Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

sexta-feira, 8 de março de 2013

Máquina do tempo...


Quem não queria uma? Voltar no tempo e viver de novo um momento feliz, abraçar de novo alguém que não vai mais voltar... Ah, Deus, tudo passa tão depressa!!!

Não se enganem, colegas: o tempo não tem piedade! Tira de nós, aos poucos, tudo o que nos dá... Fica a memória (que, aos poucos, também se apaga...), fica a saudade (essa - só aumenta...).

Remexendo umas tranqueiras no maleiro achei uma das frentes-únicas que fiz prás meninas - acho que elas tinham 4 e 5 anos (as blusinhas serviram nelas por muito tempo...). Tirei a foto com elas de costas pro espelho, prá nunca esquecer como ficavam umas princesas (como se isso fosse possível!)... Até passei batom em suas boquinhas lindas - parecia sacrilégio, mas eu quis caprichar ao máximo nas fotos. 

A Naninha parece mesmo comigo - Deus aproveitou muito de mim nela... Até a cara que ela faz, que dá a entender que é uma metida - puxou de mim... Tadinha... Coração de polenta igual à mãe, mas um monte de gente se engana com essa cara... Triste sina - posso contar nos dedos de uma mão as amigas que tive na vida - mas, pelo menos, todas valem seu peso em ouro.



Bom, aí está: as imagens, as lembranças e a receitinha de mãe: façam prás filhinhas e colecionem suas lindas lembranças, prá um dia chorarem de saudades como eu, de tempos lindos que não voltam mais... Ou façam prás suas moçonas, adaptando a receita (e pondo um forrinho por dentro - assim elas podem usar sem medo de mostrar demais)...

4 comentários:

  1. Olá companheira de saudades, também estou nessa fase, sabia?
    Tive dois bebes lindos que hoje são pessoas maravilhosas.
    Meu menino de 23 e minha menina de 17 anos.
    Aqui em casa o ninho está ficando vazio dia a dia.
    Ainda bem que tenho o maridão, meu companheiro nessa viagem chamada vida.

    Bjus e tudo de bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E que venham os netos, Marcia querida, para os recebermos de bracos abertos e enchermos a casa e a vida de novas alegrias... Beijos!

      Excluir
  2. Que lindas suas meninas, são gémeas? os vestidinhos são lindas, que orgulho ter assim duas meninas, que agora se
    terão transformado em lindas mulheres beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elas tem um ano e pouco de diferença - mas são bem parecidas, não são? E são realmente lindas mulheres hoje... Beijos e obrigada, Mira querida.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...