Generosidade...

v Ensine a outros o que você sabe: não importa se é a receita de um cachecol, do maravilhoso prato de família, aquela dica infalível para sair do aperto... Quando a gente é mesquinho, vive pequeno! Seja generoso, mesmo se o segredo compartilhado é parte do seu sustento, afinal, sempre vai ter quem prefere comprar pronto e - com certeza - sempre vai ter quem precisa da sua dica para por o pão de cada dia na mesa. Viva grande!

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Dando aula de economia às ricaças...



Esta linha eu ganhei no concurso da Línea Itália de Natal, do ano passado - então, prá mim, não custou nada. Ganhei 5 novelos, gastei 4 - beleza. Não sou muito fã da cor (todo mundo em casa é branquelo como barata descascada, não orna... Mas a Naninha vai usar assim mesmo, porque ficou uma bonita blusa e - melhor ainda - é muito gostosa de usar, mesmo tendo mangas compridas e chegando o verão. Acho que é essa mistura de algodão com viscose e um tiquinho de poliamida: fresca, derretida e muito macia ao toque. Dá prá pele respirar sossegada, tanto pelos buraquinhos quanto pela composição do fio.

Ah, sabe as blusas da Daslu que derreteram meus olhos? Bom, a preta dá prá fazer, tranquila, com 24 contos (usando Gelato preta, da Línea Itália, usada dupla... A branca idem. E essas são até mais fáceis de fazer: não tem diminuições prá decote, é só fazer a frente e as costas iguais = babinha. É só seguir as instruções que eu pus na receita, prá ela não ficar crespa nem esburacada demais como ficou a minha. Tem que usar Gelato porque a linha que eu usei (Matiz, cor Caribe), só tem mesclada e cheia de carocinhos, e não se acha uma prá comprar nem se for prá fazer xarope dela. Pode checar: lá no Bazar Horizonte tá tendo saldão da Línea Itália, mas não tem as que eu queria... Babei na linha Torino, cor Hortelã, me dá até uma tremelência, mas vou ficar só na babada (Snif!). O jeito é escolher outra ou ligar prá Linea Itália e comprar direto deles (aí sai mais barato ainda, quase de graça... Mas tem que ser um quilo, eles não vendem menos. Aí, você compra com a sua colega e dividem o custo...).

E então: quem aí queria ser podre de rica prá "cobrir o bucho" de Daslu? Melhor ser inteligente (não importa a conta bancária...), comprar a linha que quiser e fazer do seu guarda-roupa um santuário de economia e talento, bem do seu jeitinho... O dinheiro que sobrar dá prá fazer tanta coisa boa, prá quê confusão, Dona Florinda?

Bons tricôs!

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Tricô à máquina e crochê básico



Esta é uma blusinha muito fácil de fazer e que fica muito linda. Tudo que você precisa são 3 novelos de linha Anne (ou 3 de Cléa ou Pingouin 1000 usada dupla) e os botões de joaninha. A linha vai sobrar quase um novelo inteiro, mas tem que ter 3. Faz em ponto simples a parte da máquina (avesso em tricô, direito em meia) e depois crocheta os entremeios rendados, dando esse efeito diferente.
Custo? Se você comprar a linha no Bazar Horizonte, sai R$7,50 cada novelo; compra 5 novelos e faz duas blusas por R$37,50 (só usa botões diferentes, se for ficar prá você; se for prá vender, pode repetir o botãozinho...).
Ah, que tal variar os botões: camafeu, joaninhas, corações, flores, estrelas... Na Aslan tem de todos os tipos, e custa baratinho a dúzia (menos o camafeu, que é mais carinho, mas ficaria lindo em uma blusa azul marinho...). clica em cada um deles que você vai direto prá página da Aslan e vê como são bonitinhos....
Ou então, olha só: faz ela preta e põe uns botões com strass, hein? Que chique!
Faz vermelha com botões de pérolas...
Azul forte e põe uns botões imitando cristal, também azul... Alguns deles até nem são tão baratos, mas valem a pena...
Usa a imaginação e faz um montão, prá receber a primavera que tá logo aí, bem vestida e bonita... Mesmo se você não tiver máquina, dá prá fazer - é só ter coragem e paciência...
Bons trabalhos!

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Três peças por menos de 10 reais!


