (pois usamos sutiã 46/48). 

O molde vem assim:
 (clica nele que aumenta)

Usando um pedaço de papel craft (ou mesmo jornal) você constrói, com o auxílio de uma régua, o molde em tamanho natural, que fica assim:



Reparem que o meu papel tá todo rabiscado: até molde se recicla aqui em casa...

Agora o que realmente importa, o segundo passo:
como fazer essa belezura!

Escrevi nos moldes que é tamanho M e que não precisa acrescentar margem de costura - prá eu não esquecer das próximas vezes que for fazer...

Apoia o molde sobre o tecido dobrado ao meio e corta, não tem segredo. Mas uma dica minha: - espia um  detalhezinho na foto de baixo:

Apesar de não ter margem de costura, eu cortei 3 cm mais comprido na parte de baixo, que acho que fica melhor, protege mais o corpinho da menina que vai usar...

Outra coisa: o tecido que eu usei prá fazer este top foi uma sobra, um mísero retalhinho que sobrou de uma camisolinha que fiz prá minha mãe. Assim sendo, face a escassez de tecido, tive que cortar a parte das costas com uma emenda no meio, infelizmente - então por isso tem esse meio centímetro a mais que meu dedo tá apontando... Mas é bom prá vocês saberem que nada se perde e que, com boa vontade e imaginação dá-se um jeito em quase tudo na vida...

Alinhavei à mão o centro da parte das costas...

Posicionei juntinhas as 3 partes da frente...

e também alinhavei. Alinhavo tudo, que é prá não ficar torto, especialmente quando trabalho com malha...

Olha como já fica jeitosinha a frente, com aquele caimento arredondadinho do busto...

Alinhavei os ombros e as laterais do top também - faço com calma, sentada no sofá da sala assistindo desenho animado...
 
Passei tudo no overloque, rapidinho. Se você não tem, não fique triste: na maioria das máquinas de hoje você encontra pontos que são elásticos, que servem muito bem prá fazer essas costuras sem que nenhuma se rompa com o uso da peça. Caso não tenha uma máquina moderna, costure com ponto zig zag bem largo mas não muito estreito, que senão fica enfolado, parecendo um babado - fica muito feio. Teste a costura antes num retalhinho do mesmo tecido até acertar com a espessura do ponto. 

Fica assim do lado direito - muito bonitinho.

Agora a parte mais importante: o elástico. Eu prego com o ponto elástico da minha Janome 2008, da forma como eu tô mostrando a regulagem na foto acima. Pode pregar com zig zag largo também. 

No decote e nas aberturas dos braços eu usei elástico chato fininho, espessura de meio centímetro.

Dou uma pregada inicial costurando prá frente e retrocedendo - prá ficar bem preso - e vou pregando a uma distância de mais ou menos meio centímetro prá dentro da borda externa, da seguinte maneira: a cada 6 cm de elástico eu estico até virar 7 cm, aproximadamente. Dessa forma vai ficando franzido sem machucar a pele quando a gente veste. Eu calculo o quanto eu vou gastar de elástico medindo no corpo mesmo - ou medindo no próprio molde: pego uns 5 cm menor que a parte da frente, 5 cm menor na parte das costas, 5 cm menor que o contorno do braço. DICA MUITO IMPORTANTE : sempre que for esticar o elástico deixe a agulha abaixada, daí estique o elástico e costure. Se você esticar o elástico com a agulha levantada corre o risco de quebrar a agulha, pois o elástico dá uma mexida nela...

Vá fazendo devagarinho, contornando todas as aberturas dos braços e do pescoço, sempre com sobra de tecido prá fora.

Feito isso com o elástico fino agora é hora de passar o elástico de baixo, que tem 1,5 cm de largura. Prá esconder ele dentro do top é que eu cortei a base 3 cm maior, entendeu? Mas você pode cortar na medida e usar um daqueles elásticos decorativos que vende nos armarinhos, que são bonitos e meio aveludados. Eu até tenho um rolo deles aqui em casa, mas não sei onde foi parar, sou muito bagunceira, uma vergonha de velha...

Olha como ficou o avesso: ainda não tá tão lindo como deveria, mas prá tudo na vida tem que ter paciência...
  
