Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Cacharrel trançada


Esta blusa tem mais de 10 anos de idade. A lã foi comprada bem antes disso, em ponta de estoque na loja Tricolândia, na Penha,  pela metade do preço da Cristal; não tinha nome nem marca, só tinha em três cores: café com leite, grafite e essa cor, que parece suco de uva no leite. Comprei (na época) 22 cones (ÓÓÓohhhhh) e fiz toneladas de coisas prás crianças - coisas que já foram doadas faz tempo. Só sobrou essa blusa, que foi feita mais tarde. 

Aí está a receita (manequim 42/44):


É uma ótima receita, pois, como podem ver, não tem complicação com cava - você já tem trabalho demais fazendo as tranças prá ainda ter que se preocupar com diminuições...


Então faz, colega! Não tem máquina, faz à mão -  mas faz! Faz em várias cores que é o tipo de blusa coringa: se estiver muito frio, usa por baixo de um casaco; se o frio não for tanto, usa só ela que tá beleza. 

Não tem prática com trança? Faz apenas canelada (tipo 4x4) que fica pronta mais rápido e continua linda.

Bons tricôs!!!

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Casaco Azul em Viscoflex



"Ah, mas que desperdício, Dona Rosa!!!" "Dar prá gente uma receita de uma blusa cuja lã não fabrica mais!!!" "To revoltada!!!" " É  prá fazer a gente passar vontade, sua má!!!"

Calma, calma... Eu não conheço todas as lãs do mundo - vai que já existe no mercado uma lã com elastano de alguma marca por aí prá vocês fazerem o casaco... 

Olha que tristeza: uma lã tão macia, tão linda, tão confortável...

Por quê, Aslan, POR QUÊÊÊ?????

Paguei R$11,00 um pacote com 5 novelos (comprei um pacote bege e um azul) e fiz duas preciosidades com eles. Ah, se arrependimento matasse, eu não estava aqui postando no blog: me arrependo tanto de não ter comprado mais...

Sabe o que todo mundo devia fazer? Mandar emails prá Aslan voltar a fabricar! Vocês iam adorar trabalhar com ela.

Bom, vocês ainda podem tentar adaptar: façam com alguma lã mais grossinha e diminuam o número da agulha prá 7 ou 8. O ponto é simples: tricô do avesso, ponto meia do direito.



Mas fica a inspiração: tricô com acabamento de crochê bem simples... É lindo ou não é? Essa foi prá minha mãe.

terça-feira, 29 de maio de 2012

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Broches

Adoro coisas brilhantes... Quando passo na porta dessas lojas de bijuterias que tem no meu bairro, onde se compra baratinho um brinco, uma gargantilha, meus olhinhos ficam brilhando. Já falei pros meus filhos: quando eu ficar bem mais velha, provavelmente vou ficar esclerosada - já ando ficando esquecida... Daí, das duas uma: ou eu vou subir de camisola numa das árvores do meu quintal e miar como gato - e depois vou ficar chorando, chamando "Mãe", "Mãe" e só vou descer quando a Nana aparecer prá me buscar (pois ela tem aquele jeitinho de mãe...) OU vou me encher dessas pérolas falsas, cristais brilhantes, tiaras de estrelas, anéis enormes e vou fazer meus netos me chamarem de "Vó Rainha" e me pedir "a bença alteza" sentada no meu trono do sofá... Ou as duas coisas... 
Bom, enquanto a mente ainda funciona, deixa eu passar uma dica boa prá vocês: broches. Já se foi o tempo que prá andar bonita tinha que ser jóia de verdade, porque as bijuterias eram uma porcaria. Hoje são lindas, duram bastante sem perder o brilho e - o melhor - custam pouco. E se um %$#@*& aparecer na sua frente, deixa levar que você compra outra (já me aconteceu duas vezes...).

