Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Patinho feio

Não tem mulher que não tenha, em algum momento da vida, se sentido uma "gata borralheira", um "patinho feio"... Nós somos assim: em eterna briga com a balança, com o guarda roupa, com o espelho - desde pequenas. 
Meu marido sempre diz algo mais ou menos assim: "Toda criança é linda". Que meigo! E ele tem razão, quando a gente encara a criança pela perspectiva da inocência, da fragilidade, da alegria instintiva com as coisas simples da vida. Mas quem já sofreu bullying (palavra tão em moda hoje em dia...) sabe que não é bem assim. Eu, por exemplo, era chamada de Olívia Palito (por ser magricela), de Gasparzinho (porque era muito branca), de Ferrugem (por causa das sardas) e de Mortícia Adams (por causa do cabelo escuro e escorrido) - sem falar de outros apelidos, mais grosseiros, ligados à pobreza, etc, etc. Mas - garanto a vocês - nunca fui flor que se cheire (apesar do nome...). Eu era uma encrenqueira, saía no tapa com todo mundo, fazia caricaturas maravilhosas, em papéis, em paredes e muros (pois desenho muito bem) e presenteava todo mundo com apelidos ainda mais fofos. 

Mas acabei crescendo, aprendi a guardar meu monstrinho naquele canto escuro da minha mente - embora o "disgranhento" fale comigo sempre... 

Devo dizer uma coisa importante: nunca me achei um patinho feio. Sempre achei que quem não gostava de mim devia ser cego, burro ou sofrer de mau gosto. Eu gosto de mim: nunca fui nada que se diga "Uau!", mas não passo vergonha e sou, acima de tudo, esforçada. Reconheço onde erro, peço desculpas, faço o meu melhor prá dar certo. Capricho. Gosto de pensar que me melhoro a cada dia. Então, acho que estou certa: quem não gosta de mim é muito burro, tem um tremendo mau gosto e não enxerga um palmo adiante do nariz.

E para quem menospreza as meninas meigas que estão pelo mundo afora, tratando-as como se fossem patinhos feios - lembrem-se bem: elas crescem! Vejam só:

- Não é de hoje que a Natureza agradece uma ajudinha... Marilyn Monroe, quem diria, era freguesa da farmácia, adorava uma água oxigenada - e tava certa, a moça...



- Nem todas as modelos nasceram lindas e maravilhosas; Kate Moss, por exemplo, tinha uma carinha que lembra a Mia Farrow, não tinha? Nem parece a mesma...



- a Gisele, então, com o antigo nariz não faria o sucesso que faz...



- Espia só a filha da atriz Goldie Hawn, a também atriz Kate Hudson: as orelhinhas continuam as mesmas, mas o nariz tá mais fininho e a beleza desabrochou, não é mesmo?



- Essa, então, é de doer: Demi Moore. É até difícil de acreditar...



- Halle Berry: é linda, diga-se de passagem, mas um bom corte de cabelo faz toda a diferença... E tem uma plástica de nariz ali também.



- Olha só a Catherina Zeta Jones: melhorou prá caramba... Plástica de nariz, designer de sobrancelhas, maquiagem, tratamento de cabelo... Parece outra!



- Essa não vale: já era linda antes, mesmo de quatro olhos (Charlize Theron)- Mas também mexeu no nariz...



- Jenifer Lopes: muito melhor...



- Megan Fox: ali tem plástica de nariz, com certeza; também injetou algo nos lábios, prá ficarem maiores. Tão novinha e dizem que é viciada em botox...  Já viram o corpinho dela? Com certeza arrancou umas duas costelas, pelo menos, de cada lado...



- A "bixiguenta" da garota do Crepúsculo: pode não valer muita coisa, trai o namorado melhor do que atua, mas é linda de dar raiva, não é? E olha: mexeu no nariz também, deu uma afinada...



- A cantora Celine Dion: que diferença faz um bom Plano Dentário, uma plástica de nariz, uma hidratação capilar...



- A cantora Avril Lavigne: antes, cara de "pipoquinha da mamãe", depois... Não vou dizer, a cara que eu vejo dela tem influência de algumas das músicas dela que eu não gosto...



- Angelina Jolie: afinada no nariz...



- Scarlet Johanson: essa também não é só tintura e maquiagem - o nariz tá diferente...



- Sarah Jessica Parker, da série "Sex and the City" - aliás, detesto, preconceito puro. Nunca assisti, mas não fui com a cara sem nem mesmo dar uma chance... Antes, cara de "Ai, acho que vai me dar um piriri...", Depois, ainda parece que tá carregando uma maçã vermelha prá te dar, mas tá melhorzinha. 



E então, chegamos ao principal: eu. Aos nove anos, no dia da Primeira Comunhão,na Igreja Nossa Senhora de Monte Virgem: 



Séria, não é? Não lembro em que eu estava pensando, mas - com certeza - tinha a ver com os sanduíches de patê de sardinha no pão pulman, os guaranás e o bolo que iam servir depois no salão da igreja...

E hoje em dia, depois de ter passado tanta água debaixo da minha ponte, eis que cá estou eu, linda e maravilhosa, otimizada e superequipada, uma bela balzáquia de respeito:



Não conseguiu ver? Sério?! Chiii, "Fia", manda trocar a placa de vídeo do seu computador, troca o monitor, que ele não aguentou o tranco de tamanha belezura... (hi! hi! hi!).

(E lembrem-se: quem não gosta de você, não te merece. Empurra ele de um barranco,  faz plástica se o dinheiro der, se veste bonita, passa um batom, um perfume, varre a tristeza prá debaixo do tapete e se ame. Quando a gente não se ama, não sabe mas está passando para o mundo uma mensagem: se você, que se conhece melhor do que ninguém, não se ama, você deve estar certa e tem mesmo alguma coisa errada com você...). 

4 comentários:

  1. Nossa!! que lição!!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns!!! Lindos conselhos!! Mas uma correção... Charlize Theron NUNCA FEZ PLÁSTICA!!!! Ela é perfeita naturalmente!!! Bjs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...