Continuando a mostra da moda maravilhosa da RJ Fashion Week, a estilista reclusa embora cercada pela realeza (Sua Majestade, o Príncipe da Macedônia, a Deusa da Beleza Eterna e a Princesa dos Elfos e Fadas - o patrão, o bambino e as duas bambinas... hehehe) mostra, desta vez, como fazer não uma - mas DUAS (cadê a terceira?) - peças de roupa superlindas com MENOS DE DEZ REAIS!!!!!

Isso mesmo: um retalho de tecido, parece chambray (brim fininho), mas contém um pouco de poliéster, que custou meros R$9,50 no Varejão Chaves, em Guarulhos. Porquê tão barato? Bom, ele estava dobradinho no balcão de retalhos, onde haviam muuuuitos outros retalhos dobradinhos, para serem melhor visualizados; além desse, comprei outros, paguei também uma merréca; estavam tão baratos porque, em alguns lugares do tecido, tinham pequenos defeitos: um rasguinho, um desbotado, uma mancha de tinta. Cada um deles tinha um probleminha... Mas, como os que eu escolhi tinham o tamanho relativamente grande, era só prestar atenção na hora de cortar e "escapar" dos defeitos!

Feito isso, rendeu: duas camisas iguais a essa (uma prá Lola, uma prá minha santa doutora Neusa - que Deus sempre a mantenha saudável e bem disposta prá ajudar muita gente... e um vestido de alcinhas prás bambinas, que dá prá usar sozinho ou com blusinha por baixo... Fazendo as contas, cada camisa saiu por uns R$2,50, o vestido uns R$4,00...

O retalho tinha quase 5 metros de comprimento - é pano prá caramba, até sobrou um pouco...

Parece até lorota, exagero de velha, mas não é! É só saber garimpar, bater perna - e se esforçar prá fazer o melhor. O fato de ter um pouco de poliéster não desmerece a peça, não: é só você olhar a etiqueta de roupas, em vitrines, que você vai achá-lo na composição de muitas peças - mas, por causa da etiqueta chique, ninguém tá nem aí...

Os botões dessa camisa são de uma roupa de grávida minha, que reformei, usei, já se foi com o tempo, mas os botões ficaram - testemunhas do meu cuidado com as coisas que tenho...

O molde do vestido fica pro verão - preciso passar ele pro sulfite, escanear, etc, etc.

A blusinha de crochê? Muito linda, "moléstia à parte", mas fica pro verão também a receita; só vou adiantar que usei 2 novelinhos de Camila Fashion, R$7,90 cada no Bazar Horizonte: uma linda blusinha rendada por menos de 16 reais (se bem que eu peguei uma oferta de 5 contos cada novelo - prá mim a blusa saiu por 10...).

Milagre das modinhas da minha janela...

Boas costuras!

domingo, 28 de agosto de 2011

RJ - FASHION WEEK





RJ - Fashion Week...

Rio de Janeiro Fashion Week?

Nááááh...

Rosa na Janela Fashion Week!

Uma semana inteira, começando hoje, de uma moda linda, usável, que você mesma faz gastando pouco...

É só ficar ligada, passar aqui no blog...

Primeira moda: camisa xadrez (adoro!), com capuz, bolso canguru, bolsinhos no peito, um enfeitinho na manga prá fazer ela ficar meio franzidinha - pregando um botão no ombro... Custo? R$4,90!!!

Chorem, lojas da Oscar Freire, esconde a cara, Daslu! Usura é pecado... Que feio... Aposto que, prá vocês, que compram em quantidade, ainda sai mais barato... Que vergonha!!!

Tá vendo só? É 100 % algodão, paguei esse metrinho de nada menos de 5 contos (tá certo, prá fazer o capuz e o bolsão tive que emendar o xadrez embaixo dos braços (as mangas são totalmente patch... - mas, quem liga, nem se percebe mesmo!)

Você pega o molde da camisa, faz uma manguinha bem curtinha. Faz uma barrinha falsa nela, prá poder inserir a tira do abotoamento (como uma seta, com uma casa na ponta...) Daí você prega um botão no ombro...

O bolso canguru você faz na altura da cintura, uns 15 cm na horizontal, de um lado e do outro (onde abotoa e onde tem as casas...). Desce uma diagonal no molde da frente até alcançar a altura de 15 cm da barra. O capuz você copia de algum capuz que você tenha por perto e Tcharam!

É baba! É linda! É fashion e custou quase nada (um pastel e um caldo de cana na feira sai mais caro...)