Como eu não sou máquina, acontece dessas coisas: um tortinho aqui, outro lá... Prá isso que tem a sobrinha...

Passa a tesoura com cuidado e nivela tudo!

Daí eu regulo a máquina pro meu outro ponto elástico, que parece um zig zag gigante todo pontilhado. Mais uma vez eu repito: pode fazer com zig zag comum, o que vale é o teu capricho.

Viro os elásticos prá dentro e dou uma costurada em toda a volta, bem assim:

Ainda tem sobrinha de tecido na barra, tá vendo?

E depois de fazer a mesma coisa nos contornos do pescoço e das aberturas dos braços...

Olhaí de novo a sobra de paninho...

Com amor e carinho (e extremo cuidado) corte todas as sobrinhas finais, limpando bem a peça...

No avesso ela fica assim - não faz vergonha a ninguém... Clica na foto prá espiar de perto!

Concordam comigo?


e no direito fica essa boniteza....

Até o ponto fica bonitinho, vocês não acham?

A Nana só concordou em posar usando uma blusinha por baixo - olha como caiu bem no corpinho dela...

E nas costas ficou assim - reparem que tem um pontinho "biliscadinho" bem perto da costura central, mas foi a pressa de fazer logo o top, tem tanta coisa nesse mundo prá eu fazer, tão pouco tempo... Ai, ai... Mas ela vai usar por baixo das camisetas, ninguém vai ver...

Fiz estes prá Fernanda - um bege, um branco e um azul escuro. 


Como eu já havia ensinado vocês a fazerem calcinha (AQUI), achei que tava devendo o sutiã. Sorte que a Marlene Mukai tem molde prá quase tudo nesse mundo, todos grátis - acho essa mulher maravilhosa, que Deus a abençoe e multiplique todas as coisas boas na vida dela - volta e meia eu me socorro dos moldes e das dicas que ela dá, generosamente, no site. Se vocês tiverem a oportunidade de visitar, deixem um recadinho prá ela agradecendo, pois ela merece...

Vocês podem fazer prá usar como sutiã ou como top de ginástica e até como uma peça prá usar na praia, dependendo do tecido que usarem. A malha tem que ter uma boa elasticidade e até pode ser uma malha fina, mas aí tem que fazer forrada com jérsey (é só cortar o forro e a parte de fora juntos e costurar alinhavando tudo bem certinho antes de costurar). Mesmo se o preço da malha não for muito barato onde vocês moram ainda vai valer a pena fazer esse top, pois gastam bem pouco pano e custam em torno de 20 reais nas lojas (os mais baratos). Se moram em São Paulo/Capital não deixem de dar uma olhada nas lojas nas ruas José Paulino, Três Rios, da Graça e adjacências, pois todas trabalham com retalhos por quilo e tem malhas excelentes a preços muito bons... (Estação de metrô Tiradentes).

MAIS UMA DICA IMPORTANTE: faça um primeiro top no manequim que você acha que é o teu, sem acrescentar margem de costura (que a Marlene já embutiu no molde). Caso ele fique apertado depois de pronto, faça o modelo de tamanho maior (ou acrescente 1 cm de margem de costura por conta própria...). Aquele primeiro que você fez você dá de presente prá uma irmã, uma amiga... Outra coisa: se você vai usar como sutiã, pode até usar elástico bico de pato nos contornos do pescoço e na abertura dos braços, que fica super fofo.

Que tal levar alguns na academia de ginástica perto da tua casa? Às vezes, se você caprichar na costura e na escolha dos paninhos, pode dar sorte e arrumar prá quem vender - ganhar dinheirinho é sempre uma bênção, especialmente quando é fruto do trabalho da gente...

Faça prá filhinha, faça prá vender - mas faça. É uma alegria imensa ser capaz de concluir uma peça de roupa você mesma, gastando tão pouquinho. Com 25, 30 cm de malha você faz um top desses, gastando quase nada de linha e bem pouco elástico. O top fica super confortável e bonito no corpo - eu mesma tenho dois, a Lola tem quatro e a Nana já tem cinco (e vou fazer mais, pois o preço dos sutiãs está absurdo e eles não duram mais como antigamente...).

Quero dizer que foi um prazer poder ajudar com mais este pap, pois sei que sempre aparece alguém que vai achar útil.

