Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Crochê no babadinho



Novamente é apenas uma camisa, básica, simples. O tecido se chama "Devorê", comprei no Varejão Chaves e paguei R$5,90 o metrinho que usei prá fazer ela. Na etiqueta da peça vinha escrito que era misto de algodão com poliéster. Já ao lado do Shopping Penha (meu adorado bairro da periferia de São Paulo, onde embelezo o ambiente residindo desde que nasci...), na loja ModaModa o mesmo tecido custa R$14,90 o metro (comprei 2 cortes de um metro cada em duas estampas de tirar o fôlego - logo vão sair coisas lindas dali...) e a funcionária me garantiu que é 100% algodão. 

Bom, informações desencontradas à parte, o que importa é que o floral é lindo, a textura é levinha e é muito fresquinha. Delicadinha como mulher gosta. 

Fiz dois babados de crochê, o ponto inventei de cabeça mesmo, e apliquei nas tiras das casas e do abotoamento; fiz mais dois pequenininhos prá aplicar nos bolsos. 
Apesar de ter feito os dois babados maiores com a mesma quantidade de pontos e de motivos, fiz um em um dia, outro no outro e por isso ficaram meio diferentes - dá prá ver que a blusa ficou meio defeituosa... Peninha, mas eu nunca disse que era perfeita. O certo seria eu desmanchar e ajeitar para que os motivos de ambos os lados coincidissem, mas tenho tantos projetos em andamento, tanto serviço de casa prá fazer e o tempo é curto - então vamos fingir que foi comprada pronta (pois coisas compradas prontas vem mesmo cheias de problemas...). Assim sendo, deixando o defeitinho de lado, tá linda e ponto.

Os botões? Liiiiiindos, de metal com uma imitação de cristal negro no centro, alimentando a perua enrustida que eu trago amarrada e amordaçada no meu porão - comprados na Maluly, na rua 25 de março, custaram 3 contos um saquinho com 10 deles (sábado, sem falta, vou voltar lá de manhãzinha prá comprar mais, porque adorei de paixão...). 

Então é isso: peguem o molde grátis até o 46 AQUI e mandem brasa no crochê. 

Só prá não dizer que não deixei alguns babadinhos de inspiração, olhem estes aqui:




Boas costurinhas!

5 comentários:

  1. Adoro as sua dicas. Obrigada! Bjs
    Márcia Gonçalves

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Márcia. Fica ligada no blog que, volta e meia, alguma coisa boa sai dessa janelinha. Beijos.

      Excluir
  2. Rosa, que lindaaaaa!! a estampa é maravilhosa, adorei a delicadeza. O crochê também ficou muito bom.

    Enfim,parabéns, tudo bonito de ver e de usar.

    Bjs
    Fátima Ventura

    ResponderExcluir
  3. ESTOU AMANDO ESSE BLOG VC ESTÁ DE PARABÉNS!FAÇO TRICO A MAQUINA HÁ POUCO TEMPO E TAVA LOUCA POR UMA FRONTURA ,AGORA DESENCANEI VC MOSTROU QUE SEM FRONTURA PODEMOS FAZER TRABALHOS LINDOS OBRIGADA!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thita, minha linda, estou preparando uma blusa de tirar o fôlego (sem frontura, prá variar) e vou ver se arrumo tempo prá fazer passo a passo. Logo, logo, chega. Continue me dando o prazer de aparecer, um beijão e obrigada!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...