Eis alguns exemplos:


Agora vejam estes:


Cada um custa entre R$20,00 a R$22,50. O site é brasileiro (AQUI), tem loja física na rua 25 de março, centro de São Paulo - dá prá comprar indo lá, ou pela internet ou pelo telefone. Sabe o que é bom? Se você se juntar com suas irmãs, suas cunhadas, a sogrinha, as colegas e juntas fizerem uma compra de 300 reais, o desconto é enoooorme (tipo: um broche de 20 reais sai por 8!!!)!

Bom, taí a dica: um lindo broche enfeitando um cachecol de ponto simples, um xale, um pulôver... Fica linda, mulher!

Jaqueta de Cotton Lycra


Na verdade este tecido não é bem o apropriado prá se fazer jaqueta: é aquela malha que se usa em roupas de ginástica, que ficam apertadinhas, arrebitando o bumbum... Estica demais. Mas a minha Lolinha cismou com a cor, comprou por conta dela esse tecido em roxo e em amarelo canário ela comprou um pedacinho de malha de algodão mais fina prá fazer os detalhes e o forro do capuz. Bom, taí a jaquetinha feita prá amiga dela, Fernanda. Serviu direitinho, ela adorou. Fiz baseada em uma jaquetinha que minha Lola tem, copiando o molde do jeitinho de sempre, apoiando sobre um papel. Depois é só costurar igual à original. Se alguém estiver interessada no molde posso até postar, mas tem um detalhe: é tamanho 16 anos... Ao invés de usar barra sanfonada (que a Lolô não comprou) usei o próprio cotton, dando uma esticada na malha. Assim fica bom. Custo: R$15,00, incluindo o zíper. Tecido comprado no Bom Retiro, na rua da Graça, 323. Detalhe: eles vendem retalhos pela metade do preço, então - às vezes - você consegue fazer uma jaqueta combinando várias cores... Legal, né? 
Então, gente, o inverno logo chega e costurar não é difícil: é cortar com cuidado, alinhavar tudo (alfinete não, que você esquece, costura em cima e arrebenta a agulha...) e arrematar com capricho. Mesmo se demorar um pouco, a cada peça você vai melhorando - e fica feliz consigo mesma, quando usa a peça ou quando vê alguém que você ama quentinho e bem vestido...

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Estola Econômica



Tudo o que você precisa é de um novelo de Anne Brilho e um pouquinho de tempo. Sabe aquele vestido preto básico? É uma maravilha... Você faz uma estola (de lã ou linha) e ele fica com uma cara; faz um bolero e ele fica com outra... Faz um xale bem caprichado e ele fica mais lindo ainda.
Esta estola saiu por R$10,68 na Aslan e é uma pena que a foto não lhe faça jus: ela tem um brilho lindo, fez um tremendo sucesso no casamento que eu fui.
Molde prá um vestido preto básico? No CORTANDO E COSTURANDO tem (se não for do seu tamanho, manda um email e compra do jeitinho que você quer, acho que está custando 6 reais atualmente...). 
Faz a estola rapidinho, põe um broche e pronto - sem drama. 
Sabe o que eu não gosto? Gastar dinheiro com uma roupa que eu nunca mais  (ou raramente) vou usar. Acho desperdício. Por isso sou adepta de vestidos básicos, em cores clássicas, que - dependendo dos acessórios - podem ser usados em vários lugares.
Eu sei, não dá prá ir na cerimônia do Oscar nem no casamento do príncipe da Inglaterra (do próximo, o sapequinha...), mas já vi gente cheia da grana e da fama usando cada coooooisa!
Receitinha de mãe:


Ó, faz de lã que fica mais quentinha, faz inteira de crochê se você não tem máquina... Faz sem brilho nenhum que dá prá usar até no dia a dia, com um broche mais discreto. Não quer fazer o barrado embaixo? Põe uma franja que também fica lindo.
Faz, "muié", que do céu só cai chuva e sujeira de passarinho... 
Bom final de semana!

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Touca em Ponto Peruano



Esta touca foi feita com uma sobra de novelo da lã Viscoflex, da Aslan (mais uma que é uma pena que não fabrica mais... Linda, macia, com um brilho de viscose mesclado na lã). Fiz um casaqueto com ela e, com a sobra, fiz esta touca. 