Não tenho tido tempo prá mexer na internet, com minha mãe doentinha e eu mesma com a saúde mais prá lá que prá cá - e tendo que cuidar da casa e de todo mundo, que profissão de mãe nunca tem férias. Nas últimas duas semanas ajudei minha filha Nana a pegar prática dirigindo carro (pois ela tinha carta de motorista mas muito medo de dirigir...) , já que este ano ela começa a fazer plantões em hospitais e não pode mais depender do transporte público, morando tão longe da faculdade. Ela nem sequer cogitou mudar sozinha prá Santo André - coisa que a gente apoiaria se fosse sua decisão... - mas aqui em casa é assim: ninguém suporta ficar longe um do outro, somos uma família muito grudenta...

Mas mesmo que arrumasse tempo, meu computador esteve quebrado, meu filho sem tempo prá arrumar... Daí, de vez em quando, eu pedia prá uma das crianças entrar no blog pelo celular ou tablet e aconteceu uma coisa chata: em menos de um mês eu perdi mais de 50 seguidores. Sei lá o que anda acontecendo, acho que eu devo estar com algum tipo de lepra virtual, o povo anda fugindo de mim... Fiquei triste, afinal todo mundo que tem blog gosta de ver o número de seguidores crescer - e não diminuir (ainda mais um número tão grande!). A Lola disse que é porque eu não ando postando nada, então as pessoas abandonam... Eu acho que talvez elas estejam chateadas comigo porque eu não ando respondendo, visitando, sei lá... O fato é que não ando tendo tempo mesmo, ando trabalhando tanto, tomando analgésicos e anti-inflamatórios prá aguentar, mas acho que atingi o meu limite...

Seja como for, meu intuito ao fazer o blog foi de passar o pouco que eu sei, de ser útil - e acho que isto eu tenho conseguido, graças a Deus. Então eu decidi que, mesmo com uma fuga em massa dos seguidores, sempre que puder e tiver um tempinho vou continuar postando uma receitinha aqui, uma historinha de velha ali, somente prás pessoas que tiverem paciência com os meus defeitos e conseguirem peneirar o que de bom eu posso passar adiante. 

Até mais.


43 comentários:

  1. Não fique triste, eu gosto de você, de suas histórias, de suas costuras, de suas artes e sempre visito seu blog! Seus tops ficaram lindos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Yara. Agradeço por sempre me visitar, me faz feliz. Beijos!

      Excluir
  2. Rosa, não tenho blog, face ou qualquer outra mídia a não ser meu computadorzinho que é minha passagem pelo mundo. Mas o seu blog está em minha barra de favoritos e o visito frequentemente. Quando você posta fico sempre muito feliz.Adoro suas histórias. Elas servem muito para minhas reflexões.E assim como você, costurar também é uma paixão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Lisete querida, fico feliz então que minhas costuras te inspirem - e mais feliz ainda que você goste das histórias. Beijos e continue me visitando que eu adoro.

      Excluir
  3. Rosinha querida, senti a sua falta. Tenho vindo espiar, mas o blog tem estado paradinho. Na verdade,o blog pode engolir o nosso tempo. Eu mesmo me policio para não deixar que isso aconteça e afinal você trabalha muito, trabalha demasiado, na minha opinião.
    Os seguidores não estão fugindo. O Google está bloqueando o acesso a quem não tem conta -daí a sangria. Só hoje soube que esta era a explicação.
    Tambêm me aborreceu muito perder seguidores arbitrariamente. Fiquei triste e com vontade de parar. Espero que passe pois esta é uma atividade muito gratificante. Adorei os sutiãs, embora me considere incapaz de tal proeza. Esse seu modo de conduzir a vida está certíssimo. É o que os ingleses chamam The simple life, o dzer não ao consumo exacerbado.
    Muito, muito obrigada pelo seu carinho, amiga. Sei que sabe o quanto eu gosto de ti, minha linda.
    Beijinhos da Nina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você é bem informada, Nina querida! Agora não vou mais ficar triste... Quanto ao top você deveria experimentar fazer, você já é uma excelente costureira, só não assume... Beijos!

      Excluir
  4. Rosa

    Que bom que vc apareceu!! Pensei que estivesse no sítio aproveitando os últimos dias de janeiro após o feriadão de aniversário de SP.

