Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

O café nosso de cada dia...


Amo. Quando eu era nenenzinha, minha mãe conta que eu abandonei a mamadeira antes mesmo de me nascer o primeiro dentinho prá tomar sopinhas de pão no café com leite - de colherinha (acho que até deve ser por isso que meu coração é sempre tão rápido - o médico fez um holter de 24 horas e disse que meu coração bate mais rápido quando eu estou dormindo do que de uma pessoa correndo...).

Quando menina eu adorava ir na vendinha comprar café: a vendeira torrava e moía na hora e eu vinha carregando o pacote quentinho apertado no peito, sentindo o calor e me deliciando com o cheiro. Até hoje, quando vou pro sítio e, na Castelo Branco, passo pela fábrica de café, eu escancaro a janela, peço pro "Marildo" diminuir a velocidade e respiro fundo, o mais que posso, absorvendo toda aquela deliciosa cafeína no ar. Ahhh! Coisa boa!

Nos tempos do colégio, em véspera de prova, eu fazia um bule de café e varava a noite estudando - isso porque, o resto do tempo eu me perdia lendo livros que não tinham nada a ver - Guerra e Paz, Os Irmãos Karazov, Os Miseráveis - "Uma magricela sozinha, de cara enfiada nos livros mais pesados do que ela"...

Não é que eu seja movida a café: tenho pavor de ser viciada no que quer que seja, então revezo - uns dias eu tomo café, noutros Toddy, noutros chá ou iogurte... Longe de mim ficar dependente do que quer que seja... Mas que café é bom, é...

Tem gente que compara café com droga - justamente porque tem gente que não passa sem ele. O "Marildo", por exemplo, nunca provou café na vida - e fala isso com o maior orgulho, como se dissesse que não fuma, nem bebe, nem usa drogas E NEM BEBE CAFÉ...

Bom, os cientistas, uns anos atrás, quiseram testar os efeitos de diversas drogas em aranhas - e incluíram nossa preciosa cafeína dentre elas. Quanto mais tóxica a substância era para a aranha, mais desestruturada ficava sua teia... Os resultados foram de cair o queixo:

Aqui uma teia normal, de uma aranha totalmente livre de qualquer droga ou estimulante:

Sob o efeito da maconha as aranhas até teciam sua teia mas, de repente, perdiam o interesse e largavam - talvez ficassem entediadas ou distraídas... Acho que agora entendo um pouco melhor meu vizinho do lado:

Sob o efeito das anfetaminas (estimulantes muitas vezes presentes em remédios prá emagrecer...) as aranhas tiveram um pique eufórico, trabalharam rápido e muito energicamente, mas sem muita organização e deixando várias lacunas:

Quando a droga foi o LSD a teia até ficou bonita, psicodélica e artística, mas ineficiente para a função à qual se destina: capturar insetos...

Soníferos? Tadinha da aranha, ficou desorientada e "capotou" de sono...

Quando a droga usada na experiência foi a mescalina - um alucinógeno potente! - A teia ficou muito bonita, mas pela metade. Acho que a aranha ficava vendo insetos onde não tinha, e tecia, tecia...

Agora a pior de todas: cafeína. A teia fica totalmente desconexa, sem centro, perdendo seu padrão de construção lógica e de organização, demonstrando que essa droga, em particular, é a pior de todas para a minúscula cabecinha da aranha...


Gozado, né? Nós seres humanos temos sorte: quantos de nós começam bem o dia, animados e dispostos, após um golinho desse nosso amigo?

Prá homenagear essa delícia, façam o café cremoso mais gostoso do mundo, igual o que tem no site Tudo Gostoso - e que tem em dezenas de blogs por aí. 

1 sachê de café solúvel
A mesma medida de água fervendo
2 xícaras de açúcar

Bate tudo na batedeira, até ficar cremoso igual chantilly:

Coloca num pote de sorvete:


Guarda no freezer e, cada vez que for se deliciar, ferve um leitinho, coloca uma colherona desse café cremoso na xícara e derrama o leite fumegante por cima:
Não congela!





Depois de bem mexido, encosta o ouvido no café e escuta as bolhinhas estourando - igual refrigerante! Aerado, cremoso, maravilha da natureza! E, prá completar a minha felicidade, jiló frito no pão - mulher mais feliz da terra = EU.


Ah, e só prá arrematar: Café não escurece os dentes. Cientistas deixaram dentes de molho em diversas substâncias por uma semana. O café preto não alterou em quase nada a cor do dente, enquanto que o vinho tinto, o chá, a coca cola e os isotônicos alteraram ou mancharam prá caramba o esmalte deles - o pior foi o vinho. 

Assim, aproveite que, apesar de tecer como uma aranhinha, você não é como ela! Pode beber seu cafezinho sem medo, e com muita alegria, graças a Deus - né Rosa?

16 comentários:

  1. Que aula mais interessante essa, hein? você bem que podia ter sido professora (se é que já não foi)Assunto bom e cheiroso esse, deu vontade de ir lá passar um café fresquinho, ou será quentinho? Mas esse café cremoso eu vou fazer, deve ficar muito bom mesmo, se bem que o meu vou tomar com o leite de soja como sempre!
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ia adorar ser professora, acho que nasci prá coisa mesmo...

