Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Porta-bijuterias em madeira

É madeira mesmo, bem pesadinho, feito de pinus - aquela madeira branquinha, bem baratinho. Paguei 4 reais numa loja de artesanato em Itapetininga, interior de São Paulo, da última vez que fui pro sítio.

No lugar de passar um verniz, fiz diferente: tingi com chá mate e cera líquida. E ele, antes de ser customizado, ficou assim:

É bem fácil: você pega uma garrafinha de água ou refrigerante, pega o pó do chá que você quer (pode usar chá preto, chá verde, chá de morango - depende da cor que você quer dar à madeira...), despeja ele seco dentro da garrafa e põe um pouco de álcool. Deixa por algumas horas, coa e passa com o pincel na madeira, seca, lixada e limpa.

Quanto mais vezes você passar, mais escura vai ficar. 

Aí me lembro do livro "Grandes Esperanças", de Charles Dickens. A uma certa altura, alguém (não me lembro quem...) diz ao Pip que os homens são como a madeira: quando são maus, quanto mais verniz se passa por cima, mais se notam as falhas, os defeitos... Quer dizer, você pode se vestir bem, andar perfumado, falar corretamente e ser todo sorrisos mas, se dentro de você houver maldade, hipocrisia, falsidade, quem prestar bem atenção vai perceber tudo isso ainda melhor por causa desse "verniz" todo...

Bom, voltando à madeira: os veios ficaram bem mais evidentes, a madeira mudou de cor - mas não tem brilho. Aí chega a hora da cera. Pega uma cera líquida (eu usei Brilho Fácil amarela) e passa em pouca quantidade com o pincel, mas só depois que o chá secar bem. Quanto mais vezes você passar a cera, mais escura fica a madeira - e também mais brilhante! Legal, né?

Aí pode deixar o porta bijuterias assim mesmo ou pode customizar como eu fiz: feltro adesivo da Alecria. Amores perfeitos que eu fiz assim:
Fita de feltro adesiva com padronagem de tigre. Reparou nos desenhos?

Corta uns pedacinhos onde os desenhos se prestam mais para o que você quer fazer...

Neste caso: pétalas do amor perfeito...

Ajeita tudo bonitinho, acrescenta uns arabescos...

Cola uns botões ou pedraria prá fazer os miolos, faz o contorno de tudo com pincel liner e tinta acrílica preta, faz uns enfeites com tinta dourada e uns pinguinhos de tinta acrílica branca e TCHARAM!!!
Prá finalizar, impermeabilizei as flores com termolina leitosa, que é prá espantar o pó e facilitar a limpeza (que NUNCA pode ser feita com álcool). 

Fiiiiim!

12 comentários:

  1. Rosa, querida,

    Adorei seu passo a passo para confecção dessa linda caixinha.

    Não sabia que chá podia até tingir madeira...adorei!!

    É verdade, o coração feio, com atitudes horríveis, nem verniz esconde...

    Querida, aqui em casa, não é bem um paraiso...hehe...tenho 7 gatinhos peraltas e eles vivem quebrando meus enfeites...mas, como gosto muito deles, perdoo tudo!! hehehehe...

    Tenha um lindo dia, beijinhos,

    Lígia e turminha
    ✿⊱╮ ✿⊱╮ ✿⊱╮

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro gatos! Quando eu era pequena, tinha um gato cinza chamado Fofinho que adorava comer batata crua. A gente começava a descascar a batata prá fritar e ele aparecia, se enrolando nas pernas da gente e só parava quando ganhava um pedacinho... Tenha um lindo dia também, Lígia - você e a turminha... Beijos!

      Excluir
  2. Adorei a técnica, não conhecia, bjs!

    ResponderExcluir
  3. Olá Rosa!
    Que dica interessante, gostei muito!!
    O chá preto deixou a madeira em um tom muito bonito!!
    Bjss

    ResponderExcluir
  4. Meu Deus,como vc eh criativa e independente!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...