    Agradeço sua visita ao meu blog e sobre a luz da minha sala, sim, entra bastante sol, por vezes a claridade incomoda quando vemos TV mas eu gosto de muita luz natural. Ventilação também é muito boa, tenho que prender as portas para que não batam.

    Sobre os tops, uauuu, ficaram show nas meninas. O seu é assim curtinho também? Gostei da idéia de usar como sutiã pois tem boa estrutura e não são transparentes.

    Admiro os trabalhos de Marlene Mukai. Através do site dela aprendi a fazer as calcinhas que uso. Só não coloquei as fotos no blog por pura resistência por se tratar mto íntimo. Fiz calcinhas de renda que ficaram lindas, sensuais, vestiram muito bem em mim e fiz em malha, modelagem comum, que tb ficaram sob medida. A um bom tempo que não compro calcinhas prontas, só uso as que faço. A Marlene Mukai é uma pessoa fantástica, generosa e gentil...assim como você.

    Rosa, desejo muita saúde para ti, que se recupere logo e não precise tomar anti-inflamatórios, analgésicos e antibióticos por loooongo tempo.

    Sobre "seguidores", no ano passado percebia essas mudanças nos nºs mas não dei atenção pois ocorreu num dia perder e no outro algo no blogspot, voltar ao que era antes. Deve ser algum reajuste do blogspot.Não se chateie por isso. Não vale a pena.

    Filhos....crescem e seguem o destino deles. Os meus já voaram. Filho mora em outro Estado e filha optou morar perto do trabalho mas vem nos visitar a cada 15 dias, às vezes, semanal. Fica 2 dias e depois volta para o apto dela. Conversamos todos os das por what'sApp.

    Também não sei se me adaptaria no uso de tablet. Acho a tela pequena se comparada ao do notebook que uso. Se não tiver jeito...o melhor é comprar outro mais atualizado. Essas coisas tecnologicas tem prazo de validade e quando vence não tem jeito.

    Continuo sua seguidora, conte com minha amizade também.

    Desejo melhoras para ti, tua mãe e teu computador.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Fatinha querida. É sempre uma alegria imensa receber tua visita, teus comentários sempre tão cheios de bondade para comigo, transbordantes de fé na vida. Beijos e muito obrigada.

      Excluir
  5. Rosa...estes tops são bem confortáveis!
    Ainda bem que os sabe fazer na perfeição!
    Bj amigo e vá aparecendo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já estou craque nos tops mesmo, Graça querida, mas é que eles são fáceis... Muito obrigada pela visita. Beijos!

      Excluir
  6. Rosa...estes tops são bem confortáveis!
    Ainda bem que os sabe fazer na perfeição!
    Bj amigo e vá aparecendo

    ResponderExcluir
  7. Rosa,assim como a Lisete também não tenho blog ou face, mas procuro seu blog toda semana e sempre me encanto com suas histórias e fico morrendo de vontade de costurar tudo o que você costura. Ler suas aventuras como filha, mãe , costureira, é uma delícia, parece que a conheço há muitos anos, e sempre aprendo algo com você. Beijos

    Solange Toniatti


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Solange querida, então agora me sinto com mais responsabilidade ainda, face à tua visita semanal... Espero não decepcionar e saiba que me faz muito feliz por aparecer... Beijos!

      Excluir
  8. Muy bonito te quedaron y muy prácticos.
    Un beso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E são facílimos, como você pode ver pelas imagens... Obrigada pela visita, minha querida que sempre me visita da Espanha... Beijos!

      Excluir
  9. Rosa,estou aqui. Todos os dias entro prá ver se vc postou alguma coisa. Se não, aguardo como criança esperando presente de natal. Se sim, é quando quando a criança encontra o presente, abre e é exatamente o que ela queria. Vc me faz sempre muito bem.
    Fiquem bem querida, vc e sua mãezinha. Somos bem parecidas nisso, a correria, as dorezinhas (artrose, artrite, etc)o amor e cuidados com a mãezinha...e o amor à vida, à família, a recusa em desistir da luta. Somos guerreiras, afinal!!!
    Sempre aprendo muito com vc e sou muito grata.
    Estou aqui, esperando o "presente de Natal", não importa quanto tempo ele demore, sempre vale a pena a espera. Um grande beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos os dias, minha querida Marili? Meu Deus, não sou merecedora de tanto carinho... Muito obrigada, você não sabe como me fez feliz com esse comentário tão carinhoso... Espero não te decepcionar. Beijos.

