Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Só porque me faz feliz!


Adoro quando minha velhinha vem me visitar... Ela toca a campainha e eu espio pelo vidro da porta: aquele espirrinho de velha, segurando com a mão na grade do portão porque já não tem mais tanta firmeza nas pernas...

Essa velha deveria ser clonada: costureira, bordadeira, tricoteira... Pedreira, azulejista, encanadora, eletricista... Pintora de quadros e cantora de fados - tudo o que ela se predispuser a fazer, faz bem feito!

Dias atrás, na sexta-feira anterior ao Dia das Mães, ela veio me visitar trazendo um corte de pano - prá eu fazer um vestido fresquinho prá mim. 

Disse que ia fazer e me presentear, mas não enxerga mais prá enfiar a linha na agulha - mácula degenerativa nos dois olhos. Triste, não é? Tá ficando ceguinha - ela, que sempre enxergou as dificuldades com fé em Deus, que carregou o mundo nas costas por tantos anos, agora precisa de quem lhe tire os pelinhos da sobrancelha e lhe leve pros lugares pela mão (meu irmão estava com ela...), igual criança.

Mas é lúcida! Ontem mesmo esteve no Pronto Socorro do Tatuapé com meu irmão, que há dois meses está sofrendo com uma unha encravada infeccionada no dedão do pé - discutiu com o médico até fazer exame de diabetes, pressão  e receitar antibiótico (e o médico a chamou de "velha danada", disse que ela é uma boa argumentadora e muito inteligente, que meu irmão tinha sorte...).

Bom, no dia em que ela me trouxe o paninho de presente, reparei que ela usava seu vestido favorito de malha, feito por ela, anos atrás. Estampadinho de flores miudinhas, como ela gosta... Mas, olhando de perto, reparei que tinha um montão de desfiados, de furinhos pequenos - o vestido tá indo embora de tanto uso... E ela ganha vestidos prontos de todos os filhos, mas teima em usar aquele, por causa da estampa... Pensei que chegou finalmente a hora de se inverterem os papéis: agora eu devo costurar tudo prá ela, não somente o que ela me pede, mas principalmente o que meu coração pede...

Quando ela foi prá casa, liguei pro celular do meu irmão e pedi prá ele "passar a mão" sorrateiramente no vestido, assim que desse, sem contar prá ela, e trazer prá mim, prá eu fazer o molde. Por sorte ela estava no banho, se preparando prá ir na missa da tarde, com ele - ia ser "pá-pum" fazer um vestidinho novo prá ela.

Meu irmão desceu correndo a rua, com o vestido na sacolinha e disse que ela nem ia dar pela falta, pois tava no cesto prá lavar...

Eu falei prá ele dar uma passada na minha casa depois da missa que o vestido estaria pronto - pois eu tinha um pedaço de malha guardado, com o qual pretendia fazer um vestidinho prá mim, uma hora dessas...

Num instantinho fiz o molde, cortei o vestido, passei ele todinho no overloque e fiz as bainhas com agulha dupla na Janome 2008, imitando galoneira - ficou tão profissional, lindo demais. 

O tecido foi este aqui - esqueci de fotografar o vestido, devido à pressa:


Lindo, não é mesmo?

Aí meu irmão passou em casa, duas horinhas depois e levou o vestido de surpresa prá ela. Passados alguns minutos ela me liga, toda feliz, que o vestido era lindo, que tinha adorado, já estava até vestindo; "Ai, filha, que tecido delicioso! Parece que eu tô pelada..." - essa minha velha...

Mas por que só um? Pedi pro filhão e ele me levou na loja, onde comprei mais dois cortes de liganete (também conhecida como malha fria) e fiz mais estes dois aqui:





(Esta última foto eu tirei prá vocês verem o detalhe do viés no decote e apreciarem o cabelo azul da minha Naninha - lindo, né? Vai desbotando com as lavadas, daí fica louro platinado... Da próxima vez vou pintar de rosa...).

Ela amou todos, especialmente o preto - achou muito chique. Óbvio que nela fica mais certinho - a modelo é minha filha Nana, mais magra que minha mãezinha.