Aqui tem uma imagem com detalhes do ponto:


Minha Lolinha fica muito doce com ela, a touca fica justinha na cabecinha linda dela porque tem elastano na lã. Pena que agora nem dá prá fazer "gambiarra", usando Fixação com Suzi no lugar: parece que elas também foram tiradas do mercado... Ai, não sei o que essas pessoas das fábricas de lãs e linhas tem na cabeça: toda hora param de fabricar tanta coisa linda... Não dá prá acrescentar nada de novo sem ter que fazer desaparecer o antigo?

Bom, chega de revolta... 

Prá fazer a touca eu fiz assim: 65 pontos, agulha 6, barra 1x1 por  6 carreiras. Daí repeti o ponto peruano (da primeira até a nona carreira) por 3 vezes. Então fui diminuindo um a cada 3 pontos por 3 carreiras e costurei com agulha de tapeçaria todos os pontos juntos de uma vez só. Fechei a touca e pronto. Se a lã que você vai usar não tiver elastano, use mais pontos, senão pode ser que fique apertada na cabeça...

Aqui é a tradução da receita para o português (a receita original peguei no site Tejiendo Peru):


E aqui está o vídeo da dona do site fazendo o ponto:



terça-feira, 22 de maio de 2012

Simplicidade com um lindo efeito

Taí: democracia pura! Basta uma agulhinha de crochê, um cone de lã cristal e rapidinho você faz essa blusa, sem se preocupar com cavas - vai direto ao ponto formando a blusa, do começo ao fim. Já pensou: tá 10 reais um cone de cristal na loja da Aslan, mais uma agulhinha de crochê que (com certeza) você tem sobrando em casa e você fica com uma blusa a mais prá sair linda pro trabalho, prá passear com o "marildo" ou prá arranjar o seu príncipe encantado, prá fazer a cara das colegas ficar compriiida...  É de revista, eu sei, não fui eu que fiz, mas se vocês forem esperar eu fazer tudo o que eu gosto prá poder postar, vou ter que viver duzentos anos - e não pretendo ficar por aqui tanto tempo... 
Bom, taí a receita - é só mandar brasa no crochê:


Bons trabalhos, que eu estou aqui pagando meus pecados passando roupa (ando desconfiada de que, quando eu morrer, vou direto pro céu...).

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Pulôver com Gola Xale


Parece difícil mas é moleza: é só seguir a receitinha. O gráfico também taí - xadrez tá super na moda (ainda mais nessa padronagem...). Tá cheinho de casacos de lã tricotados com esse xadrez, então vocês podem aproveitar a cartela prá fazer outras coisas. 


Essa blusa eu fiz pro patrão (em manequim de mulher seria 46). Ele gosta muito porque odeia cachecol, então fica com o pescoço protegido.

Não tem máquina? Fica triste não, colega... Faz de tricô manual mesmo - é mais rápido fazer jacar que tricô liso, rende prá caramba, você vê o xadrez se formando, fica feliz consigo mesma... Ou faz de crochê, que eu já dei a receitinha de um casaco xadrez lindo bem AQUI.

Faz, faz, faaaaz, que o frio vai pegar e gola xale é demais de bom: nem precisa cachecol, "muié"!

Quer descomplicar? Não precisa fazer casas, só prega os botões (a blusa entra e sai tão "facinho" que nem precisa desabotoar...).

Bons tricôs!

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Casaquinho em Ecolana


Essa é mais uma "falecida" lã da marca Aslan. Quando foi lançada, no site de compra deles, custava uns 80 reais um pacote com 5 novelos, caro porque é um fio nobre, mistura de alpaca com merino. Babei de vontade de comprar (só porque era caro) e acabei comprando em ponta de estoque, paguei 14 reais. A lã tem uma aparência linda (o casaco em si ficou muito bonito, a foto não faz jus a ele: ficou meio embolado na frente por causa da Nana ter posto a mão no bolso...), mas o toque deixa muito a desejar. Não é o tipo de blusa prá você usar se estiver a fim de uns chamegos - a Lola, que faz parte dos A.A.s (Abraçadores Anônimos) não gostou. "Pinica, mãe! Não gosto...". Mas a Nana achou linda e usa - é só por uma outra blusa por baixo que não tem problema.