Boas costuras!


quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Rendas e estrelas




Esta linda blusa eu achei numa das minhas garimpadas na net, em algum álbum Picasa. Achei a blusa tão linda que não sosseguei até fazer.

Notem que a minha ficou menor, apesar de eu ter seguido a receita: ou aquela moça é minhônzinha demais ou o meu leite tinha muito fermento (minhas gigantas bambinas?!)... Bom, não tem como saber a linha que foi usada no original, então fiz com Anne - de todas as linhas, acho que é a minha favorita: é 100% algodão (por isso é muito macia...), tem uma torção bonita, um brilho discreto, tem muitas cores e o preço é bom. Ah, não ganho um tostão de ninguém prá dizer isso - é mesmo minha opinião.

A gente faz a blusa num instante, pois é só ir crochetando os motivos e depois juntar todos (tem gente que, quando acaba um, já emenda o próximo com a agulha de crochê... Snif! Eu não sei fazer isso... Vai no muque costurado mesmo!)... O pescoço da minha ficou diferente, mais decotado, mas ficou lindo mesmo assim.

Custo? R$7,50 cada novelo no Bazar Horizonte; na Aslan tá R$6,84, comprei 3 novelos da cor 6092, que é um rosa forte puxado pro lilás, o terceiro novelo sobrou quase inteiro... Total: 22,50 contos (contei o maior preço e fingi que gastei a linha toda - só prá mostrar como foi barato...)

Se você quiser fazer maiorzona, como a da japonesa (ou chinesa...), que tal experimentar uma linha como a Class, da Aslan (que tá de oferta, já, já não vai ter mais, hein!?vão parar de fabricar...) ou a Gelato, da Linea Itália, que é 100% viscose, fresquinha e derretida, deliciosa de usar... Ah, essa você pode comprar por quilo, super em conta, no disque-vendas da Línea Itália.

Já pensou uma branca, prá usar nas noites de verão que logo vão estar aí? Ou uma pretinha, sensual toda vida (cruzes!!!)... Vai do gosto da freguesa. Se você começar agora, devagarinho, devagarinho, quando a primavera chegar, você vai recebê-la toda linda, coberta de estrelas...

Ah, quando eu montei a minha, na hora de costurar as mangas, o encaixe da receita não ficou perfeito não: ficavam uns vãos, que eu preenchi com ponto de tela (crochê filê), para ficar melhor.


Tá vendo? Prá que pagar R$590,00 nessa blusa simplérrima da Daslu se, com menos de 25 contos, você mesma faz esta outra, mil vezes mais linda! Só se você gosta de ser chamada de trouxa... Ah, e essa da Daslu daria prá fazer com um pé nas costas, assoviando e chupando cana, pontinho mais baba de tricô... Viu que o rendado nem chega até a margem da costura? Parece que quem fez tem medo de perder o ponto....

Bons crochês!










terça-feira, 23 de agosto de 2011

Patch- Camisa ou Patchwork de vestir?



Essa idéia eu sei que vocês vão gostar: Patch-camisa...

Pois é, numa das minhas andanças pela 25 de março comprei esses dois retalhos de tecido xadrez, que, sem muito esforço, dariam duas camisas de mangas curtinhas, justinhas, boas pro verão. O problema é que eu sempre dou o passo maior que a perna: vivo cheia de lãs acumuladas, tecidos dobrados, aguardando inspiração e tempo. Foi esfriando o tal tempo, os paninhos lá me chamando... E então me veio a idéia de fazer uma camisa de mangas compridas, capuz, bolsos cangurus, misturando os dois tecidos (xadrezes em azul, algodão de boa qualidade, extremamente macios e lindos). E ainda aproveitar uma etiqueta bordada que eu guardei de uma jardineira de grávida que eu usei quando o meu amado morou na minha barriga (de recordação...). Tcharam! Viram só que camisa linda? Levou os dois tecidos, fui cortando conforme deu na veneta as partes da camisa e montando tudo até virar essa belezura. Custo: 15 contos (ainda me sobrou tecido das duas padronagens, que ainda posso juntar com um terceiro retalho e fazer uma camisa mais patch ainda!)Se quiserem fazer, assistam o vídeo no ma-ra-vi-lho-so site Cortando e Costurando, peguem um molde de camisa por lá mesmo, simplifiquem deixando prá lá os punhos como eu fiz, OU passem na minha página Guia da Costureira Paraquedista que lá tem moldes de camisa até o manequim 46 e se divirtam aproveitando retalhos para compor um visual inusitado, mas muito lindo!