Olha de perto os dois paninhos:



São lindos, você acha na loja ModaModa, aqui no bairro da Penha, na rua lateral do Shopping Penha (rua Antonio Lobo, acho que o número é 50...). Tem estacionamento no Shopping, mas dá prá vir bem fácil de transporte público: desce na estação de metrô Penha, pega o ônibus Limoeiro ou qualquer outro que passe em frente ao Shopping (pergunta antes pro motorista...) e desce quase na porta! Você só acha lá essas estampas miudinhas em malha, mas tem um montão de coisas lindíssimas, de fazer a gente pirar de vontade de comprar... Não tô ganhando prá fazer propaganda deles - na verdade, eles nem sabem... - mas é porque o preço é bom, o atendimento é muito atencioso e eu quero que eles tenham muito sucesso, que assim eles vão continuar abertos e eu sempre vou ter loja de tecidos prá comprar perto de casa...

Quanto ao vestido, não passa de uma camiseta de malha encompridada - mais fácil de fazer, impossível! O decote é um "V" arredondado na ponta, prá ficar mais fácil aplicar viés. Foram feitos na overloque, mas poderiam ser feitos com ponto elástico da máquina.

O metro desse tecido está custando R$13,90 e gastei 1,20 m em cada um deles - custa tão pouquinho fazer minha velha feliz!!!

37 comentários:

  1. Oi Rosa!
    Que delícia ter a mãe morando tão pertinho!
    Esse sempre foi meu sonho, quando era solteira, sempre dizia pra minha mãe que quando eu cassase ia morar pertinho dela!
    Mas a vida nem sempre combina com nossos sonhos né?E acabei indo morar bem longe dela.
    Agora só umas visitinhas de vez em quando.
    Os vestidos ficaram muito lindos!
    Bjus e um bom fim de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, mas o que importa é os corações estarem ligados, não é mesmo? Tenho certeza de que tua mãezinha sabe o quanto você gosta e se preocupa com ela...

      Beijos, Márcia querida e tenha uma linda semana!

      Excluir
  2. Lindas: Avó, mãe, filha e vestidos.
    beijo, bom final de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Cláudia querida. Beijos e tenha uma linda semana!

      Excluir
  3. Amiga querida, ficaram lindos os vestidos! Mas o principal é a alegria da sua velhinha tão querida. Custa tão pouco fazer uma pessoa feliz, proporcionar alegria ao outro é tão bom! Aproveite bastante a companhia de sua mãe, faça muitos mimos para ela, independente do que ela tenha feito por você, ela merece, é mãe. Quem dera eu ter a minha por aqui ainda. Cada vez que vou para a máquina de tricô lembro-me dela. Se ela estivesse aqui, eu já teria feito muito mais peças na máquina, com o auxílio dela. Mas o Senhor quis que ela fosse tricotar para Ele e a chamou... Sinto muita saudades dela. Muitos beijinhos para você e para ela. Bom final de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mãe é uma das melhores coisas da vida, não é mesmo? Tudo o que elas fazem por nós, tudo o que nos ensinam... Mas Ele tá tomando conta da tua mãezinha, e um dia - num futuro distante - vocês estarão juntas novamente, Ligia querida. Beijos e tenha uma ótima semana.

      Excluir
    2. Obrigada, minha querida. Tenho certeza que onde ela estiver, está bem. Beijinhos.

      Excluir
  4. É muito bom saber costurar, não é mesmo? Também faço roupas prá minha mãe, e ela também gosta deste tipo de estampa assim miudinha. Mas como você disse, é difícil de encontrar. Essas suas são lindas! E como sempre, sua esperteza me impressiona: como assim, fez o molde, cortou e costurou! Tudo isso em apenas duas horas?
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a overloque - é rápida, a gente fecha a peça num instantinho... Beijos e obrigada, Luci querida. Tenha uma linda semana!

      Excluir
  5. Obrigada amiga pelo incentivo!
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu é que agradeço pela tua amizade, Márcia querida! Beijos!

      Excluir
  6. Que fofo Rosa,que bom que pode fazer esses mimos pra sua mãe, aproveite mesmo! bjs Nina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Nina querida. Beijos e tenha uma linda semana!

      Excluir
  7. Que ternura Rosinha, faz-me lembrar a minha velhinha, vaidosa, e sempre
    a pedir para eu fazer algo novo, eu faço, claro, amo essa velhinha e
    gostei muito da sua, beijos para si e para ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Mira querida. Faz bem em mimar tua mãezinha, essas nossas velhinhas merecem...

      Beijos!

      Excluir
  8. Oi Rosa, que bom ter a sua mãe por perto. A minha fica longe, ainda trabalha e a vejo tão pouco.
    Os vestidos ficaram ótimos.
    Você vai precisar de 2 novelos, para fazer as golas. Eu usei 2 da flash com 200g cada.
    Depois quero ver sua arte.
    Beijos e bom fds

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa! Que mãe nova, ainda trabalha! Mas dá prá dar umas mimadinhas de vez em quando, tenho certeza, Carla querida.

