Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

terça-feira, 15 de abril de 2014

Que tal uma lasanha com muito sabor e nenhuma culpa???

Quiném esta aqui:

Pena que ainda não inventaram computador que exale cheiro e monitor que dê prá dar uma lambida, senão o que ia ter de gente dando uma de Madona:

Só tenho a dizer uma coisa: minha senhora, se comporte! Já dobrou o Cabo das Tormentas, depois que tanta água já rolou debaixo dessa sua ponte e agora vem com essa história que também faz serviço de casa, se maquia até com cílios postiços, põe correntinha na cabeça e vai lamber o box do banheiro? Tenha vergonha...

Ai, cada louco com suas manias... 

Vamos ao que realmente interessa: comida boa. Sabe do que essa lasanha é feita? Acelga. Isso mesmo, essa coisa cheia de folhonas aqui:

Amada pelos orientais - lá no bairro da Liberdade você compra uma conserva feita com ela que fede como coisa podre (chamada Kimchi) - fedor horripilante mesmo, de dar náusea... - mas que é absolutamente incrivelmente maravilhosamente deliciosa! 

O Marildo e o meu Raspinha de Tacho se esbaldavam com ela, eu e as meninas torcíamos o nariz, saíamos de perto, frescas que somos - até o dia em que nos desafiaram a provar...

As nuvens se abriram no céu, um raio mágico de sol desceu e veio iluminar a fedida acelga - e desde esse dia a bendita é disputada folhinha a folhinha...

Bom, mas vamos à Lasanha de Acelga.

Primeiro que tudo tem que fazer um molho delicioso - porque se o molho for bom, a gente come até papelão picado regado com ele. 

Pouco óleo - uma colherinha de sobremesa e nada mais. Azeite é melhor. Frita nesse óleo 3 dentes de alho cortadinhos e, quando o alho estiver frito, joga o extrato de tomate e frita mexendo sempre. Coloca água, mas deixa o molho não muito aguado (porque a acelga vai soltar água também...). Tempera esse molho maravilhoso com azeitona verde picada, orégano, pimenta (eu uso calabresa desidratada...), cheiro verde (salsinha e cebolinha) e sal a gosto (eu faço sal de alho, esmagando alho com pilão e misturando com sal...). Leva prá ferver e, quando ferver mesmo, abaixa o fogo e deixa assim por uns dez minutos.

Enquanto o molho ferve pega a acelga, lava folha a folha e retira a parte grossa e dura do centro, separando a folha em três partes, assim:


Essa parte dura você guarda lavadinha e seca e, no outro dia, pica miudinho e refoga com cebola, alho, tomate, etc e fica uma delícia - não perde nada. Come com arroz e feijão, um ovinho frito e pronto.

Terminou o molho você monta a lasanha: põe um pouco de molho na assadeira, cobre com as folhas de acelga cortadas e cruas. Põe o teu recheio favorito - eu coloquei tofu cortado bem fino (por causa do &%#¢£§ colesterol!), olha só:



Fiz uma ÚNICA camada de fatias de mussarela - que ninguém é de ferro. Vai alternando camadas de folhas, de molho, de recheio - tem que ser uma assadeira funda, pois as folhas fazem muito volume e, depois de assadas, murcham. Não se preocupe se achar que tem molho de menos: como eu falei, a acelga solta água e tudo vai ficar mergulhado em molho com o passar do tempo. Última camada molho, põe um queijinho ralado por cima. 

Agora uma dica extra de sabor: o melhor queijo prá ralar nessa hora é o provolone, pois dá aquela requipimpada no gostinho gostoso. Mas tem uma opção mais saudável e tão saborosa quanto: ricota defumada com pimenta. Muitos supermercados tem, a maioria dos mercados municipais e casas que vendem frios. É própria prá ralar e tem um sabor fantástico e menos criminoso que os outros queijos.

Leva pro forno prá gratinar - o que é rapidinho. 

Tem que comer sentada na mesa - não dá prá comer na frente da televisão, no sofá, com o prato na mão (coisa feia minha família é, fazemos isso o tempo todo...). Motivo: é difícil de cortar. Massa de lasanha a gente consegue cortar até com o garfo, mas essa tem que usar faca mesmo, tem muita fibra. 

Nota do prato, de zero a 10: 15. Fica fantástica. Até o Marildo, que gosta de tudo muito gorduroso e queijoso adorou, deitou o cabelo nela.

Gente, as propriedades nutricionais da acelga estão todas aí, pois ela não foi fervida e jogada a água fora - tá tudo esperando prá ser aproveitada no molhinho! Zero carbo-hidrato, só um tiquinho de óleo no molho, sabor saindo pelo ladrão - quer mais o quê, "prima"?

Não tem acelga? Ferve um repolho inteiro, separa as folhas e faz do mesmo jeito. 

Pois é: como Presidenta Fundadora dos C.A. (Comidólatras Anônimos) considero esta reunião encerrada!

11 comentários:

  1. kkkkkkk gostei do post além de deixar a
    gente com água na boca pela deliciosa receita
    vc mostra a Madona , então como não senti o
    cheiro deu vontade de lamber a tela rsrsrsrsr
    Adoreiiiii

    Bjusss

    ╭•⊰✿¸.•* Rita!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Rita querida, mas experimenta mesmo fazer a lasanha de acelga, você vai se apaixonar, melhor que com qualquer outra massa.

      Beijos!

      Excluir
  2. Hehehehe, eu também estou nesse clube!
    Rosa que criatividade, nunca pensei em fazer lasanha com acelga…
    Parece ótima!
    Mas faço uma de abobrinha que é de comer rezando.
    Menina, quanto à conserva, se a coisa tem cheiro ruim, não sei se tenho coragem de experimentar…
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também faço uma de abobrinha, temperada com um cheirinho de gorgonzola, que fica fantástica, com molho branco light - uma hora dessas eu posto.

      Beijos, Doutora querida - mas deixa de preconceito, experimenta a acelga em conserva porque vale a pena...

      Excluir
  3. E eu sempre achei acelga tão sem graça e sem gosto! Vou fazer. Vou fazer no próximo domingo, pois domingo passado fiz lasanha com massa de panqueca, bem levinha.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não ia muito com a cara da acelga, solta muita água quando cozinha. Mas essa lasanha fica fantástica e nem dá trabalho, experimenta e depois me conta.

      Beijos, Helena querida!

      Excluir
  4. Ja fiz com beringela, mas assim nunca pensei.vou experimentar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vai adorar, fica maravilhosa e dá menos trabalho que a da berinjela, além de demorar menos tempo no forno. Beijos!

      Excluir
  5. Hummmmm.....Humm.....Hummm......hummmmmmmmmmm!!!!

    Adoro essas receitas natureba, leves e hiper saudáveis.

    Eu costumo fazer com berinjelas e fica delicioso.
    Somente uma vez fiz com abobrinha mas aguou muito.

    Tentarei fazer essa sua receita que é ótima.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa também solta bastante água, por isso o molho tem que ser mais encorpado - mas fica deliciosa. Experimenta fazer e depois me conta. Beijos!

      Excluir
  6. Rosa este pode parecer o primeiro comentário que estou fazendo hoje mas é o ultimo da tarde. Já ri tanto de chorar e encolher a barrida pode? Não sei como poderia descrever tudo o que vejo. Mas uma coisa posso comentar. Teu blog é uma delicia me divirto rindo , aprendendo e admirando muito. Tudo muito divertido e esta da lasanha e Madona ri que a turma aqui em casa perguntavam e diziam ao mesmo tempo ela pirou kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...