Boas costurinhas prá todo mundo!






segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Mais uma camisa feminina







Mais uma idéia de camisa, feita prás bambinas com um tiquinho de pano e toneladas de amor. É um algodão xadrez, comprei 1,5 m e ficou muito linda e quentinha (não para o dia de hoje, que tá horrível de frio, mas "praqueles" dias que, mesmo sendo inverno, tem cara de primavera, com uma camisetinha por baixo...). Comprei lá no Varejão Chaves, em Guarulhos, 6 merrécas o metro: gastei 9,00 reais nessa belezura. É grosso, tem lycra, é supermacio (nem dá prá acreditar no preço! Só tinha essa cor, verde bandeira e ocre...). O cordãozinho do capuz eu fiz torcendo fios de Anne; não ficou delicadinho? Repararam no detalhe do bolso? Paguei 30 centavos esse bordadinho, lá no Bom Retiro...

Sei que muita gente não vai com a cara do meu blog porque eu frizo muito o preço das coisas, falo sempre em como eu pago barato por tudo que eu faço... Primeiro: nem tudo que é caro é bom. Já comprei roupa de grife e devolvi, porque era" trabalho de porco", só tinha aparência e preço, qualidade que é bom = nada. Segundo: todos nós já temos passagem comprada, só não sabemos o dia da viagem. Vale a pena se esfolar prá conseguir ser um pouquinho melhor do que os outros por questão de preço, exibir etiqueta, arrotar grandeza, se tudo (inclusive nós...) vai acabar no pó? A bagagem que a gente leva não cabe em malas de grife, closets... Um grande homem, que foi apóstolo de Jesus depois que ele se foi de volta para o Pai, um dia disse que tinha aprendido a contentar-se com pouco... Se Paulo - que tinha tanto merecimento - pensava assim, que dizer do resto de nós, não é? Acho que todo mundo merece ser feliz, mas a felicidade não tem que ser pesada em ouro...

Bom, filosofias à parte, a camisa custou barata, mas foi muito bem feita: por dentro e por fora fiz com capricho de mãe. Bem arrematada, caimento bom, fruto de boa vontade e experiência, que são coisas que estão ao alcance de todos...

Difícil de fazer? Que nada! Já falei: descomplica! Prá que fazer punho, só dá trabalho... Gola, então?! Se der - e for prá garota usar - bota um capuz, que elas adoram... Se o pano der, bolso canguru é um charme e esquenta as mãozinhas lindas: minhas bonequinhas merecem...

Vai lá no Cortando e Costurando prá ver o vídeo de como fazer camisa, pega no meu blog o atalho pros moldes que eu escaneei: é imprimir, colar o quebra-cabeça dos moldes, cortar a camisa e sair esbanjando beleza e talento!

Bons trabalhos!

sábado, 20 de agosto de 2011

Atendendo outro pedido...

Bom, eu nunca tive aula de moldes. Quando eu fiz minhas aulas grátis, ao comprar a máquina de tricô, a professora parecia aquele tipo de funcionária pública que só trabalha porque é obrigada... Só explicava o mínimo, prá poder estender as aulas ao máximo e você ter que pagar por aulas extras (o que, fatalmente, acabava ocorrendo...). No meu caso foi dureza, porque os bambinos eram pequenos, eu trabalhava fora... Bom, em muitas coisas, acabei me virando sozinha. Quando nova, era magrela, acordava e comia macarronada de café da manhã, comia uma pizza e meia sozinha e não engordava nenhuma grama. O tempo acabou cobrando seu preço por todas as pizzas que devorei sozinha: eu também sou de um manequim mais cheinho (gorda é a vovozinha, eu tenho ossos largos e uma carninha fofa por cima...). Assim sendo, uso manequim 46/48 e, quando faço blusa prá mim (raramente, porque sempre que compro tecido ou linha prá mim, logo imagino como as bambinas vão ficar lindas e acabo fazendo prá elas...) eu faço 180 pontos, faço mais compridinha (que emagrece...) tipo 145 carreiras depois da barra, e, da cava até o arremate dos ombros, umas 80 carreiras. Numa blusa curtinha como a da última postavam, eu faria, depois da barra, 30, 35 carreiras até a cava. A melhor coisa prá quem quer fazer uma blusa personalizada é aprender a fazer esquemas: pega uma blusa que te cai bem, apóia ela bem alisadinha sobre a mesa e copia o molde, de uma costura à outra, da barra até o ombro, em papel pardo ou jornal. Faz o mesmo com as mangas, gola, etc. Aí, você pega a lã (ou linha) que você vai usar no trabalho, faz uma amostrinha do ponto, uns 30 pontos por 40 carreiras. Deixa descansar 24 horas (porque o tricô encolhe um pouquinho), então você mede quantos centímetros deu de largura e quantos deu de altura. Por exemplo: 30 pontos = 13 cm, 40 carreiras = 12 cm. Faz uma regra de três simples (coisa de primário) e descobre quanto daria um quadrado de 10 cm X 10 cm. Antigamente isso aparecia nos novelos, lembra, um desenhinho de um quadradinho de malha de 10 x 10 indicando carreiras e pontos? Com esse resultado em mente, você vê a largura da blusa (tipo costas largura 55 cm (10 cm seriam 23 pontos, então 55 cm daria, aproximadamente 127 pontos - arredonde para 130) e o comprimento é de 45 cm até a cava (cada 10 cm dariam 34 carreiras, 45 cm seriam 153 carreiras). Sei lá, não sei se ficou claro, então fiz um desenho.