      Beijos e obrigada pela dica - acho que vou fazer um beanie, não tenho lã suficiente...

      Excluir
  9. Oi Rosa, mas que filha maravilhosa a sua mãe tem! Que amor!
    Parabéns, os vestidos estão lindos.

    Concordo com seu filho que se todo mundo tivesse ajudado ao homem da montanha teria sido muito mais fácil, mas o que mais me admira é que mesmo sem ninguém ajudá-lo, ele não desistiu, não sentiu raiva das pessoas que passavam por ele, usavam o caminho e não diziam nada e algumas até o ridicularizavam, achavam que estava louco, que um homem sozinho não conseguiria fazer aquilo.
    Achei essa uma as maiores demonstrações de amor ao próximo que já vi.
    Bjs querida e ótimo final de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi uma demonstração maravilhosa mesmo, um exemplo prá inspirar todo o mundo... Se tivessem ajudado ele, a história morreria lá no vilarejo, não atravessaria o mundo, não é mesmo?

      Beijos, Doutora querida, e obrigada!

      Excluir
  10. Rosa...parabéns pelos vestidos...adoro esse padrão!
    É bem ser velhinha e ter uma velhinha por perto!
    Bj amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Maria da Graça querida, é muito bom ter minha velhinha perto de mim - assim como você tem...

      Beijos!

      Excluir
  11. Oi Rosa quanta bondade vc tem fico feliz qdo leio o que vc publica, qto a unha encrava um bom podólogo (eu conheço um que me consertou uma unha pisada que o médico queria tirar) vai resolver e se quiser indicação entre inbox no face. Bjs e bom final de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela boa vontade, Thelma querida! Meu irmão já começou com o antibiótico e já está bem melhor, graças a Deus.

      Beijos e tenha uma linda semana!

      Excluir
  12. Lindo seu carinho! Lindo os vestidinhos! beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, minha querida. Beijos!

      Excluir
  13. Oi,Rosa querida!
    Me emociono sempre que a questão é Mãe!
    Amo a minha velhinha assim como você ama a sua!Demais...demais...
    Minha mãe é assim também quando gosta de uma roupa usa atééééé.
    Tudo de melhor para você,querida,por todo amor que tem a sua mãezinha!Ela merece!!
    Beijos com carinho...........Cristina Peres RJ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Cristina querida, por todo esse carinho. Beijos e tenha uma ótima semana!

      Excluir
  14. Oi Rosa!!!
    Adoro ler seus posts!!!
    Esse de hoje me deu saudades da minha mãe, uma lágrima teima em cair mas caio na real e fico feliz por ver tanto carinho seu, por sua mãe!!!
    Queria ter visto a reação dela ao receber o presente!!!
    Tenha um lindo final de semana!!!
    Bjos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha querida Zilnete, tenho certeza de que tua mãezinha está sempre do teu lado, pela graça de Deus, que é bom e amoroso e jamais separaria em definitivo pessoas que se amam...

      Tenha uma linda semana. Beijos e obrigada.

      Excluir
  15. Rosa, você não existe! Quer dizer... ainda bem que VOCÊ EXISTE, SIM! pra nos contar essas histórias lindas e nos passar dicas maravilhosas de fazer o bem...Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Ildete querida, é muita gentileza da tua parte dizer essas coisas tão lindas prá mim. Beijos e tenha uma linda semana!

      Excluir
  16. Adorei tudo: as receitas, a escrita, etc. Que jeito lindo de contar histórias. Parabéns pelo blog! Vim aqui por uma blusa linda em crochê-pipoca e me deliciei com tudo mais que encontrei por aqui! Bjks!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Fátima querida. Fico feliz que você veio me conhecer e gostou. Beijos e tenha uma linda semana.

      Excluir
  17. Rosa, você é uma pessoa linda!!!
    Sua mãe é uma sortuda ter uma filha assim, tão carinhosa e dedicada. São os frutos que ela plantou, não é?
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada minha querida Helena. Na verdade, eu é que sou sortuda, tenho a melhor e mais talentosa mãezinha do mundo, ela vale ouro...

      Beijos e tenha uma linda semana!

      Excluir
  18. Uma historia linda, de encantar, de ninar.
    Os vestidinhos, deliciosos.
    Tenha um domingo feliz, querida Rosinha.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Nina querida! Beijos e tenha uma linda semana!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...