Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Estrelas, mapas e bússolas...

No começo, se movimentar pelo mundo devia ser mais ou menos assim:

- "Onde foi que você achou essas frutas?"

- "Depois que você subir a colina, você desce ela, segue a margem do rio e, quando estiver perto de uma rocha que parece um urso, dá a volta nela, anda até o sol chegar no meio do céu e aí você chegou."

Um contava pro outro, que contava pro outro...

Aos poucos, se guiavam pelo sol - as direções tinham a ver com o lado que o sol nascia, o lado onde ele sumia e a noite chegava... E, nela, você seguia as estrelas - menos quando estava chovendo...

Então o homem inventou os mapas (prá chegar nos lugares e também enterrar e desenterrar tesouros...)

Construiu a primeira bússola...

E continuou se orientando pelo céu, através do sol e das estrelas, usando o astrolábio...

Hoje, temos sorte. Um aparelhinho tão pequeno quanto um GPS (ou um celular) pode nos dizer como chegar em qualquer lugar (quando funciona...)...

Com religião acontece mais ou menos isso... 

Todos nós temos uma mesma busca interior - mesmo que muitos de nós não se deem conta disso: nosso destino é nos aproximarmos do nosso Criador. Fomos todos criados para experimentar a vida, aprender com ela, interagir com todas as outras criaturas saídas da mesma Suprema Imaginação e, com a evolução do sentimento e da razão, chegarmos onde quer que Ele esteja.

Para isso, cada um de nós se utiliza de um instrumento de navegação pela vida (porque é isso que as religiões são: meios para atingir um fim - chegar a Deus) que seja mais adequado à nossa compreensão e entendimento. Orações, conselhos, normas de conduta, direções a seguir.

Quem souber manejar uma bússola, por pior que seja a tempestade, nunca se perde... 

Quem souber ler as direções nas estrelas, navega até durante a noite... 

Se teu instrumento te serve bem - bom prá você! 

Continue a tua jornada em direção ao Pai e ajude aos que te parecem perdidos no caminho, na medida da tua generosidade e intuição, respeitando sempre o livre arbítrio de cada um. 

Jamais despreze os meios que teus irmãos talvez também tenham para  chegar lá - o que importa, realmente, é "Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo". Quem segue essa diretriz, está no caminho certo, independente das flores e das pedras que esse caminho possa ter.

Todas religiões santas, todas tão belas quanto a mais brilhante estrela do céu. Todas capazes de nos guiar até os braços do Pai, que nos espera, independente do nome pelo qual o chamemos - Aquele Pastor que deixa noventa e nove ovelhas esperando e parte em busca daquela que se perdeu...



Os antigos romanos tinham um ditado: "Todos os caminhos levam a Roma" e, conforme o mundo daquele tempo, eles estavam certos. 

Eram um império tão grandioso, com tantos territórios conquistados por toda parte... Para cada território que conquistavam, construíam uma estrada que para lá levasse, a fim de manter o domínio, cobrar impostos, estender a todo império a paz romana... Não importava a estrada que você pegasse, de um jeito ou de outro você chegava em Roma...

Talvez Deus seja um "pouquinho" maior que o Império Romano... Talvez, para chegar até Ele, também hajam muitas estradas, muitos caminhos e atalhos... 

Continue a tua busca, na estrada de tua escolha - caminhando sempre... 



9 comentários:

  1. Que lindo e inspirador texto, D. Rosa.
    Gostei muito. Que Deus lhe abençõe e lhe guie sempre no bom caminho.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Marta, prá você em dobro! Beijão!

      Excluir
    2. Oi, D. Rosa.
      muito obrigada pela sua visita e pelo comentário no meu cantinho.
      Grão é grão-de-bico, sim. Nós costumamos usar grão-de-bico branco, ao qual chamamos apenas 'grão'.
      Pode ver a descrição do que é e a respectiva imagem neste link:
      http://pt.wikipedia.org/wiki/Gr%C3%A3o-de-bico
      Beijinhos

      Excluir
  2. Muito profunda essa mensagem. Gostei muito!!!

    http://raquelcsquadros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Nossa Rosa, que post lindo!
    Uma mensagem de muita sabedoria, tolerância e amor.
    Bjs e ótimo final de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou, Cristiane querida. Beijão e um ótimo domingo prá você!

      Excluir
  4. Nossa Rosa, que texto lindo, bem escrito, com tanta sabedoria! Li três vezes!
    Beijos - tô sumida, mas às vezes apareço. Às vezes apareço e não mostro minha carinha (meus dedinhos)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito grata, Helena querida, por você conseguir um tempinho prá mim, mesmo tão ocupada com suas aulas e tudo o mais! Beijão!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...