      Excluir
  10. Rosa,estou aqui. Todos os dias entro prá ver se vc postou alguma coisa. Se não, aguardo como criança esperando presente de natal. Se sim, é quando quando a criança encontra o presente, abre e é exatamente o que ela queria. Vc me faz sempre muito bem.
    Fiquem bem querida, vc e sua mãezinha. Somos bem parecidas nisso, a correria, as dorezinhas (artrose, artrite, etc)o amor e cuidados com a mãezinha...e o amor à vida, à família, a recusa em desistir da luta. Somos guerreiras, afinal!!!
    Sempre aprendo muito com vc e sou muito grata.
    Estou aqui, esperando o "presente de Natal", não importa quanto tempo ele demore, sempre vale a pena a espera. Um grande beijo.

    ResponderExcluir
  11. Rosa,estou aqui. Todos os dias entro prá ver se vc postou alguma coisa. Se não, aguardo como criança esperando presente de natal. Se sim, é quando quando a criança encontra o presente, abre e é exatamente o que ela queria. Vc me faz sempre muito bem.
    Fiquem bem querida, vc e sua mãezinha. Somos bem parecidas nisso, a correria, as dorezinhas (artrose, artrite, etc)o amor e cuidados com a mãezinha...e o amor à vida, à família, a recusa em desistir da luta. Somos guerreiras, afinal!!!
    Sempre aprendo muito com vc e sou muito grata.
    Estou aqui, esperando o "presente de Natal", não importa quanto tempo ele demore, sempre vale a pena a espera. Um grande beijo.

    ResponderExcluir
  12. Desde que vi teu blog pela primeira vez me encantei não fica triste não ainda tem seguidoras fiéis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Ana querida. Vou me esforçar prá nunca desencantar você... Beijos!

      Excluir
  13. Rosa, eu não vou te abandonar. Me encanto com suas "conversas" leio tudo e adoro. Eu também perdi algumas seguidoras. Deve ser os tempos de facebook, mas isso passa. Não percebem o valor não só das suas receitas, mas da sua sinceridade e amizade. Sim, amizade, porque você se abre como se fossemos amigas, e eu gosto muito das suas 'estorias'. Me lembra uma conversa gostosa com minha mãe ou minha vó, as quais não tenho mais. Fico feliz de ver que a instituição familia ainda existe, como a sua. Enfim, quem te abandonou não sabe o valor de um blog, se só querem receitas,que comprem. Mas uma boa conversa não se encontra em qualquer lugar. Beijos no coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também me sinto conversando com uma amiga, Shandra querida. Na verdade, com várias amigas, todas aquelas que perdem um pouco do seu precioso tempo comigo... Beijos e muito obrigada pela gentileza.

      Excluir
  14. Ola amiga seu blog é lindo ,venha conhecer o meu cantinho e me seguir se desejar ok ?... bjinhos tenha um dia abençoado .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já fui, minha querida. Espero ver o blog crescer e ficar lindo, vou acompanhar. Beijos!

      Excluir
  15. Ola amiga seu blog é lindo ,venha conhecer o meu cantinho e me seguir se desejar ok ?... bjinhos tenha um dia abençoado .

    ResponderExcluir
  16. Rosa, o google resolveu excluir todos os seguidores de qualquer blog (não é só o seu) se a pessoa não tem conta no google. Todo mundo perdeu muitos seguidores. Eu devo ter perdido uns 200 ou mais. Nunca dei muita atenção a isso, pois o meu blog tem o intuito de divulgar o curso. Quem digita "curso de costuras em Belo Horizonte" vai cair no blog - atinjo o meu objetivo. claro que gosto de me interagir com as amigas que fiz aqui e quem é amiga mesmo vai me procurar, não precisa seguir. Eu as procuro sempre e nem sempre faço comentários, coisa que demanda tempo. Há também a opção de seguir por e-mail ou FB. Seu blog é uma ótima aula de tudo. Eu aprendo muito vindo aqui. Aprendo muito com você, minha heroína!!!
    Fácil de fazer os tops, não é? tão útil, mas para mim não dá - tenho seio grande, não segura!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muita sabedoria da tua parte, Helena querida. Vou me esforçar prá enxergar mais do teu jeito. Quanto ao top, que manequim você é? Olha que, se você usar malha ponto roma segura até manequins grandes, como o da minha irmã, que é busto 52... Beijos.