Se divirtam decifrando ele...

Bons tricôs!

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Atendendo a um pedido...




Recebi esta foto da Maria Aparecida. Realmente é um bonito casaquinho e, apesar de não pretender fazê-lo por enquanto, usei meus poderes mágicos de velhota-tricoteira-cansada-de-guerra prá fazer uma receita dele. Acho que vai dar certo. O ponto que ele é feito eu não sei (se alguém souber, por favor, me diga...) Acho que se fizerem com trança russa (o vídeo está aí embaixo) deve ficar muito lindo, mas eu gosto de descomplicar: faz de trança...

Custo: 2 cones de cristal, R$20,00 - comprando na Aslan ou no Bazar Horizonte, mais 3 botões. Manequim: 42/44 (para um manequim maior, acrescente uns 10 pts. de cada lado nas costas, 10 em cada frente, faça a manga uns 12 pts. mais larga e chegue até 126 pts. de largura).

Espero que tenha serventia e desculpem se não ficar igualzinho.

Bons tricôs!

Prá quem quiser pular de paraquedas comigo!!!


Hoje instalei uma página nova no blog: o Guia da Costureira Paraquedista... É só clicar aqui.



Feita especialmente prá quem sabe quanto custa ganhar o suado dinheirinho e que adora ter o prazer de fazer as próprias coisas.
Só prá dar água na boca, olha essa camisa de flanela que eu fiz prás minhas bambinas: comprei na Niazi Chohfi 1,5 m de flanela, gastei 15 contos, incluindo tudo (tecido, linha, botões de martelar, que eu comprei na Maluly, 250 deles por 20 contos...).
É só você pegar uma camisa que te sirva bem (mesmo se for de manga curta, é só encompridar as mangas na hora de fazer o molde, como eu mostro no guia). Repare que eu aboli os punhos: só dão trabalho prá fazer, ficou mais fácil e tão bonito quanto. Criei um bolso canguru, usando o xadrez em diagonal, prá ressaltar, coloquei 2 bolsinhos no peito (copiei das camisas do patrão...) fiz um capuz no lugar da gola e ficou SUPIMPA!
Passa lá no guia, lê tudo (sem preguiça...), acessa os links do Picasa que eu já deixei prontinho prá você e sai, vai comprar o paninho e dê início à sua nova aventura: pular de paraquedas num mundo de economia e criatividade!

quinta-feira, 18 de agosto de 2011


Um dia acordarás num quarto novo
Sem saber como foste para lá
E as vestes que acharás ao pé do leito
De tão estranhas te farão pasmar,
A janela abrirás, devagarinho:
Fará nevoeiro e tu nada verás...
Hás de tocar, a medo, a campainha
E, silenciosa, a porta se abrirá.


E um ser, que nunca viste, em um sorriso
Triste, te abraçará com seu maior carinho
E há de dizer-te para o teu assombro:


- Não te assustes de mim, que sofro há tanto!
Quero chorar - apenas - no teu ombro
E devorar teus olhos, meu amor...
(Mário Quintana)
(precisa dizer mais o quê?...)

Boa, bonita e barata (...)