Aliás, tem uma vantagem nesse tipo de lã: se você tem um namorado pegajoso, daqueles carentes que te abraça como se você fosse fugir, essa lã é o ideal.  De vez em quando eu vejo uns casais assim pela rua, pelo shopping, o homem tão pendurado na mulher que dá até agonia - Deus que me livre, homem tem que ser o alfa da matilha, forte e autoconfiante, tem que estar com uma mulher porque gosta, não porque precisa desesperadamente dela... Mulher pegajosa idem. 

Bom, filosofias à parte, deixando prá lá os particulares dos outros, a receita peguei da Pingouin (só que lá a lã era Flash). Também nem adianta vocês quererem espantar o chorão com essa lã: como eu disse, é "falecida", não fabrica mais... Mas quem sabe se conversando com o fofo você não corrige esse grude...

Gráfico e receita:

Material

Pingouin Flash: 5 nov. nínive (701); ag. para tricô Pingouin nº 4; ag. para crochê Pingouin nº 3 Tamanho 42/44; 4 botões. 

Pontos empregados

Barra 1/1: * 1 t.; 1 m.*; 1 t.. Ponto meia: direito em m.; avesso em t.. 

Amostra – Um quadrado de 10 cm em p. meia nas ag. nº 4 = 21 p. x 26 carr.. 

Realização

Costas - Montar 101 p. nas ag. nº 4 e tric. em barra 1/1. A 5 cm do começo, tric. do seguinte modo: 35 p. em p. meia; 31 p. em barra 1/1 e 35 p. em p. meia.A 36 cm do começo, para as cavas rem. de cada lado a 3 p. das bordas cada 2 carr.: 2 p. (4 v.) e 1 p.(8 v.). A 56 cm do começo, rem..

Frente direitaMontar 55 p. nas ag. nº 4 e tric. em barra 1/1. A 5 cm do começo, tric. do seguinte modo: 31 p. em barra 1/1 e 24 p. em p. meia porem distribuindo 4 aum nos p. em p. meia (ficam 28 p. em p. meia).Ao mesmo tempo distribuir 4 casas (2 p. juntos; 1 laç.) a 10 p. da borda direita a 1ª a 4 cm do começo, as outras com 9 cm entre elas. A 14 cm do começo, para o bolso tric. mais 22 p. em barra 1/1 (ficam somente 6 p. em p. meia). A 18 cm do começo, rem. os 22 p. em barra 1/1 para o bolso, deixar o restante dos p. à espera. Montar separadamente 22 p. nas ag. nº 4 e tric. em p. meia. A 13 cm do começo, colocar estes 22 p. no lugar dos p. rem. e continuar tric. como anteriormente (31 p. em barra 1/1 e 28 p. em p. meia). A 36 cm do começo, rem. à esquerda a cava como nas costas. Ao mesmo tempo a 42 cm do começo, para o decote rem. à direita 16 p. e a 2 p. da borda cada 2 carr.: 2 p. (4 v.). A 56 cm do começo, rem..

Frente esquerda Mesmo trabalho da frente direita ao contrário.

MangasMontar 55 p. nas ag. nº 4 e tric. em barra 1/1. A 10 cm do começo, tric. em p. meia. Aum. de cada lado cada 12 carr.: 1 p. (12 v.).A 50 cm do começo, rem. a cava como nas costas.A 59 cm do começo, rem.

CintoMontar 10 p. nas ag. nº 4 e tric. em barra 1/1.A 110 cm do começo, rem. 

Modo de armar

Costurar os ombros. Montar as mangas. Fechar os lados e as mangas. Levantar 92 p. de ponta a ponta do decote da frente com as ag. nº 4 e tric. em barra 1/1.A 8 cm do começo, rem..Costurar as laterais e o fundo dos bolsos. Fazer 2 alcinhas de crochê nas costuras laterais do casaco na altura da cintura para passar o cinto. Pregar os botões.