      Excluir
  17. Oiee minha querida obrigado pelo teu carinho em meu cantinho. ...já vou te seguir por aqui tbm...ok tenha um lindo fim de semana Bjus com carinho

    ResponderExcluir
  18. Oi Rosa,eu também sempre estou aqui lendo suas histórias, vendo seus trabalhos e me inspirando em você. Olha, no molde da Marlene Mukai não tem margem de costura, é preciso colocar, acho que vc se enganou.Melhoras para vc e sua mãe .Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, então eu dei sorte de ter encaixado perfeitamente na gente... Mas obrigada pelo aviso, Suze querida. Beijos!

      Excluir
  19. Olá Rosa. Eu sei como é, desde que a minha filhinha partiu andei muito desanimada, nunca mais andei pelos blogs, e agora que estou de volta vejo que também perdi seguidores, mas paciencia, como você muito bem diz, o blog é para passar conhecimentos e quem gostar pode sempre ir aprendendo algo. Eu sou uma seguidora e copiadora das suas ideias e explicações, o que agradeço muito e peço a Deus que lhe dê saúde e muita abundancia de tudo o que é bom em sua vida, porque é uma pessoa generosa, como Deus quer. Eu continuo a gostar das suas postagens, tenho o problema dos tecidos elásticos, acho que ainda não testei a máquina o suficiente até chegar no ponto certo.
    Gostei muito destes tops, e se apanhar um retalhinho de malha vou experimentar, sempre dá para testar o ponto elástico. Beijinho muito grande, e muito obrigada por partilhar os seus conhecimentos.
    http://miminhosdaidalia.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto muito por saber da partida da tua filhinha, Idália querida... Nem sei o que posso dizer, exceto que tudo na nossa vida tem a misericórdia divina por trás, mesmo que os olhos cheios de lágrimas não consigam enxergar... Muito obrigada pelo carinho e pelas lindas palavras, minha irmã. Beijos.

      Excluir
    2. Obrigada pelas suas palavras amigas Rosa querida. Não existem palavras que sirvam de consolo mas é bom sentir que , mesmo de longe me dá uma palavra amiga. Só hoje vi o seu comentário lá no meu Miminhos da Idália. Desculpe o atraso na resposta. Obrigada por ser tão generosa, vou tentar fotografar tudo, ou no minimo os moldes, antes de publicar. Beijinho muito grande minha querida.

      Excluir
  20. Adorei o Pap, pena que não consigo usar um top assim...até gostaria mas minha cervical reclama muuuito quando tento vestir e principalmente tirar um desses. Só se eu colocar uns botões ou outro tipo de fecho na frente, quem sabe!!
    E não se preocupe com os números de seguidores Rosa. esses que se foram só querem quantidade e não se preocupam com qualidade. E isso você tem de sobra!!
    bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também tenho certa dificuldade de vestir os meus, prá falar a verdade... Preciso de ajuda e, por sorte, sempre tem uma filhinha por perto, ou o marido... Mas já pensei em fazer um modelo com abotoamento, quem sabe eu desenvolvo um uma hora dessas... Beijos, Luci querida!

      Excluir
  21. E se eu também sumir de vez em quando, é porque os afazeres só aumentam e a esperteza da pessoa aqui só diminui rsrsr Mas sempre dou um jeitinho de passar por aqui ok. bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A esperteza diminui nada, bobinha... e eu sei como é, cada vez a gente tem mais coisa prá fazer e menos tempo...

      Excluir
  22. Vira e mexe eu venho e não sou seguidora, sou apenas uma admiradora anônima.
    Ana de BH

    ResponderExcluir
  23. Adorei o pap do top, perfeito, gosto muito das suas costuras, até já fiz algumas, a senhora me ensinou a dar valor, aos retalhos de tecido que ficam jogados pelos cantos das lojas:-D Mas me ensinou muito mais com suas histórias de vida e amor! Fica com Deus!
    Ana

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...