      Mas café é um negócio: é só eu ver alguém bebendo que eu também quero, então agora, só de responder a postagem e mesmo quase sendo hora do almoço, queria beber outra xícara... Faz o seu e depois me diz como ficou com leite de soja, quero saber.

      Beijos!

      Excluir
  2. Fiquei perplexa com a experiência com as aranhas. Amei a teia feita sob o efeito do LSD rs

    Eu nunca tive o prazer de ver ninguém moendo um café. Desde que me entendo por gente, minha mãe já usava café solúvel. A propósito, Rosa, o café solúvel que tu citas na receita é tipo nescafé? Um sachê (saquinho) não é muito? Achei tão pouco de água...
    Quero fazer, eu água na boca.

    Nunca ouvi falar de sanduíche com jiló frito. Também nunca comi jiló.

    O dente da minha filha estava horrível, manchado. Fiquei desesperada. A dentista limpou, e descobrimos que era do suco de uva.
    Fala sério, teu marido nunca tomou café na vida?! Incrível!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achei a de LSD a mais bonita - assustador isso...

      Café torrado e moído na hora, depois passado num coador de pano é outro universo de café... O aroma, o gostinho, fica na memória prá sempre!

      O café da receita é tipo Nescafé mesmo, daquele instantâneo. Gosto mais da marca Itaipu, mas o meu eu fiz com Melitta, porque era o que tinha no mercado.

      Nunca comeu jiló? É meio que um parente da berinjela, com a textura e as sementinhas bem parecidas, só que redondo, verde por fora e bem mais amargo. Eu amo de paixão, desde pequena - só cozido no microondas e temperado como salada, ou refogado com alho cebola e tomate, mas o preferido é frito em rodelas e encher bem o pão com ele - Hummm!

      Na minha casa a gente não bebe nada alcóolico, mas o suco de uva também manchou os dentes do "Marildo", porque ele bebe o tempo todo. Tem que correr e escovar mesmo.

      Ah, mas ele já tomou cafeína em remédio de gripe - será que isso conta?

      Beijos!

      Excluir
  3. Hummmm um cafezinho sempre cai muito bem...
    Eu adoro o cheirinho de um cafezinho fresco!
    Adorei o post...
    Bjs e boa quinta pra você...
    Cris...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cai mesmo... Podia beber o tempo todo... Só o cheirinho já dá água na boca - até a palavra é apetitosa, não é?

      Beijos e boa quinta prá você também!

      Excluir
  4. Oi Rosa eu adoro café, ainda mais feito naquelas máquinas de café expresso, humm amo...acho que essa fábrica da Castelo é a do Café Pelé, aqui pertinho de casa, eu sempre sinto esse cheirinho,rs....agora jiló é delicioso gosto refogadinho, no pão, nunca comi ....vou experimentar.......bjos..Elaine....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, que paraíso! então o perfume do ar aí perto da tua casa é sempre esse? Maravilha!!!

      Experimenta o teu cafezinho com o jiló fritinho no pão - se você já gosta de jiló, esse é o jeito onde ele fica mais irresistível...

      Beijos!

      Excluir
  5. Oi Rosa, puxa que interessante essa experiência, mas tadinhas das aranhas...

    Olha querida ,o café, consumido com moderação (até três xícaras de café coado por dia, mas se for expresso, só uma porque é bem mais forte), faz bem para a saúde, acelera um pouco o metabolismo, melhora a concentração e a memória e tem anti-oxidantes.

    Tem um trabalho realizado com crianças comparando as que recebiam antes das aulas começarem, um lanche composto por uma fruta e café com leite e pão com manteiga com outro grupo que recebia o mesmo lanche mas sem o café. O rendimento escolar, a atenção e a memória foram muito melhores no grupo que recebeu o café com leite. E não houve mais agitação nem hiperatividade no grupo do café com leite comparando com o outro grupo.

    Então querida, curta seu café com leite sem culpa!
    Menina, sou louca por giló frito, refogado e etc...mas nunca tinha experimentado no pão, vou provar...fiquei curiosa!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Doutora querida, eu só bebo café pela manhã - se eu beber um golinho que seja de tarde, à noite eu não durmo...

      Essa experiência com as crianças eu já sabia - mas mesmo assim o "Marildo" sempre me proibiu de dar café prás crianças... Agora que eles cresceram, nunca bebem, não são chegados.

      O pão com jiló frito é maravilhoso - experimenta, você vai adorar!

      Beijos!

      Excluir
  6. Ah! Ia esquecendo, que coisa mais fofinha esse gatinho de espuma no café! Amei1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindinho... Na internet até já vi um Batman feito assim, uns coraçõezinhos fofos e até desenhos mais elaborados. Verdadeiras obras de arte transitórias e deliciosas...

      Beijo.

      Excluir
  7. hahaha o meu bolo estava no-jen-to?! hahahaha
    Um dia comeremos bolo de maracujá, juntas, batendo aquele papo!
    Não me respondeste sobre o Nescafé(?)

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No-jen-to mesmo (estilo mais descarado de quem-desdenha-quer-comprar). Fala sério: chocolate e maracujá juntos? Chorei.

      Nescafé, Melitta, Itaipu - qualquer instantâneo serve e pode por um pouco mais de água se quiser, mas dá certo de qualquer jeito...

      Beijos!

      Excluir
  8. Então vem pra Belém!!!Será um prazer te hospedar, juntamente com o marildo rs

    bjs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...