 Bom final de semana!

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Casacão no tear


Esse é prá quem gosta de tear de pregos. Achei a receita grátis num site, bem AQUI, daí eu traduzi pro nosso amado português, "última flor do lácio, inculta e bela, és a um só tempo esplendor e sepultura..." e taí a receitinha prá vocês - agora que o frio tá prometendo judiar da gente.
A tradução foi feita por mim, na caneta mesmo, depois eu digitei (cheia de pressa e mil coisas na cabeça) então não reparem eventuais errinhos...






QUER TER ESSA RECEITA PRÁ VOCÊ??? Clique em cada uma das páginas da receita que ela vai aparecer maior. Se você não conseguir ler, clique nela com o botão direito do mouse, peça para "Copiar". Daí entre no Paint do seu computador (é só clicar no Iniciar que uma das coisas que aparece é o Paint). Então peça para colar e a imagem vai aparecer na tela, no tamanho de um sulfite, pronta prá você visualizar e imprimir. Ah, não esqueça de salvar, senão você vai ter que fazer tudinho de novo. Faça isso para todas as páginas da receita.

Detalhe: A lã de grossura média que a receita menciona eu não conheço, então substituí por Família ou Mollet. No entanto, cada novelo destes tem uns 90 metros de fio, então vai levar mais lã do que está na receita (praticamente o dobro, eu acho...). Notem que, na receita, cada novelo tem 153 metros de fio. Façam as alterações necessárias e, se alguém fizer o casaco, manda uma foto prá mim que eu vou ficar muito feliz de ver... 

Se eu vou fazer o casaco? Está nos meus planos (Sua Majestade me fez um tearzão de pregos lindo, regulável...), mas eu ainda estou torcendo para me curar da minha mania de ser sovina mão de vaca muito econômica, afinal, são novelos que não acabam mais... É preciso muuuuuita vontade de ter esse casaco prá gastar tando dinheiro em uma só peça...

Bons trabalhos!

terça-feira, 15 de maio de 2012

Café e outros vícios

Se entope do combustível das grandes mentes...
Canta prá espantar as tristezas...
Ô, coisa linda... Nerd toda vida...
 Isso porque é viciada em uma boa leitura...
Gasta mais do que deve (o cartão do patrão)...
 Ô diversão saudável!!! Nem precisa de explicação...
 Bom demais - parece uma festa dentro da boca...
 O melhor dia da semana: a expectativa do sábado e domingo, os filhotes e o "marildo" em casa...


Esta é pros meus filhos...



Não levem tudo tão a sério... Afinal, ser feliz é um dos propósitos de se estar vivo!


(tirei do 9gag...)

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Casacão lindo e fácil de fazer



Cá prá nós: crochê é o que há... Uma agulha baratinha, uma lã ou uma linha e a gente faz rendas somente usando a imaginação e uns pontinhos básicos. Sabe, aprendi a fazer tricô primeiro, com nove anos - minha avó não era muito de fazer crochê. Mas, quando eu aprendi, me apaixonei. É fácil demais e tem a vantagem de não "melar" tudo quando escapa um ponto, como é o caso do tricô. 

Se você não sabe fazer, procure uns vídeos no Youtube prá aprender que é moleza, ou vai numa loja de armarinhos que geralmente eles ensinam. Tem este site aqui, Edinir Crochê, que é fantástico, tem um montão de aulas gratuitas pela internet... Daí, usando pontos básicos, você faz pro inverno este casaco lindo. Quer uma dica: faz de lã cristal ao invés de fazer de linha, que fica mais quentinho. 
Bons crochês!!!


(Ah, não acredito que a maioria de vocês perdeu a minha postagem com os selinhos falando de coragem... E a do cachorro chocado com uma descoberta? Gente, aqui não tem só receita não! Rola a barra prá baixo que você pode acabar gostando, "muié"!!!)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...