Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Par de vasos

Pesados como porcelana, lindos como porcelana mas... são feitos de canudos de papelão, folhas de revista e feijões!
Totalmente reciclados!!!


Feitos prá serem dados de presente prá alguém, no próximo Natal - mais provavelmente minha enteada, que adora decoração - mas minha família amou tanto que me proibiu de dar (querem que fique com a gente mesmo...)

Começou assim: dois canudos de papelão monstruosos, grossos e pesados, que vieram envoltos em filme PVC. Desses você não acha prá comprar em super mercado: cansada de comprar aqueles mixurucas, que só tem trinta metros - e cobiçando aquele que tem na padaria perto de casa... - pedi pro Marildo conversar com o dono do lugar, ver se ele vendia algum prá gente. Desde aquele dia só usamos desse, dura quase um ano, nem sei quantos metros tem o danado, mas vale super a pena (e ainda fico com os canudos...):

Enquanto eu usava o PVC ficava bizoiando os canudos, imaginando o que fazer com eles quando acabasse...


Pensei que era um canudo só, mas os dois vieram colados no meio, um no outro - adorei, deu prá fazer o par de vasos que eu queria!


Revista comprada a um real no sebo, especificamente prá essa finalidade: veio três revistas numa só, sem os moldes... Peguei um palito de churrasco, arranquei com jeitinho as capas e todas as folhas...



Os canudos eu aprendi a fazer neste vídeo abaixo, mas usei a folha inteira, enquanto a mulher usa apenas pedaços dela...



Enrolei os canudos e, de cada um deles, fui fazendo os caracóis...


Escolhi sempre pro lado de fora onde a folha tinha mais estampa, mais cor - assim os caracóis ficam mais bonitos...


O caracol faz assim: Depois que ele tá seco, começa por uma das pontinhas a enrolar.


Quando tá quase no fim, dá uma paradinha, esmaga com o dedo o pedacinho que falta, prá ficar plano...


Põe uma gotinha de nada de cola branca...


Espalha bem com o dedo...

E cola, segurando por alguns segundos prá não soltar. Colei todos nos vasos com cola quente - cola branca leva a vida toda prá secar, fica escorregando da superfície...


Colei no vaso todo e, nas bordas, fiz caracóis com metade da folha, prá ficarem menorzinhos.


Espia só que cores lindas! E, nos buracos, colei feijão! Se tivesse colado feijões pretos, até que ficava lindo só no verniz...


O patrão queria que ficasse só assim, pois adorou as cores...


Alguém pode culpá-lo? Mas não, tinha que pintar, prá dar o ar de porcelana - tem gente que até acha bonitinho ser feito de papel, mas - no fundo, no fundo - acha coisa de pobre, coisa vagabunda, não dá o menor valor. Infelizmente é assim, fazer o quê...


Peguei uma tinta spray que eu tinha em casa - já vencida e entupida... - de quando a Lola fez um trabalho na faculdade. Não tive coragem de jogar fora, sempre pensei em dar um uso prá ela...


Meu garoto desentupiu e me ajudou a pintar - ele é meu anjinho da guarda, meu amado ajudante. Quase tudo o que se conserta ou faz nesta casa tem nossos dedinhos juntos, pois o Marildo não leva jeito prá consertos. Tem até boa vontade, mas acaba sempre se machucando. Não pode nem cortar uma maçã no meio, é um perigo quando mexe em faca...


Aqui os dois bem pintadinhos e secando na garagem...


Por dentro também pintei - só que demorou uma eternidade prá secar. Acho que por causa da tinta estar vencida só secou ao toque depois de uma semana!


Olha o novo canudo de PVC - gigante, né? Um dia vai virar outro vaso - acho que azul escuro com branco e prata, da próxima vez...


Aí eu decidi dar uma incrementada no vaso - ele só no vermelhão ficou muito "cheguei" pro meu gosto. Novamente o Marildo foi contra - achou que ficou lindo demais assim, tomatado...


Com um pincel de cerdas duras eu pintei tudo de preto. "Mas Dona Rosa do Céu!!! Danou tudo!! Que diacho é isso?!!" Calma. Eu fui pintando por partes...


Daí fui passando um trapinho molhado por cima, prá deixar o preto só nas reentrâncias...