Esta aqui a Lolinha viu no shopping, fotografou com o celular e me pediu prá fazer igual. Custava 169 contos (até que não acho mais tãããão cara, depois que o meu queixo caiu e meus olhos derreteram de horror com os preços da Daslu...), comprei 2 cones de cristal (ainda sobrou 1/4 de cada cone...) e os botõezinhos tenho um vidro cheio deles, comprados por uma merréca no Armarinhos Fernandes, lá na 25 de março. Não ficou linda? E olha que ela tá tão cansadinha - pobrezinha da minha bambina, já dobrou dois plantões de fim de semana, tá "entregue à rapadura"... Tão linda e trabalhadora! Mas ela foi o Pai do Céu quem fez, vamos falar da blusa...

Então tá, a blusa foi super rápida de fazer, porque não tem pontos trabalhados nem nada, as diminuições são bem simples, ficou pronta num tapinha. Não gosta de listras? Faz de uma cor só, mas aproveita a idéia dos três botõezinhos, fica um charme. Calculo que, no total, a blusa saiu por: 15 contos a lã e 1 real os botões = 16 tostõezinhos...

Ah, adoro essa magia de fazer render dinheiro e, com meu trabalho, fazer surgir coisas bonitas pros meus bambinos...

Bons tricôs!

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Cachecol de Plumas e Pérolas



Esse eu já estava com vontade de fazer, só faltava arrumar tempo: as pérolas eu já tinha comprado, tinha sobra de cristal preta...

Então, passeando pelo site do Bazar Horizonte eu vi esse lançamento, Sensual Pompom, preta com bolinhas brancas... Não é linda? Tanto o cachecol quanto os enfeites na blusa ficaram uma belezura, e o preço até que não é tão caro: R$12,90 o novelo... No entanto, quando você pega a receita do cachecol no site da círculo, vê que, para fazê-lo, vai gastar 3 novelos - ou seja, quase 40 contos.

Taí prá quem quiser a inspiração do meu cachecol: não ficou tão embabadado (mas até pode ficar, se a pessoa quiser fazer...), e os pompons, na verdade, são pérolas de fantasia. O custo do cachecol todo não chegou a 10 reais (na verdade, deu R$7,00!!) - menos de 1/5 do preço do outro - e ninguém pode negar que ficou lindo!

Se você quiser fazer uma fita mais larga, experimente laçar 3 agulhas, pular cinco, laçar mais 3 agulhas, pular cinco e laçar 7 agulhas. Depois, ao invés de tecer somente 4.000 carreiras, teça 6.000, 8.000. Compre mais pérolas e posicione-as a intervalos menores, assim elas vão ter maior destaque. Garanto que, com tudo isso, ainda vai ficar super barato e tremendamente lindo... Já pensou comprar uns cristaizinhos plásticos pretos e usar no lugar das pérolas? Ou fazer branquinho, cheinho de perolinhas. Prá quem tem paixão por rosa, usar uma lã de bebê rosinha clara, bem fininha, e comprar pérolas no tom? Demais, né?!

Ah, vamos supor que você não tem máquina: compra uma cristal preta e faz uma tela de crochê, daquelas que a gente faz umas 15 correntinhas, mais 5 para virar e faz 5 quadradinhos, formados por ponto alto, duas correntinhas, ponto alto, duas correntinhas, etc. Se - antes de começar o trabalho - você já enfiou as pérolas na lã, é só fazer o seguinte: escolhe um lado para ser a lateral externa do babado e, a cada 4 carreiras, intercale nesse ponto de borda uma pérola. Segue "toda vida" fazendo isso, e, ao mesmo tempo que intercala a pérola, no lado oposto dela você prende uma carreira lá de baixo com um ponto baixíssimo na carreira atual, já formando o franzido do babado. Deu prá entender? Quando tiver o dobro do comprimento de cachecol que você quer você dobra ao meio e prende um babado no outro, para ficar duplo. Viu só? É só ter boa vontade e imaginação que tudo dá certo, não deixa nada te segurar!

E, só prá vocês compararem, aqui vai a foto do cachecol com Sensual Pompom da Círculo... É lindo, não posso negar, mas são pompons - e não pérolas...

