Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Parece um cobertorzinho...






Que tal fazer um ponchão desses, num ponto bem básico, com o qual você não passe frio de jeito nenhum e ainda esbanje charme? Então, mãos à obra, fogo nas agulhas prá aquecer esse friozão!

Cada pacote com 5 novelos de Sedificada, na Aslan, sai por pouco mais de 35 contos, o poncho levou 8 novelos - então precisaria de 2 pacotes (é melhor comprar assim mesmo, o que sobrar você faz cachecol, boina, luva ou polainas - aproveita! Quanto que não custa comprar cada novelo em separado... Economiza comprando o pacotão fechado, colega!!!)

Achou caro? Eu também... Mas é um daqueles projetos que a gente enfia na cachola e não sossega até fazer, eu queria essa lã mesmo, então... E, se você parar prá pensar, uma peça dessas não tem preço: é bem feita, caprichada, você não vai achar em loja nenhuma de nenhum lugar algo tão bom...

Ah, mas pode fazer com outra lã: até com família fica lindo, mas aí usa uma agulha mais fina, então o meu esquema tem que ser adaptado. Faz em ponto arroz que também fica lindo, usa uma lã trabalhada e faz de ponto simples que também arrasa: o importante é fazer!

Pensa só: dá prá você sair de casa com a blusa do pijama por baixo (e todo mundo achando que você está toda produzida, hein?) Só toma cuidado prá um pedaço da manga não aparecer: cadê sua moral de mulher poderosa se alguém souber que você usa pijama de coelhinho...

Dá prá andar por aí com a bolsa protegida dos mãos-leves e - se você morar na Zona Leste da cidade de São Paulo, pode andar munida com um fuzil por baixo dele, prá se defender dos assaltantes e estupradores (a fauna dessa nossa floresta...)

Bons tricôs!

Um comentário:

  1. Oi Amada.Quando eu acho que nada mais me surpreende, acho esta postagem linda no teu blog!!!! Adorei o ponchão e aqui no Rio Grande do Sul tbm chamamos de pala ( alapucha tchê) e vamos tricotar e ficar quentinho, que o inverno se aproxima. Bjus!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...