Bem assim, ó...


E então, prá dar uma emperuada nos vasos, nada como um pouco de ouro - tinta acrílica dourada, passada assim: numa bandejinha de isopor coloquei uma espremidinha de tinta, espalhei com o pincel, daí peguei uma esponja de lavar louça bem sequinha, pressionei sobre a tinta espalhada e fui carimbando de leve todo o vaso, somente sugerindo o dourado...


Por cima também...


E aqui os vasos quase prontos...

Em alguns buracos eu coloquei caracoizinhos pequenos, prá não ficar só nos feijões...



Depois, bastou uma demão de verniz semi-brilho e ficou do jeitinho que eu mostrei no início da postagem...

Mas não fica triste se você não tem uns canudos desses prá você fazer: usa garrafa pet que vai ficar lindo também - e ainda pode colocar água dentro, com flor de verdade... 



Agora, você que adora reciclagem como eu, vai na Maria Amora no You tube (é só clicar no nome dela que vai prá lá. A mulher é uma sumidade, expert, doutorada e phD em utilização de coisas que normalmente iriam pro lixo e que ela transforma em pura arte...



Um dia serei assim...

Detalhe: a cada etapa desse processo eu fiquei imensamente feliz. Tudo que eu faço me deixa feliz, seja tricô, costura, etc - mas reciclar algo que ia pro lixo e deixar no lugar algo tão lindo é demais da conta de bom. Dá um orgulho, um sentido de capacidade... 

Recomendo a todos.

11 comentários:

  1. Mas tem que ficar muito orgulhosa mesmo! Que belezura...
    Adorei a dica da Maria Amora também!

    O ser humano tem a necessidade do prazer do artífice para sentir-se completo, sabia disso? É por isso que dá tanta alegria criar e fazer coisas.
    Bjs querida e Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Adorei este trabalho e um dia puder...também vou fazer!!!
    Ficou lindo! Bj amigo

    ResponderExcluir
  3. Oi Rosa,
    Adorei seu trabalho! Muito interessante.
    Parabéns.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Inacreditável, querida. Duas belíssimas jarras nascidas do nada! Adorei! Eu também não conseguiria desfazer-me delas.

    A luminária branquinha é um porta velas. Comprei nos saldos da Zara Home.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Rosa,sou igualzinha a você: me sinto tão feliz quando faço algo assim! Esses jarros ficam lindos num aparador, no chão, dando boas-vindas para quem entra em casa... São tão lindos que eles apenas se bastam.
    Beijos


    ResponderExcluir
  6. Rosinha, que belo trabalho, quem diria que são feitos de canudo?
    deu uma trabalheira, mas valeu a pena, são originais e lindos,
    bom final de semana amiga, beijo

    ResponderExcluir
  7. Passei e encontrei o seu blog, estive a ver e ler algumas coisas, não li muito, porque espero voltar mais algumas vezes, mas deu para ver a sua dedicação e sempre a prendemos ao ler blogs como o seu. Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante, deixe um comentário, e se desejar fazer parte de meus amigos virtuais, esteja à vontade, irei retribuir. Mas por favor não se sinta coagido, siga apenas se desejar. Abraço. António.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  8. Rosa, rosinha!

    Muito interessante seu trabalho!

    O efeito final é lindo!

    Eu adoraria dar esse tipo de arte para os alunos...se eu não fosse aposentada...hehehe...nossa...fiquei imaginando o leque de possibilidades...dia das mães, pais, objetos para eles próprios colocar lápis e trecos...nossa!!

    Beijinhos e tenha uma ótima semana,

    Lígia e =^.^=

    ResponderExcluir
  9. Além de arteira voce ^ é uma artista , parabéns ficaram lindos !

    ResponderExcluir
  10. Que supimpa que ficou! Parabéns! Vou falar pro meu marido, que ele é expert em tecer cestas! Meu sogro fazia cestas de vime, móveis, várias coisas em vime. Quando casei, meu marido confeccionou todos os certinhos dos banheiros em vime, uma graça! Fez também um vaso grande, onde coloquei um arranjo de flores de palha, ficou lindo!
    Quem tem criatividade vai transformando!
    bjs Nina

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...