Bons tricôs!




sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Gorro Odessa





Já falei prá vocês do site Tejiendoperu.com. Foi de lá que veio a inspiração prá fazer essas toucas: a branca, prá proteger de friagem a cabecinha velha da minha mãezinha e a azul prá Lolinha e a Nana usarem quando quiserem. Na branca foi um novelo de mollet, na azul um resto de sedificada - ou seja, uma touquinha que parece um suspiro por 2 merrecas (NOVAMENTE). Não são lindas? Se, mesmo com a minha receitinha e com o meu passo a passo vocês acharem difícil entender, no site tem mais fotos (escrito em espanhol, mas dá prá entender direitinho). E lá ainda mostra como fica quando faz de duas cores, o efeito é muito lindo. Aliás, muito lindo é o site dessa mulher, ela sabe tudo e mais um pouco e ensina pro mundo todo, generosa toda vida...Bons tricôs!!!



Gente famosa na janela


Olha só como eu tô podendo!!! A Kristen Stewart, garota da série Crepúsculo, usando um casaco meu...

Pois é, conheço a sobrinha da cunhada do tio-avô da prima em sexto grau da manicure da mãe dela, daí, passando pelo Brasil, ela apareceu lá em casa, como quem não quer nada, mas acabou querendo o casaco da foto. Daí eu falei prá ela que não dava, que era da Naninha e que, além do mais, andando envolvida com vampiros e lobisomens como ela anda, ia acabar manchando ele de sangue e o casaco ia se perder, porque mancha de sangue é danada prá não querer largar...

Bom, essa brincadeira de fotoshop é prá atiçar o pessoal que só usa uma roupa se alguém famoso usar primeiro: taí, a menina é famosa, só vestiu o casaco devido a uma mentirinha de computador, mas, que o casaco é lindo, é. Aposto um pão com manteiga que, se a garota visse o casaco, era até capaz de querer prá ela...

Além do mais, um cientista não sei de onde afirmou que, entre qualquer um de nós (pessoas comuns) e uma outra pessoa qualquer, mesmo famosa, existem apenas seis pessoas de distância... Ou seja, entre você e o Barack Obama, ou a Lady Gaga ou uma costureira na Índia, só existem 6 pessoas de distância: você conhece alguém, que conhece alguém, que conhece alguém... etc., que conhece eles... Que coisa, né?

Brincadeiras de lado, a receita taí, bem fácil, Gastou 4 novelos e meio da lã Emília, mas - quer um conselho? - faça com sedificada, que vai ficar mais chique; achei essa lã mais ou menos, é boa prá fazer cabelo de boneca (acho que daí veio o nome...). É macia e tudo, bem branquinha, mas a textura e a torção do fio não me agradaram muito ...

Custo: R$ 5,40 cada novelo, no Bazar Horizonte (lá só tem branca...), então o casaco saiu por 27 contos (sobrou o suficiente para uma boina, já fiz mas não tive tempo de fotografar). Nada Mal, hein?!

Então, bons tricôs!



quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Há Há Há!


Minha avó dizia que o papel aceita tudo que se escreve nele...

Que dirá hoje em dia, com fotoshop: tanta mulher linda e perfeita nas revistas, a Suzana Vieira com as pernas mais fantásticas do planeta, nenhuma famosa com banha, celulite, estria...

Já viu comercial de Shampu? Cada cabelo, hein?!!! Só o da gente não fica daquele jeito, nem com chapinha...

Pois é... Se alguém engatinhando em fotoshop apronta uma dessas com o garoto do Crepúsculo, imagina os bambas desse tipo de mídia...

Tadinho, tá tão tristinho... Quer dizer, parece mais atordoado que de costume (também, carregando no lombo essa "criatura"...). O Mr. Bean tá adorando!

Ah, querem rir, mesmo? Hoje, faltando 15 minutos prá meia noite, no canal 7, Record, vai passar o filme "Bem vindo à prisão". Começa taaaarde, termina de madrugada, então põe prá gravar (como eu vou fazer...) e depois assiste tricotando quietinha no sofá, bebericando um chazinho... Já assisti um montão de vezes, é EXCELENTE, de rir até fazer xixi nas calças.

Agora, só prá rir mais um pouquinho:

Bean Bieber... Até que achei simpático!


Beans do Caribe... Muito sábio, pegando leve na maquiagem dos olhos...



Tomb Bean... super sexy!



Legalmente Bean... Porque classe é TUDO!



Bean Gaga... Deus que me livre e guarde!



"Cruiz Credo"!!

Mas, pensando bem, acho que dessa Órfã Bean eu não tenho medo, até assistiria o filme...




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...