Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Pão velho e amoras

Agora no feriado fui pro sítio, tirar uma folga do serviço de casa... A gente sempre leva pãozinho francês, porque lá é bem no meio de lugar nenhum, na borda do fim do mundo: não tem padaria, nada... Minto: tem um boteco perto da igreja, que fica mais ou menos perto, mas só vende salgadinho de isopor e cachaça...

E lá ia eu, tranquila imaginando meu cafezinho da manhã com pãozinho de São Paulo quando alguém muito esperto jogou os saquinhos de pão fresquinho na caçamba da Ranger, junto com o monte de tralha que a gente arrasta quando viaja, e os pães chegaram todos socados. Meleca.

Prá minha sorte o pé de amora tava carregado (a foto é de um pote de sorvete de 2 quilos repleto delas - eu tirava um pote cheio assim da árvore de manhãzinha e outro quando chegava o fim da tarde... Quase fiquei roxa de tanto comer amora...). 

Não há depressão culinária que sobreviva a um pote de amoras frescas... Além de comê-las,  resolvi fazer um pudim de pão com elas. Coisa mais fácil do mundo (minha avó que fazia assim... Saudade! Mas não usava leite condensado, que era coisa de rico...). Você pode aproveitar a ideia e fazer com morangos, ou pedaços de abacaxi, uva sem caroço, maçã... Coisinha bem caseira, sabe - nada que vá aparecer em capa de revista, mas fica tão boooommm!!!

Usei cinco pãezinhos, cortados em fatias (mesmo amassados...). 

Primeiro: Você bate no liquidificador aquela receita básica de pudim de leite condensado (uma lata de leite condensado, duas vezes a mesma lata de leite comum, 4 ovos). Reserva. Não tem leite condensado? Bate 1 litro de leite com 4 ovos e duas xícaras e meia de açúcar. Põe baunilha que fica bom demais...

Segundo: pega duas assadeiras - uma tem que caber dentro da outra. 

Terceiro: passa óleo ou margarina no fundo da assadeira menor e polvilha bastante açúcar. Não precisa fazer isso nas laterais da forma, somente no fundo. 

Quarto: Faz uma geleia de última hora com a fruta que você vai usar. Se for amora, morango, abacaxi, é muito fácil, é só misturar açúcar e levar ao fogão, mexendo de vez em quando com colher de pau. Se for usar maçã ou banana tem que por limão prá não escurecer. Quando achar que tá com cara de geleia, desliga - não deixa engrossar demais. 

Quinto: Derruba a geleia na assadeira com cuidado, com uma colher, quente mesmo.

Sexto: Por cima da geleia, vai colocando as fatias de pão amanhecido (pode usar pão de forma, torrada, biscoito champanhe, panetone... Vale tudo!).

Sétimo: Acabou a primeira camada de pão, espalha umas frutinhas cruas por cima. Faz outra camada de pão.

Oitavo: Joga por cima de tudo o pudim de leite condensado, devagarinho, prá que todo o pão fique molhadinho.

Nono: Polvilhe açúcar sobre o pão - isso vai ajudar o pudim a ficar com uma casquinha por cima (que vai virar por baixo, quando você desenformar...).

Décimo: Leve para assar em banho maria por aproximadamente uma hora em forno quente (até ficar com uma cor dourada por cima). Não precisa cobrir com alumínio.

Desenforme ainda quente, depois de passar uma faca com cuidado pela borda. Enquanto está quente ele sai da forma bem fácil. 

Meus filhos adoram comer bem quentinho, o "Marildo" prefere gelado. Ao invés de cortar o pão em fatias você pode simplesmente esfiapar o pão dentro da forma.

Fica cheiroso, delicioso, com diversas texturas dentro (você acha pedacinhos mais firmes, que parecem bolo, por causa do pão, enquanto outros são suaves e delicados, como pudim... Hummmm!).

Mais um bom jeitinho de não desperdiçar nada - nem mesmo o pão que a viagem amassou...

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...