Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Mas que pechincha linda!





Esta é uma receitinha do ano passado (dá prá ver pelo cabelo da Lolinha, que estava diferente: é que eu já estava com idéias de fazer um blog, mas não criava coragem...): comprei um pacote de Pingouin Desejo, em saldão, por R$11,00 - ou seja, uma jaqueta muito linda por essa ninharia, com gorrinho de lambuja. É só dar uma passeada lá pela 25 de março, com tempo prá garimpar, que você acha essas preciosidades.
Jaqueta de tricô com capuz / e\ou gorro
Manequim 42/44
Material: 5 novelos (100 g) de Pingouin Desejo (ou lã similar em espessura e comprimento dos novelos)
1 par de agulhas de tricô nº 6
1 agulha de tapeçaria para costurar
6 botões de madeira
Pontos utilizados: tricô; meia; barra 2 x 2(2 tricôs, 2 meias); ponto de gomos: sob uma base de 8 meias, dividir os 4 pontos centrais passando-os, 2 para a esquerda, 2 para a direita, na mesma carreira, por debaixo dos dois pontos externos (de cada lado). São, na verdade, 2 cordas, cruzadas ao contrário e criando um "vão" no centro.
Modo de fazer:
Costas: Montar 78 pontos, tricotar em barra 2 x 2 por 12 carreiras. Tricotar a primeira carreira: *4 tricô, 8 meias* repetir de * a * até o final da carreira e terminar com 4 tricôs. Cruzar os gomos a cada 12 carreiras. Cava na carreira 84: arrematar, a cada 2 carreiras, 4, 2, 1, 1. Termina na carreira 124.
Frente: 52 pontos, sendo 6 em cordões de tricô (para a beirada de abotoamento) e 46 em barra 2 x 2 por 12 carreiras. Após a barra, segue com os 6 pts em cordões de tricô e faz: 5 meias, *4 tricôs, 8 meias* e termina com 5 tricôs. Cruzar os gomos a cada 12 carreiras. Cava na carr. 84, no lado oposto aos cordões de tricô igual a das costas.
Pescoço: na carr. 108, arremata, cada 2 carr., do lado dos cordões de tricô, 8, 3, 2, 1 (3 x +/-), (até sobrarem somente 20 pontos na agulha). Na carr. 124 arrematar. Fazer outro lado igual mas invertido.
Mangas: 44 pontos agulha 6, barra 2 x 2, 12 carreiras. Após a barra, aumentar um ponto de cada lado de imediato e seguir da seguinte forma: 2 meia *4 tricô, 8 meia* até o fim, terminar com 2 meias. Cruzar o gomos a cada 12 carreiras e, ao mesmo tempo, aumentar, nessa hora, 1 pt. de cada lado. Na carreira 108 fazer a cava, diminuindo, a cada 2 carr., 4, 2, 1 de cada lado até sobrarem apenas 32 pontos. Arremate.
Capuz: Após costurar o casaco, levante ao redor do pescoço 100 pontos na agulha 6, tricote: 6 cordões de tricô, *4 tricô, 8 meia* até o fim, terminando com 6 cordões de tricô. Tricotar por 80 carreiras, arremate e costure. Pregue os botões de forma equidistante na frente e, com o dedo ou uma agulha grossa, alargue pontos no lado oposto para fazer as casas.
Gorro (opcional): 13 pts, agulha 6, faça assim:
1ª carreira: tricote cada meia duas vezes (meia normal e sem deixar o ponto da agulha cair, tricote-o novamente na alça de trás, fazendo outro meia, só que torcido)menos o 13º meia (que é o ponto de borda, para costurar o gorro).
2ª, 4ª, 6ª 8ª, 10ª, 12ª e todas as pares: fazer em tricô, sem aumentos.
3ª carreira: Faça duas vezes cada segundo ponto meia, conforme foi explicado para 1ª carreira. Você terá sempre um ponto meia tricotado normalmente, e o seguinte você tricota duas vezes, um normal e outro torcido.
5ª carr.: Fazer duas vezes em meia (um normal e outro torcido no mesmo ponto) cada 3º ponto.
Nas carreiras ímpares seguintes, seguir fazendo esses aumentos intercalados, aumentando a distância entre os mesmos para acompanhar o crescimento do círculo do gorro: não se pode aumentar de qualquer jeito, senão ficam folgas ou apertos que comprometem a estética e o conforto do gorro na cabeça. Então, vão se aumentar, na 7ª carreira, cada 4º ponto (tricotado em meia 2 X), na 9ª cada 5º ponto e assim sucessivamente até alcançar a medida da cabeça que vai usar o gorro. Neste caso, fui até a 13ª carreira. Arremata. Fazer uma barra com 3 pontos arroz na beirada e quantas cordas quiser, de acordo com a largura da barra que quiser. Note-se que eu cruzei todas as cordas ao mesmo tempo, do mesmo lado, fazendo parecer "cobrinhas" rolando em uma duna de areia... Costure o gorro, aplique a barra e pronto!
Como já tinha capuz, era desnecessário fazer o gorro, mas eu tive a idéia do gorro e não quis desperdiçar.
Quem não quiser, pode aproveitar a sobra de lã e fazer 2 bolsos quadrados e aplicá-los no casaco.
Ou deixa de fazer o capuz do casaco, faz o gorro e os bolsos: usar a imaginação e a criatividade é de graça, não paga nada...
Faz pro bambino: é unissex, é só trocar o lado do abotoamento...
Bons tricôs!!

3 comentários:

  1. Ameiiiiiiiiiiiiii,obrigada por dividir.
    Seu blog é showwwwww!!!!
    bjksss
    San

    ResponderExcluir
  2. Olá! Acabo de conhecer este blog LINDO! Adorei! Parabéns!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...